CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

MUDAM-SE OS TEMPOS

MUDAM-SE- OS TEMPOS

 

Mudam – se os tempos, mudam – se as vontades

E algumas vezes muitas verdades

Mudam – se as vontades da razão

Das razões que os tempos não dão

 

Mudam – se os tempos, mudam – se as mentes

Das mentes tristes ou contentes

Mudam – se os olhares dos olhos que mudam

Das muitas mudanças que nos perturbam

 

Mudam – se os passos dos desejos passados

Quando os passos andam cansados

Novos passos são sempre assumidos

Na sombra dos passos não conseguidos

 

Mudam – se os amores dos amantes do tempo

Que o tempo criou com amores de vento

Ventos que sopram de lugares diversos

Mudam – se as forças de modos controversos

 

Mudam – se os abraços de muitos abraços

Braços que apertam e servem de laços

Laços frouxos ou muito apertados

De amores vivos ou muito cansados

 

Mudam – se as palavras do sim e do não

De manhã ou à noite, conforme a situação

Mudam – se as mentiras para as verdades

Serve – se palavras à mesa das veleidades

 

 

 

Mudam – se os tempos mudam – se as vontades

Sempre com as maiores facilidades

Como mudam os ventos nos seus quadrantes

Que para as vontades não são importantes

 

Mudam – se as opiniões e muitas vontades

Das mentiras que agora são verdades

Das verdades que agora são mentiras

Dançam as mentes como a dança dos viras

 

2005-Estêvão

Submited by

terça-feira, junho 26, 2012 - 09:16

Poesia :

No votes yet

José Custódio Estêvão

imagem de José Custódio Estêvão
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 4 dias 19 horas
Membro desde: 03/14/2012
Conteúdos:
Pontos: 7731

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of José Custódio Estêvão

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Fantasia O MEU NOME 0 21 12/14/2018 - 10:36 Português
Poesia/Meditação O TEMPO LEVA TUDO 0 129 09/28/2018 - 14:56 Português
Poesia/Geral AS ONDS DO MAR 0 252 07/25/2018 - 08:53 Português
Prosas/Pensamentos 34- O HOMEM 6 542 03/21/2018 - 15:04 Português
Poesia/Amor VERMELHO 0 737 09/04/2017 - 09:13 Português
Poesia/Amor UMA ORQUÍDEA PARA TI 0 712 07/17/2017 - 09:50 Português
Poesia/Meditação AS PEDRAS DOS RIOS 0 649 06/07/2017 - 08:54 Português
Prosas/Pensamentos PENSAMENTOS 34 0 894 05/24/2017 - 10:09 Português
Poesia/Amor AMO-TE COMO ÉS 0 1.039 05/24/2017 - 09:59 Português
Poesia/Meditação SABER SER FRELIZ 0 439 05/09/2017 - 15:51 Português
Poesia/Amizade TU 0 468 04/21/2017 - 10:52 Português
Poesia/Meditação PARA DE TE QUEIXAR 2 621 03/26/2017 - 19:34 Português
Poesia/Meditação PARA QUÊ MATAR? 5 573 03/24/2017 - 11:31 Português
Poesia/Meditação CHEGAR, VER E VENCER 0 415 03/13/2017 - 14:57 Português
Poesia/Amor BEIJOS TEUS 0 690 02/22/2017 - 10:12 Português
Poesia/Amor OLHANDO O MAR 0 521 02/08/2017 - 10:26 Português
Poesia/Amor SAUDADE 0 527 02/01/2017 - 10:29 Português
Poesia/Geral FRIO 0 452 01/26/2017 - 10:27 Português
Poesia/Geral FRIO 0 546 01/26/2017 - 10:23 Português
Poesia/Fantasia AS ONDAS DO MAR 0 600 01/11/2017 - 09:49 Português
Poesia/Meditação AMANHECEU OUTRA VEZ 0 583 01/04/2017 - 11:22 Português
Poesia/Alegria RIR 0 1.222 12/21/2016 - 09:58 Português
Poesia/Amor O BARCO DOS NOSSOS SONHOS 1 1.129 12/15/2016 - 13:05 Português
Prosas/Pensamentos PENSAMENTOS 0 671 12/07/2016 - 11:16 Português
Poesia/Amor RECORDANDO 0 491 12/07/2016 - 11:01 Português