CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

O TEMPO QUE É TEU




O tempo que é teu

 

 

Não mandes embora o tempo que te pertence,

Se não bem o usares, o teu próprio tempo te vence,

Dá-lhe vida, não lhe dês apenas mais tempo,

A vida só é vivida quando se vive sem lamento,

Vivendo o teu tempo e não apenas sentindo-o passar,

O tempo que não vives vivendo, não voltas a encontrar.

 

O tempo que não se vive vivendo, perde-se no tempo,

Não mais o encontras é passado levado pelo vento,

Vive o teu tempo, sendo útil a ti próprio ou à sociedade,

E assim, viverás o teu tempo com direito à dignidade,

Que se perderá se não soubermos vivê-lo com sabedoria,

Sem ser preciso ser sábio, apenas saber viver dia após dia.

 

O tempo é infinito não tem prazo, é eterno, tu não,

Ele deu-te a vida, para viver, não lhe dês apenas a mão,

Para que te leve sem escolheres o teu próprio caminho,

Isso não é viver, é deixar-nos levar devagarinho,

E assim vais sentindo o tempo devorando-te a vida,

Se nada fizeres, deixando-te levar, é uma vida perdida.

 

Viver é não sentir o tempo passar enquanto é teu,

É apenas um pedacinho do infinito que não se perdeu,

Pertence-te, é teu, usa-o o melhor que souberes, é vida,

É um tesouro, é uma bandeira para ser erguida,

Nunca desesperes, quando ela não te trata bem,

Ela põe-te à prova, para ver se sabes viver o que ela tem,

 

O tempo que é teu é para sonhares com um tempo melhor,

O teu tempo é esperança, é ambição, é inteligência, é amor,

Se assim souberes viver com todos estes sentimentos,

Podes crer que a vida te sorri com os teus engenhos e talentos,

Que o tempo te deu para desempenhares bem o teu papel,

E assim a vida vai sorrir e dar-te um gosto que sabe a mel.

 

 

 

Tavira, 19 de Janeiro de 2011 - Estêvão

Submited by

domingo, maio 20, 2012 - 11:13

Poesia :

No votes yet

José Custódio Estêvão

imagem de José Custódio Estêvão
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 semanas 1 dia
Membro desde: 03/14/2012
Conteúdos:
Pontos: 7749

Comentários

imagem de José Custódio Estêvão

POEMAS

Keila Patrícia
Um beijinho para ti e um abraço.
Obrigado pelos teus comentários e faz o favor de ser feliz.
Estêvão

imagem de José Custódio Estêvão

POEMAS

Keila Patrícia
Um beijinho para ti e um abraço.
Obrigado pelos teus comentários e faz o favor de ser feliz.
Estêvão

imagem de KeilaPatricia

Lindo demais ... Amei... Bjs

Lindo demais ... Amei...

Bjs na alma...

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of José Custódio Estêvão

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral AS ONDS DO MAR 6 3.110 06/17/2021 - 20:46 Português
Poesia/Meditação Pensamento 1 663 06/17/2021 - 20:45 Português
Poesia/Meditação Pensamento 1 793 06/17/2021 - 20:40 Português
Poesia/Amor Três coisas 2 775 12/12/2019 - 18:00 Português
Poesia/Fantasia O MEU NOME 0 1.499 12/14/2018 - 11:36 Português
Poesia/Meditação O TEMPO LEVA TUDO 0 1.822 09/28/2018 - 15:56 Português
Prosas/Pensamentos 34- O HOMEM 6 2.425 03/21/2018 - 16:04 Português
Poesia/Amor VERMELHO 0 1.923 09/04/2017 - 10:13 Português
Poesia/Amor UMA ORQUÍDEA PARA TI 0 2.534 07/17/2017 - 10:50 Português
Poesia/Meditação AS PEDRAS DOS RIOS 0 3.044 06/07/2017 - 09:54 Português
Prosas/Pensamentos PENSAMENTOS 34 0 2.298 05/24/2017 - 11:09 Português
Poesia/Amor AMO-TE COMO ÉS 0 2.249 05/24/2017 - 10:59 Português
Poesia/Meditação SABER SER FRELIZ 0 1.580 05/09/2017 - 16:51 Português
Poesia/Amizade TU 0 1.887 04/21/2017 - 11:52 Português
Poesia/Meditação PARA DE TE QUEIXAR 2 1.752 03/26/2017 - 20:34 Português
Poesia/Meditação PARA QUÊ MATAR? 5 2.952 03/24/2017 - 12:31 Português
Poesia/Meditação CHEGAR, VER E VENCER 0 2.447 03/13/2017 - 15:57 Português
Poesia/Amor BEIJOS TEUS 0 1.973 02/22/2017 - 11:12 Português
Poesia/Amor OLHANDO O MAR 0 1.341 02/08/2017 - 11:26 Português
Poesia/Amor SAUDADE 0 2.077 02/01/2017 - 11:29 Português
Poesia/Geral FRIO 0 1.560 01/26/2017 - 11:27 Português
Poesia/Geral FRIO 0 1.716 01/26/2017 - 11:23 Português
Poesia/Fantasia AS ONDAS DO MAR 0 1.610 01/11/2017 - 10:49 Português
Poesia/Meditação AMANHECEU OUTRA VEZ 0 1.913 01/04/2017 - 12:22 Português
Poesia/Alegria RIR 0 2.977 12/21/2016 - 10:58 Português