CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Paixão e dor

A distância
é como o fogo e o vento,
apaga o grande e aviva o pequeno.

Enquanto te relembro,
olho o céu
e em cada estrela que vejo
ponho um beijo meu.

Quando te sentires só,
abre a janela,
a brisa da manhã é um toque meu,
os raios de sol que te aquecem
sou eu que te abraço.

Quando o vento
tocar o teu rosto são beijos meus.

Beijo de saudade,
lágrimas de felicidade
em pequenos toques de ternura.

A água
que desliza no teu corpo
é gotejar de desejo que nos inunda.

Ansiedade do teu corpo lascivo,
onde percorre a minha língua numa apoteose sem fim.

O lençol da cama
é a minha alma em chama,
desfolhada na ausência
onde és rei e senhor da saudade.

Paixão e dor.

Entro em coma,
não quero acordar.

O vento,
a chuva,
as árvores e o mar,
todos eles me segredam:

“falta pouco para ele voltar”

Submited by

domingo, abril 19, 2009 - 01:08

Poesia :

No votes yet

mariamateus

imagem de mariamateus
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 28 semanas 14 horas
Membro desde: 02/24/2009
Conteúdos:
Pontos: 2987

Comentários

imagem de Henrique

Re: Paixão e dor

O lençol da cama
é a minha alma em chama,
desfolhada na ausência
onde és rei e senhor da saudade.

Após ler este verso, o silêncio apudera-se de mim segredando quão intenso é ter saudade...

Beijinho :-)

imagem de jopeman

Re: Paixão e dor

Gostei muito.
A distância... "apaga o grande e aviva o pequeno", sublime.
Bjo

imagem de Anonymous

Re: Paixão e dor P/mariamateus

O retrato da paixão e dor da saudade...

Que falte mesmo pouco para ele voltar!

beijo

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of mariamateus

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor MORRO ENTRE PALAVRAS QUE NADA TE DIZEM 1 1.158 02/26/2018 - 13:29 Português
Poesia/Dedicado RECORDAR-TE É UMA CONSTANTE 2 1.575 07/01/2013 - 21:10 Português
Poesia/Tristeza OLHO-ME 1 1.446 04/01/2013 - 09:37 Português
Poesia/Desilusão RODOPIAM COMO PEÕES 0 1.646 03/30/2013 - 20:55 Português
Poesia/Tristeza LÁGRIMAS 1 1.085 03/25/2013 - 18:15 Português
Poesia/Tristeza EM SAUDADE ME DERRAMO PELO TEMPO 1 1.206 03/16/2013 - 22:59 Português
Poesia/Desilusão QUEBRADA 1 1.450 03/08/2013 - 21:35 Português
Poesia/Tristeza PERDIDA 0 895 03/08/2013 - 02:12 Português
Poesia/Tristeza NOITE ADENTRO 4 1.694 03/05/2013 - 22:05 Português
Poesia/Tristeza NADA ME CONFORTA 1 1.331 03/05/2013 - 22:02 Português
Poesia/Tristeza LUAR QUE ABRAÇA MEUS OMBROS 0 1.122 03/02/2013 - 01:09 Português
Poesia/Tristeza CONTADAS DORES … 0 888 02/11/2013 - 13:26 Português
Poesia/Amor TEU BEIJO EM MIM 0 1.323 02/07/2013 - 15:34 Português
Poesia/Tristeza SAUDADES QUE ME CERRAM OS OLHOS 2 1.658 01/14/2013 - 22:11 Português
Poesia/Amor OLHOS PARADOS 0 1.759 12/09/2012 - 18:03 Português
Poesia/Paixão LUA MINHA 1 1.506 12/09/2012 - 00:35 Português
Poesia/Amor OLHA-ME NOS OLHOS 0 1.190 12/07/2012 - 16:59 Português
Poesia/Amor MAIS DO QUE O SOL ESCONDE A NOITE 0 1.798 12/06/2012 - 20:35 Português
Poesia/Meditação SILENCIOSA NOITE 2 1.455 12/06/2012 - 19:30 Português
Poesia/Tristeza ENTRE AS PAREDES DO MEU QUARTO 0 1.469 12/04/2012 - 19:11 Português
Poesia/Meditação AO SABOR DO TEMPO 0 1.886 11/29/2012 - 20:41 Português
Poesia/Amor BEIJO RECHEADO DE DESEJO 1 1.287 11/26/2012 - 19:50 Português
Poesia/Tristeza DESSE MAR DE SAUDADE 1 1.981 09/30/2012 - 22:33 Português
Poesia/Meditação ESSA QUE DORME AO COLO DA NOITE 1 1.909 09/25/2012 - 02:47 Português
Poesia/Meditação FRÁGEIS DEDOS 1 1.584 09/18/2012 - 22:32 Português