CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

QUEM RIU DE MIM

Quem riu de mim

 

Hoje encontrei chorando,

Quem riu de mim murmurando,

No passado que já é distante,

Mas eu não rio de contente,

Levantei-o estendendo a mão,

Com tristeza no coração.

 

Limpei-lhe as lágrimas e disse,

Que se levantasse e nunca mais risse,

Dos que choram por nada ter,

Para nunca se arrepender,

Pois a vida á uma roda que roda,

Quem hoje ri de alguém, amanhã chora.

 

Ergui-o e dei-lhe os meus abraços,

Com o coração feito em pedaços,

Ele tinha os seus olhos no chão,

E baixinho me pediu perdão,

Dei-lhe casa e dei-lhe emprego,

E fiquei satisfeito e ledo.

 

Arranjei um amigo de verdade,

Deixou de ter a sua vaidade,

Quis agradecer-me e eu não deixei,

Porque eu já lhe perdoei,

Dizendo que não o queria humilhado,

Queria vê-lo depressa levantado.

 

Não deixei que fosse como um cão,

E nunca mais se arrastasse pelo chão,

Perdoar faz bem à mente,

E se sente bem por ser gente,

Com sentimentos de amor,

Pois estes nunca causam dor.

 

Aqui tens uma lição meu amigo,

Depois do que fiz contigo,

Aprendeste a não rir da desgraça,

De quem está ou de quem passa,

Pois o destino nunca se conhece,

E nunca se sabe quando acontece.

 

 

 

Tavira,27 de Setembro de 2012-Estêvão

Submited by

quarta-feira, fevereiro 24, 2016 - 11:23

Poesia :

No votes yet

José Custódio Estêvão

imagem de José Custódio Estêvão
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 8 semanas 2 dias
Membro desde: 03/14/2012
Conteúdos:
Pontos: 7721

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of José Custódio Estêvão

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral AS ONDS DO MAR 0 129 07/25/2018 - 09:53 Português
Prosas/Pensamentos 34- O HOMEM 6 437 03/21/2018 - 16:04 Português
Poesia/Amor VERMELHO 0 533 09/04/2017 - 10:13 Português
Poesia/Amor UMA ORQUÍDEA PARA TI 0 570 07/17/2017 - 10:50 Português
Poesia/Meditação AS PEDRAS DOS RIOS 0 529 06/07/2017 - 09:54 Português
Prosas/Pensamentos PENSAMENTOS 34 0 717 05/24/2017 - 11:09 Português
Poesia/Amor AMO-TE COMO ÉS 0 970 05/24/2017 - 10:59 Português
Poesia/Meditação SABER SER FRELIZ 0 319 05/09/2017 - 16:51 Português
Poesia/Amizade TU 0 328 04/21/2017 - 11:52 Português
Poesia/Meditação PARA DE TE QUEIXAR 2 500 03/26/2017 - 20:34 Português
Poesia/Meditação PARA QUÊ MATAR? 5 504 03/24/2017 - 12:31 Português
Poesia/Meditação CHEGAR, VER E VENCER 0 277 03/13/2017 - 15:57 Português
Poesia/Amor BEIJOS TEUS 0 560 02/22/2017 - 11:12 Português
Poesia/Amor OLHANDO O MAR 0 423 02/08/2017 - 11:26 Português
Poesia/Amor SAUDADE 0 430 02/01/2017 - 11:29 Português
Poesia/Geral FRIO 0 362 01/26/2017 - 11:27 Português
Poesia/Geral FRIO 0 404 01/26/2017 - 11:23 Português
Poesia/Fantasia AS ONDAS DO MAR 0 495 01/11/2017 - 10:49 Português
Poesia/Meditação AMANHECEU OUTRA VEZ 0 488 01/04/2017 - 12:22 Português
Poesia/Alegria RIR 0 1.008 12/21/2016 - 10:58 Português
Poesia/Amor O BARCO DOS NOSSOS SONHOS 1 1.001 12/15/2016 - 14:05 Português
Prosas/Pensamentos PENSAMENTOS 0 615 12/07/2016 - 12:16 Português
Poesia/Amor RECORDANDO 0 389 12/07/2016 - 12:01 Português
Prosas/Pensamentos PENSAMENTOS 0 334 11/30/2016 - 12:39 Português
Poesia/Fantasia TEMPO DE SOL 0 414 11/30/2016 - 12:26 Português