CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

RELÓGIO ENTORPECIDO


Sinto
um
buraco na alma.

Na cabeça
um martelar acústico
de insatisfação
que nada
me leve ao extremo.

Estou cansada
de remar
contra a maré.

Dou-me à dor.

Espiral
de
lágrimas
ressequidas.

Na garganta,
estrangulados ficam
os
soluços.

Por ninguém notado.

Receio ficar doida
passar-me para as margens
do além desconhecido
por mim.

Que faço?

Quase não reconheço
quem sou.

Na cabeça
sinto o bater de um pêndulo.

Relógio entorpecido.

Barulhentos
pensamentos dolorosos.

Sinto-me
naufraga num mar
sem água
tal miragem no deserto.

Afundo
lentamente nesta morte
em vida.

 

Submited by

terça-feira, maio 3, 2011 - 15:25

Poesia :

Your rating: None (4 votes)

mariamateus

imagem de mariamateus
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 24 semanas 5 dias
Membro desde: 02/24/2009
Conteúdos:
Pontos: 2987

Comentários

imagem de MarneDulinski

RELÓGIO ENTORPECIDO

 

Lindo e maravilhoso poema, com uma narrativa espetacular, agradável de se ler,

porém uma mensagem triste, como não gosto de te ver!

Meus parabéns, nosso abrao,

Marne

imagem de unapoetisa

Cronos

Vivo me debatendo com cronos...

Sinto abstratamente....

Porém...verdadeiramente...

...devorada...

...consumida...

...abstraída...

...subtraída...

...pelo relógio...

Porém...toda dor

...é suportável...

Porém...todo amor...

...é imensurável...

...é insuperável...

...direciona-nos no tempo...

...ao qual tentamos tanto lutar...

...direcionar...controlar...

...tolos...puros...tolos...

...Não sabem que só o amor...

...apazigua a dor....

...acalma o rumor...

...resplandece o furor...

...resgata o vigor...

...tolos...somos todos tolos...

...a viver a espera das horas...

...a viver a planejar as horas...

...a viver a contar as horas...

...tolos...tolos...somos todos tolos...

...mal sabemos que o tempo...

....é como o vento...

...muda toda hora...

...a direção...

....ora na contramão...

....hora sem noção...

...hora com moção...

Lindo...lindo...diria melhor...belíssimo teu poema!!!

Abraços poéticos!

imagem de Henrique

Dou-me à dor.

Sinto-me
naufraga num mar
sem água
tal miragem no deserto.

 

Fantástico!!!

 

Que dizer mais de tal entrega à dor?

 

Apenas que te afastes desse mar paralizado...

 

Um poema ao teu estilo, triste mas belo como sempre...

 

:-)

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of mariamateus

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor MORRO ENTRE PALAVRAS QUE NADA TE DIZEM 1 1.385 02/26/2018 - 12:29 Português
Poesia/Dedicado RECORDAR-TE É UMA CONSTANTE 2 1.864 07/01/2013 - 20:10 Português
Poesia/Tristeza OLHO-ME 1 1.829 04/01/2013 - 08:37 Português
Poesia/Desilusão RODOPIAM COMO PEÕES 0 2.016 03/30/2013 - 19:55 Português
Poesia/Tristeza LÁGRIMAS 1 1.392 03/25/2013 - 17:15 Português
Poesia/Tristeza EM SAUDADE ME DERRAMO PELO TEMPO 1 1.492 03/16/2013 - 21:59 Português
Poesia/Desilusão QUEBRADA 1 1.846 03/08/2013 - 20:35 Português
Poesia/Tristeza PERDIDA 0 1.105 03/08/2013 - 01:12 Português
Poesia/Tristeza NOITE ADENTRO 4 2.119 03/05/2013 - 21:05 Português
Poesia/Tristeza NADA ME CONFORTA 1 1.681 03/05/2013 - 21:02 Português
Poesia/Tristeza LUAR QUE ABRAÇA MEUS OMBROS 0 1.302 03/02/2013 - 00:09 Português
Poesia/Tristeza CONTADAS DORES … 0 1.338 02/11/2013 - 12:26 Português
Poesia/Amor TEU BEIJO EM MIM 0 1.766 02/07/2013 - 14:34 Português
Poesia/Tristeza SAUDADES QUE ME CERRAM OS OLHOS 2 2.012 01/14/2013 - 21:11 Português
Poesia/Amor OLHOS PARADOS 0 2.054 12/09/2012 - 17:03 Português
Poesia/Paixão LUA MINHA 1 1.819 12/08/2012 - 23:35 Português
Poesia/Amor OLHA-ME NOS OLHOS 0 1.517 12/07/2012 - 15:59 Português
Poesia/Amor MAIS DO QUE O SOL ESCONDE A NOITE 0 2.086 12/06/2012 - 19:35 Português
Poesia/Meditação SILENCIOSA NOITE 2 1.713 12/06/2012 - 18:30 Português
Poesia/Tristeza ENTRE AS PAREDES DO MEU QUARTO 0 1.712 12/04/2012 - 18:11 Português
Poesia/Meditação AO SABOR DO TEMPO 0 2.322 11/29/2012 - 19:41 Português
Poesia/Amor BEIJO RECHEADO DE DESEJO 1 1.493 11/26/2012 - 18:50 Português
Poesia/Tristeza DESSE MAR DE SAUDADE 1 2.208 09/30/2012 - 21:33 Português
Poesia/Meditação ESSA QUE DORME AO COLO DA NOITE 1 2.219 09/25/2012 - 01:47 Português
Poesia/Meditação FRÁGEIS DEDOS 1 1.882 09/18/2012 - 21:32 Português