CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Sem destino

Sem destino

O vento é frio e a noite tão acolhedora
Solitária e nublada como minha sorte
Leste, oeste, sul e norte
Uma bússola quebrada, desvairada

Aponta para o nada e diz tudo
Envia-me ao caminho menos oportuno
Como um beijo derradeiro inalcançado
Ou a cartada que precede a derrota

Fora de contato, escondo segredos
Que anuncio apenas à minha sombra
E nem mesmo dela guardo confiança
Quantas vezes não me traiu com certezas dúbias?

Serei o penúltimo cavalheiro
Aquele que leva as flores
Mas nunca termina com a dama
Estou fadado às despedidas e prêmios de consolação

Serei então os restos do perdão
Os ossos por trás de qualquer beleza
A segunda-feira, a ressaca, as súplicas
A humilhação, a tristeza, o medo de perder-te

Mas diziam que o amor eleva?
Conheci do paraíso às trevas
E resido na instabilidade sem prescrição
Tão perigosa quanto a própria vida

Bernardo Almeida

Submited by

segunda-feira, fevereiro 28, 2011 - 02:16

Poesia :

No votes yet

Bernardo Almeida

imagem de Bernardo Almeida
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 7 anos 22 semanas
Membro desde: 02/08/2011
Conteúdos:
Pontos: 336

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Bernardo Almeida

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Pensamentos Aos 29 - Bernardo Almeida 0 463 02/28/2011 - 02:31 Português
Poesia/Paixão Au revoir! - Bernardo Almeida 0 264 02/28/2011 - 02:27 Português
Poesia/Pensamentos Conforto passageiro 0 347 02/28/2011 - 02:26 Português
Poesia/Paixão Encontro surpresa 0 413 02/28/2011 - 02:26 Português
Poesia/Dedicado Debate 0 446 02/28/2011 - 02:25 Português
Poesia/Fantasia Duplo - Bernardo Almeida 0 486 02/28/2011 - 02:24 Português
Poesia/Paixão Fumaça 0 466 02/28/2011 - 02:23 Português
Poesia/Paixão O segundo toque 0 428 02/28/2011 - 02:23 Português
Poesia/Pensamentos Enganados 0 486 02/28/2011 - 02:22 Português
Poesia/Amor Permuta 0 389 02/28/2011 - 02:22 Português
Poesia/Pensamentos Mundo inundado 0 292 02/28/2011 - 02:21 Português
Poesia/Paixão Profecia 0 396 02/28/2011 - 02:21 Português
Poesia/Paixão Múltipla (transcendental) 0 274 02/28/2011 - 02:20 Português
Poesia/Intervenção Clandestino (viajante) - Bernardo Almeida 0 507 02/28/2011 - 02:19 Português
Poesia/Desilusão Desnutrição 0 690 02/28/2011 - 02:18 Português
Poesia/Paixão Precipício 0 240 02/28/2011 - 02:18 Português
Poesia/Pensamentos Mutação 0 277 02/28/2011 - 02:17 Português
Poesia/Pensamentos Vigarista 0 188 02/28/2011 - 02:16 Português
Poesia/Paixão Sem destino 0 303 02/28/2011 - 02:16 Português
Poesia/Paixão Pacífico - Bernardo Almeida 0 259 02/28/2011 - 02:15 Português
Poesia/Gótico Nem um, nem outro - Bernardo Almeida 0 297 02/28/2011 - 02:14 Português
Poesia/Gótico De lado 0 462 02/28/2011 - 02:14 Português
Poesia/Paixão Incógnita 0 286 02/28/2011 - 02:13 Português
Poesia/Comédia Despedida 0 386 02/28/2011 - 02:13 Português
Poesia/Paixão Perplexo - Bernardo Almeida 0 387 02/28/2011 - 02:12 Português