CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

UMA LIÇÃO

 

Uma lição

 

Na Torre dos Milagres eu vi o Sol a nascer,

Lá em cima de uma nuvem na janela do meu ver,

Até onde os meus olhos conseguem alcançar,

Em todo este horizonte que eu quero ver e abraçar,

Alcançando o vento que eu sinto perto do céu,

Como se fosse um leve voar que sinto num sonho meu.

 

Olho para o chão, vejo o lugar onde eu nasci,

Está perdido no tempo, com o tempo que eu comi,

Agora que estou no alto, ainda me lembro quem eu sou,

Sei que ainda tenho esperança de ver quem lá ficou,

Que eu quero junto de mim nesta Torre dos Milagres,

Para sentirem o que eu sinto e também ficarem alegres.

 

Vejo o Sol na ascensão, até ao seu máximo rubor,

Neste círculo que vai fazendo, levando o meu amor,

Para outros lugares que não vejo mas existem de verdade,

Onde sei que vive a tristeza mas também a felicidade,

E enquanto uns estão a chorar, outros vão cantando,

Lá na terra que não esqueci e saudades vou mandando.

 

Nesta torre até onde subi, levei muito tempo de cansaço,

Mas milagres ainda não vi, tudo consegui de passo a passo,

Mas tenho orgulho de mim mesmo, sou aquilo que quis ser,

Quem quiser subir até mim, tem de aprender a crescer,

Sem esforço não há milagres e o que conseguimos não cai do céu,

É com trabalho e com coragem, façam como fiz eu.

 

As torres milagreiras estão no nosso pensamento,

Que trazemos guardadas na alma com valor e talento,

Subir não é nada fácil, está ao alcance de todos nós,

Quem quiser subir de pressa, depressa perderá a sua voz,

Devagar se sobe ao alto, de degrau em degrau se vai subindo,

E quem quiser subir depressa, mais depressa vai caindo.

 

 

 

 

Tavira, 14 de Abril de 2010 - Estêvão

 

 

Submited by

terça-feira, março 20, 2012 - 12:06

Poesia :

No votes yet

José Custódio Estêvão

imagem de José Custódio Estêvão
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 16 semanas 19 horas
Membro desde: 03/14/2012
Conteúdos:
Pontos: 7749

Comentários

imagem de KeilaPatricia

Muito bom... Bjs na

Muito bom...

Bjs na alma,

Keila... .....)...(@

:)

imagem de apsferreira

Um texto curioso

Um texto curioso e

interessante,

:-)

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of José Custódio Estêvão

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação Pensamento 0 333 12/20/2019 - 17:18 Português
Poesia/Meditação Pensamento 0 206 12/20/2019 - 17:13 Português
Poesia/Amor Três coisas 2 254 12/12/2019 - 18:00 Português
Poesia/Geral AS ONDS DO MAR 5 2.382 12/09/2019 - 13:23 Português
Poesia/Fantasia O MEU NOME 0 883 12/14/2018 - 11:36 Português
Poesia/Meditação O TEMPO LEVA TUDO 0 1.144 09/28/2018 - 15:56 Português
Prosas/Pensamentos 34- O HOMEM 6 1.671 03/21/2018 - 16:04 Português
Poesia/Amor VERMELHO 0 1.356 09/04/2017 - 10:13 Português
Poesia/Amor UMA ORQUÍDEA PARA TI 0 1.972 07/17/2017 - 10:50 Português
Poesia/Meditação AS PEDRAS DOS RIOS 0 2.299 06/07/2017 - 09:54 Português
Prosas/Pensamentos PENSAMENTOS 34 0 1.697 05/24/2017 - 11:09 Português
Poesia/Amor AMO-TE COMO ÉS 0 1.715 05/24/2017 - 10:59 Português
Poesia/Meditação SABER SER FRELIZ 0 959 05/09/2017 - 16:51 Português
Poesia/Amizade TU 0 1.123 04/21/2017 - 11:52 Português
Poesia/Meditação PARA DE TE QUEIXAR 2 1.131 03/26/2017 - 20:34 Português
Poesia/Meditação PARA QUÊ MATAR? 5 2.355 03/24/2017 - 12:31 Português
Poesia/Meditação CHEGAR, VER E VENCER 0 1.713 03/13/2017 - 15:57 Português
Poesia/Amor BEIJOS TEUS 0 1.381 02/22/2017 - 11:12 Português
Poesia/Amor OLHANDO O MAR 0 961 02/08/2017 - 11:26 Português
Poesia/Amor SAUDADE 0 1.529 02/01/2017 - 11:29 Português
Poesia/Geral FRIO 0 1.068 01/26/2017 - 11:27 Português
Poesia/Geral FRIO 0 1.166 01/26/2017 - 11:23 Português
Poesia/Fantasia AS ONDAS DO MAR 0 1.042 01/11/2017 - 10:49 Português
Poesia/Meditação AMANHECEU OUTRA VEZ 0 1.233 01/04/2017 - 12:22 Português
Poesia/Alegria RIR 0 2.133 12/21/2016 - 10:58 Português