DEVENIR


 
É enigma a palavra,
sonoridade sem nexo
que na língua entrava
a função do plexo.

A palavra sonora
é nos lábios santa,
quem a ouve chora,
quem conhece encanta.

Reticente sentimento
de feto a ancião,
pulsante cada momento
 ela está no coração

para explicar o renascer,
o encalço do norte,
a leveza do viver,
o túnel, a luz, a morte.

jthamiel
19.06.16

Submited by

Sunday, June 19, 2016 - 15:20

Poesia :

No votes yet

J. Thamiel

J. Thamiel's picture
Offline
Title: Membro
Last seen: 10 hours 31 sec ago
Joined: 05/02/2016
Posts:
Points: 3064

Add comment

Login to post comments

other contents of J. Thamiel

Topic Title Replies Views Last Postsort icon Language
Poesia/Thoughts ERVA CIDREIRA 0 1.552 05/09/2016 - 12:23 Portuguese
Poesia/Fantasy QUEM FEZ A MAGIA? 0 747 05/08/2016 - 14:36 Portuguese
Prosas/Others COMO FAZER SUCO 0 548 05/08/2016 - 14:20 Portuguese
Poesia/Thoughts PALAVRAS 0 1.414 05/07/2016 - 20:56 Portuguese
Poesia/Love Ao Meu querido irmão 0 832 05/07/2016 - 18:40 Portuguese
Poesia/General O TEMPO - (Parte 5, FINAL) 0 1.395 05/06/2016 - 13:12 Portuguese
Poesia/General O TEMPO - (Parte 4) 0 776 05/06/2016 - 12:46 Portuguese
Poesia/General O TEMPO - (Parte 3) 0 1.910 05/06/2016 - 12:32 Portuguese
Poesia/Thoughts O TEMPO - (Parte 2) 0 2.325 05/05/2016 - 15:00 Portuguese
Poesia/Thoughts O TEMPO - (Introito) 0 1.132 05/05/2016 - 12:42 Portuguese
Prosas/Thoughts CARGA PESADA 0 734 05/04/2016 - 18:16 Portuguese
Prosas/Lembranças Pra não dizer que não falei das pombas... 0 1.131 05/04/2016 - 17:06 Portuguese
Poesia/General O riacho 0 987 05/04/2016 - 12:37 Portuguese
Poesia/General A Pedra 0 1.156 05/04/2016 - 12:35 Portuguese
Prosas/Lembranças O Lago dos Patos 0 1.094 05/04/2016 - 12:21 Portuguese