SOU À TOA (*) - - - (me ajudem)

Só encontrei as estrelas
quando havia escuridão.
E sob a luz das estrelas,
caminhando no sertão
criei trilha e caminho
vagando sempre sozinho.

Mas, se somem as estrelas,
este caipira moreno
se esforça tentando vê-las;
e bebe o orvalho sereno,
se espreguiçando na rede,
saciando sua sede.

Às vezes eu me imagino
parando minhas andanças.
saindo do meu cantinho.
Mas, me perco em lembranças.
Não sabendo o que fazer,
eu tento logo esquecer.

Assim levo vida boa,
displicente e feliz.
Então, me chamam de à toa*,
Mas foi assim que Deus quis.
E, pra não ficar calado:
- Mais à toa é quem me diz!

J. Thamiel
Guarulhos, 18.12.2015
18:36h
(* à toa=Neste caso como está sendo usado como substantivo,
não sei se está correto o uso da crase, ou se tem hífen)
Me ajudem = aceito esclarescimentos!

Submited by

Wednesday, December 20, 2017 - 10:49

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

J. Thamiel

J. Thamiel's picture
Offline
Title: Membro
Last seen: 16 hours 7 min ago
Joined: 05/02/2016
Posts:
Points: 2820

Comments

Joel's picture

abraços poéticos

abraços poéticos

Joel's picture

à-toa

à-toa

Add comment

Login to post comments

other contents of J. Thamiel

Topic Title Replies Views Last Postsort icon Language
Poesia/Meditation CRUZAMENTO CENTRÍFUGO 0 391 06/21/2017 - 18:28 Portuguese
Poesia/General ÀS VEZES, POESIA 0 555 06/14/2017 - 15:10 Portuguese
Poesia/General PERDIDOS NO TEMPO - (o tempo é o melhor conselheiro) 0 999 06/13/2017 - 14:41 Portuguese
Poesia/General E AS VACAS? 0 720 06/08/2017 - 16:31 Portuguese
Poesia/General SEGUNDA-FEIRA SEM SENTIDO 0 444 06/06/2017 - 15:47 Portuguese
Poesia/Comedy DITOS NÃO DITOS 0 534 06/02/2017 - 12:59 Portuguese
Poesia/General HÁ TEMPO PARA TUDO 0 606 05/28/2017 - 04:34 Portuguese
Poesia/General A FORÇA 0 403 05/25/2017 - 17:38 Portuguese
Poesia/General T R I L H A S 0 679 05/22/2017 - 15:46 Portuguese
Poesia/Acrostic POETA DO ABC, D, E, F, G... 1 723 05/20/2017 - 21:09 Portuguese
Poesia/Disillusion REVOLTA 0 703 05/18/2017 - 12:31 Portuguese
Poesia/Meditation J E S U S 0 439 05/17/2017 - 15:30 Portuguese
Poesia/General FLOR SELVAGEM (Rima livre) 0 812 05/12/2017 - 18:19 Portuguese
Poesia/General P I N T I N H O S 0 519 05/11/2017 - 15:15 Portuguese
Poesia/General EU ME TORNEI POETA... 0 680 05/10/2017 - 13:19 Portuguese
Poesia/Fantasy CONCEITOS TRIVIAIS E COISAS TAIS 0 737 05/04/2017 - 13:24 Portuguese
Poesia/Dedicated SEM QUERER (Dedicado aos amigos poetas) 0 395 04/27/2017 - 13:12 Portuguese
Poesia/General ESCRAVOS DE JÓ 0 652 04/26/2017 - 14:30 Portuguese
Poesia/Disillusion UM POETA COM VERGONHA DE SEU PAÍS 1 340 04/25/2017 - 11:51 Portuguese
Poesia/General EVERYBODY NEEDS A FRIENDLY WORD 0 390 04/21/2017 - 14:45 Portuguese
Poesia/Fantasy CHEGAR DA NOITE 0 320 04/20/2017 - 16:01 Portuguese
Poesia/Joy O U T O N O - (Ensaio: Poema Bárbaro versos com mais de 12 sílabas) 0 1.044 04/17/2017 - 15:12 Portuguese
Poesia/Fantasy O B L A T A - - - (Poema Bárbaro - Versos com mais de 12 sílabas métricas) 0 1.791 04/16/2017 - 14:19 Portuguese
Poesia/Disillusion BRASIL 0 832 04/05/2017 - 13:09 Portuguese
Poesia/Meditation O JUÍZO FINAL 0 457 04/01/2017 - 21:57 Portuguese