A JUVENTUDE PASSA

A JUVENTUDE PASSA

 

O tempo devora tudo

Eu quero subir e não subo

Devora – me os meus passos

E ajuda a partir os meus laços

 

O meu coração desafia o tempo

É jovem e não obedece ao vento

Julga – se até o mais forte

Ele desafia própria morte

 

O tempo o vai amolecendo

A pouco e pouco as forças vão morrendo

O tempo já me obriga a pensar

Com ele não se pode brincar

 

As pernas já se vão vergando

Os tempo as vai amansando

Os maus passos já são mais lentos

E já se dobram aos eternos ventos

 

Os cabelos brancos já surgindo

Parece que me vêm perseguindo

O tempo me vai fazendo compreender

Que um dia tenho de morrer

 

Onde está a minha juventude?

Ombrear com o tempo eu pude

Contra o tempo não posso lutar

Resta – me o tempo de esperar

 

 

Os tempos da ilusões acabaram

Os tempos da verdade chegaram

Amo a vida que o tempo me deu

Ainda tenho um mundo só meu

 

 2005-Estêvão

Submited by

Viernes, Junio 15, 2012 - 10:23

Poesia :

Sin votos aún

José Custódio Estêvão

Imagen de José Custódio Estêvão
Desconectado
Título: Membro
Last seen: Hace 2 días 16 horas
Integró: 03/14/2012
Posts:
Points: 7732

Comentarios

Imagen de Adolfo

MCMXCIII

Curioso é passar a juventude feito eu tenho passado ultimamente: pensando desta mesma maneira... Desde o princípio tendo consciência de que o tempo arrasta-se sempre muito lentamente, como que para não possamos percebê-lo espreitar-se...
Não o percebemos tal a nossa própria sombra.

Imagen de José Custódio Estêvão

poema

Não devemos passar o tempo sentados na cadeira do passado, temos que aproveitá-lo sendo úteis a nós próprios, porque o tempo não volta mais.
Um abraço
Estêvão

Add comment

Inicie sesión para enviar comentarios

other contents of José Custódio Estêvão

Tema Título Respuestas Lecturas Último envíoordenar por icono Idioma
Poesia/General AS ONDS DO MAR 2 415 02/24/2019 - 17:15 Portuguese
Poesia/Fantasía O MEU NOME 0 342 12/14/2018 - 11:36 Portuguese
Poesia/Meditación O TEMPO LEVA TUDO 0 303 09/28/2018 - 15:56 Portuguese
Prosas/Pensamientos 34- O HOMEM 6 763 03/21/2018 - 16:04 Portuguese
Poesia/Amor VERMELHO 0 966 09/04/2017 - 10:13 Portuguese
Poesia/Amor UMA ORQUÍDEA PARA TI 0 949 07/17/2017 - 10:50 Portuguese
Poesia/Meditación AS PEDRAS DOS RIOS 0 776 06/07/2017 - 09:54 Portuguese
Prosas/Pensamientos PENSAMENTOS 34 0 1.058 05/24/2017 - 11:09 Portuguese
Poesia/Amor AMO-TE COMO ÉS 0 1.153 05/24/2017 - 10:59 Portuguese
Poesia/Meditación SABER SER FRELIZ 0 552 05/09/2017 - 16:51 Portuguese
Poesia/Amistad TU 0 663 04/21/2017 - 11:52 Portuguese
Poesia/Meditación PARA DE TE QUEIXAR 2 755 03/26/2017 - 20:34 Portuguese
Poesia/Meditación PARA QUÊ MATAR? 5 728 03/24/2017 - 12:31 Portuguese
Poesia/Meditación CHEGAR, VER E VENCER 0 773 03/13/2017 - 15:57 Portuguese
Poesia/Amor BEIJOS TEUS 0 843 02/22/2017 - 11:12 Portuguese
Poesia/Amor OLHANDO O MAR 0 655 02/08/2017 - 11:26 Portuguese
Poesia/Amor SAUDADE 0 767 02/01/2017 - 11:29 Portuguese
Poesia/General FRIO 0 617 01/26/2017 - 11:27 Portuguese
Poesia/General FRIO 0 672 01/26/2017 - 11:23 Portuguese
Poesia/Fantasía AS ONDAS DO MAR 0 716 01/11/2017 - 10:49 Portuguese
Poesia/Meditación AMANHECEU OUTRA VEZ 0 756 01/04/2017 - 12:22 Portuguese
Poesia/Alegria RIR 0 1.518 12/21/2016 - 10:58 Portuguese
Poesia/Amor O BARCO DOS NOSSOS SONHOS 1 1.328 12/15/2016 - 14:05 Portuguese
Prosas/Pensamientos PENSAMENTOS 0 775 12/07/2016 - 12:16 Portuguese
Poesia/Amor RECORDANDO 0 699 12/07/2016 - 12:01 Portuguese