CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Anos De Chocolate

Anos De Chocolate

Tempos da linha de partida do horizonte,
Candura dos aniversários de uma só letra.
Recordam-me a certeza de ter tudo defronte
E contagiam-me a beleza de aí ler incerteza.

Foi como um Éden sem Adão e Eva
Mas pequei em provar algo para além de ti
Porque o que o fruto de crescer traz, cedo leva
E essa curiosidade é hoje uma árvore sem raiz
Num jardim em que só floresce saudade do que perdi.
Maldita sejas, queda do paraíso que nem deixou cicatriz!

Oh, única poesia que jamais será poema!
Diário apaixonado em que tropeço para cair!
Coisas simples como tu que só posso sentir!
Inconsciência permitida e sem qualquer dilema!
Inocência inefável que sempre se limita a fluir!
Nuvem pintada de azul que me tenta invadir!
Textura empírica de Natal que laureio lema!

Convidas-me a abraçar o teu espectro na mente,
A captar a nostalgia fresca da qual te alimentas,
Na idade da razão embrionária e efervescente,
Talvez tentando sepultar-me labirintos em frente,
Ocultando a essência adversa à ciência que acalentas,
Só para estares longe, numa desejada solitude ausente.

Oh, altura em que o mundo era todo mais alto!
Adrenalina gritante de saltar para o sobressalto!
Chafariz de sorrisos preciosos que ninguém explica!
Ponto de encontro com o máximo sincero existir!
Energia incessante que matéria negra clarifica!
Perguntas triviais que se respondem com o agir!
Hipóteses de escolha que não têm de se decidir!

Agora percebo a parábola por detrás de cada fábula
E que o "era uma vez" é uma estrada que passa e nem vês!
A infância é assim, uma passadeira sem bilhete de despedida!
É a única distância que torna um laço mais apertado!
São milhões de futuros dispersos no trânsito do passado
E herdas o rumo que nunca soubeste ser para toda a vida!

(02-05-2012)

Submited by

sábado, outubro 6, 2012 - 15:10

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

Fran Silveira

imagem de Fran Silveira
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 semanas 3 dias
Membro desde: 09/29/2012
Conteúdos:
Pontos: 147

Comentários

imagem de bastos

poema

Excelente

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Fran Silveira

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação Horror Ao Vazio 0 82 05/08/2018 - 05:18 Português
Poesia/Comédia Super-Pouco (Dêem-me Um Pouco De Atenção, Por Favor, Se Faz Favor) 0 195 03/14/2017 - 23:07 Português
Poesia/Paixão Adoração 0 171 02/25/2017 - 12:48 Português
Poesia/Pensamentos (Turquesa '98) 0 206 12/29/2016 - 07:09 Português
Poesia/Fantasia Avelãs & Libélulas 1 128 12/08/2016 - 13:53 Português
Poesia/Amor Ganchos 0 190 10/26/2015 - 03:13 Português
Poesia/Fantasia (En)Canto Do Cisne Laranja 0 340 11/23/2013 - 02:57 Português
Poesia/Paixão 14 0 310 11/11/2013 - 01:12 Português
Poesia/Paixão Quimono Circunflexo 0 360 11/01/2013 - 03:28 Português
Prosas/Pensamentos Espiral 0 278 08/16/2013 - 01:44 Português
Prosas/Pensamentos Ecrã 0 384 08/15/2013 - 20:42 Português
Poesia/Fantasia Alba Atroz / Panda Crónico 0 355 07/31/2013 - 23:50 Português
Prosas/Pensamentos Transcorrer 0 278 02/11/2013 - 00:31 Português
Prosas/Outros Manifesto Depurista 0 255 02/09/2013 - 17:29 Português
Poesia/Pensamentos Memento Mori 0 340 11/29/2012 - 04:25 Português
Poesia/Pensamentos Rosa Em Azul 0 300 10/28/2012 - 20:22 Português
Poesia/Pensamentos Lanterna De Papel 3 442 10/15/2012 - 22:41 Português
Poesia/Pensamentos Anos De Chocolate 1 302 10/06/2012 - 16:17 Português
Poesia/Pensamentos Palavra Puxa Silêncio 0 238 10/06/2012 - 15:13 Português
Poesia/Fantasia Última Noite Na Ponte Dos Sonhos 0 320 10/04/2012 - 14:57 Português
Poesia/Paixão Reacção À Química 0 305 10/04/2012 - 14:54 Português
Poesia/Desilusão Enfado-me Deste Fado / Epopeia Do Fracasso 0 488 10/04/2012 - 14:44 Português
Poesia/Tristeza Catalisa Dor 0 251 10/01/2012 - 01:52 Português
Poesia/Pensamentos 1993-2008; 2011-? 0 266 10/01/2012 - 01:50 Português
Poesia/Pensamentos Ruptura Adolescente 0 282 10/01/2012 - 01:48 Português