CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Bons Velhos Tempos

Bons velhos tempos em que não havia ontem
Em que a lembrança era a vivência do anterior dia
Nós, de consciência vazia
Vivíamos então tudo sem perder um momento

Bons velhos tempos, de criançada
Em que cair e chorar era sinal de estar vivo
Viver ao som do perigo
Sem nunca temer muito ou nada

Bons velhos tempos, já passarão??
A lembrança é eterna companheira
Por muito que agora se ande
Há sentimentos que irão durar a vida inteira

Quisessem os homens que o seu fio da vida voltasse pra trás
Mas nunca volta, há sempre amanhã
Há sempre a presença de novo dia
Que tentará nos apagar bons momentos

A vida é como o sangue
Uma vez lançado não há retorno
Cada nova artéria, novo caminho
Cada nova força, nova parede a delimitar o seu movimento fransinho

Porém, há quem diga,
Que a nossa lembrança ajuda na nossa construção
Somos construídos pelos traços
Dos amigos que foram ficando no nosso coração

Bons velhos tempos, de glória
Não partam nunca ,vão ficando,
Mostrai ao homem que recordando
Não há futuro que o destrua

Submited by

terça-feira, dezembro 20, 2011 - 20:54

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

flavinhop

imagem de flavinhop
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 anos 50 semanas
Membro desde: 01/24/2010
Conteúdos:
Pontos: 331

Comentários

imagem de Eye Lii

Gostei muito de ler este

Gostei muito de ler este poema, especialmente esta parte:

"A vida é como o sangue
Uma vez lançado não há retorno
Cada nova artéria, novo caminho
Cada nova força, nova parede a delimitar o seu movimento fransinho

Porém, há quem diga,
Que a nossa lembrança ajuda na nossa construção
Somos construídos pelos traços

Dos amigos que foram ficando no nosso coração"

Realmente, a nossa vida é feita de caminhos aos quais não podemos regressar, são escolhas que tomamos, por vezes boas, por vezes más...Seja como for aprendemos com elas, amadurecemos e levamos sempre essa "bagagem" até ao fim da nossa caminhada. Nada é eterno, mas as lembranças ficam.

Muito bom.

Beijo,

Lii

imagem de flavinhop

obrigado

É de certo verdade, a nossa vida é um mar de caminhos, por vezes nossos, por vezes dos outros que nos meteram neles. Obrigado

imagem de Adolfo

A lembrança é eterna

A lembrança é eterna companheira
Por muito que agora se ande
Há sentimentos que irão durar a vida inteira

 

Eis os versos com os quais qualquer um se identificaria.

Versos os quais eu arriscaria dizer "eis aqui a essência deste poema!"

 

 

Gostei desta tua poesia.

 

Abraço,

Adolfo.

 

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of flavinhop

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Videos/Poesia Somos o que somos, e se pudessemos não ser?? 0 1.080 07/17/2012 - 14:29 Português
Videos/Poesia Em Portugal Guardou-se o Hino, video 0 1.072 06/25/2012 - 16:16 Português
Poesia/Intervenção Em Portugal Guardou-se o Hino 0 731 06/25/2012 - 16:13 Português
Poesia/Intervenção A economia sente-se má 0 660 06/24/2012 - 16:21 Português
Poesia/Geral Aluno: Nutricionista de si mesmo 0 909 06/24/2012 - 16:17 Português
Poesia/Geral Porque hoje é mais um sábado 1 704 06/23/2012 - 19:32 Português
Poesia/Geral Mal De Alzheimer, Poema sintomatológico 0 1.440 06/23/2012 - 09:03 Português
Videos/Poesia Portugal e Os BÉBÉS SOCIAIS 0 1.218 06/23/2012 - 09:00 Português
Poesia/Dedicado Portugal perde por não saber 0 568 01/18/2012 - 10:35 Português
Poesia/Geral Deixemos o novo ano entrar 0 807 01/12/2012 - 11:16 Português
Poesia/Intervenção Quem somos nós, Portugueses 0 602 01/12/2012 - 11:12 Português
Poesia/Intervenção Fomos Conquistados pelos chineses 1 896 12/31/2011 - 17:19 Português
Poesia/Geral Bons Velhos Tempos 3 2.008 12/21/2011 - 15:04 Português
Poesia/Intervenção A sociedade por dentro e por fora 0 764 12/20/2011 - 21:04 Português
Poesia/Intervenção Fumamos para esquecer, Morremos por fumar, O que se esquece??? 0 838 12/12/2011 - 17:29 Português
Poesia/Geral Doença de Parkinson 0 893 12/09/2011 - 20:19 Português
Poesia/Geral Sida: Retrato da Doença 0 1.041 12/09/2011 - 20:16 Português
Poesia/Soneto How to know your heart is bleeding 0 1.683 07/26/2011 - 19:21 inglês
Poesia/Geral Cancro Pulmonar 0 872 07/24/2011 - 10:16 Português
Poesia/Meditação Penso eu cá para os meus botões: Valerá tudo a pena? 3 1.016 07/24/2011 - 07:46 Português
Videos/Poesia Poema Leucemia 0 2.680 07/21/2011 - 13:20 Português
Poesia/Geral A ciência poética do entendimento 0 951 07/20/2011 - 13:53 Português
Poesia/Geral Hepatite auto-imune 0 1.062 07/20/2011 - 13:28 Português
Poesia/Geral Do nada muita coisa se escreve 0 1.113 07/20/2011 - 13:21 Português
Poesia/Geral Leucemia 3 1.138 07/07/2011 - 14:15 Português