CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Nação Madrasta

Mui intenso um sentimento leviano,
Pois mediante o dever é mais propicio
O qual corteja com a sorte o paisano
E chama ao cumprimento o seu patrício.

Fleuma, mas disposto ao que aguarda
No penhor de honrar a bandeira
Seja sina vestir sobre a farda
O funesto paletó de madeira.

Sob adorno de floridas coroas
O tropel de botinas é célebre
Pelos passos de seis pessoas
Ao som duma marcha fúnebre.

No leito nefasto mais um corpo exangue
Em meio ao negrume na terra em que jaz
Ironiza, hasteada, manchada de sangue
A bandeira branca, estandarte da paz.
 

Submited by

domingo, abril 24, 2011 - 17:51

Poesia :

No votes yet

Charles Antônio Marques Pereira

imagem de Charles Antônio Marques Pereira
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 2 anos 29 semanas
Membro desde: 04/14/2011
Conteúdos:
Pontos: 373

Comentários

imagem de dayarabcardoso

Parabéns!

Fantástico soneto!

imagem de Charles Antônio Marques Pereira

Agradecido.

Muito obrigado! Fico feliz que tenha gostado.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Charles Antônio Marques Pereira

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Soneto Sagrada Escritura 2 982 05/20/2013 - 21:17 Português
Poesia/Soneto Meu Deus! 2 630 05/20/2013 - 20:56 Português
Poesia/Soneto Emoções 4 1.012 04/16/2012 - 17:58 Português
Poesia/Soneto Eu quero amar, amar perdidamente! (III) 2 1.095 04/07/2012 - 17:26 Português
Poesia/Soneto Eu quero amar, amar perdidamente! (IV) 1 933 04/01/2012 - 14:58 Português
Poesia/Soneto Eu quero amar, amar perdidamente! (II) 2 1.030 03/28/2012 - 21:52 Português
Poesia/Soneto Eu quero amar, amar perdidamente! (I) 4 1.269 03/24/2012 - 17:22 Português
Poesia/Soneto Relato de um Suicídio 2 889 03/20/2012 - 23:15 Português
Poesia/Soneto Eu quero amar, amar perdidamente! (V) 0 1.075 08/25/2011 - 18:45 Português
Poesia/Soneto Eu quero amar, amar perdidamente! (VII) 0 1.187 08/17/2011 - 21:47 Português
Poesia/Soneto Eu quero amar, amar perdidamente! (IX) 0 872 08/12/2011 - 00:22 Português
Poesia/Soneto Eu quero amar, amar perdidamente! (VIII) 0 995 08/12/2011 - 00:17 Português
Poesia/Soneto Ouvir Estrelas 2 1.204 07/24/2011 - 21:13 Português
Poesia/Soneto Tudo é Inútil! 0 1.160 07/23/2011 - 17:49 Português
Poesia/Soneto Com a Útima Mulher da Nossa Vida 0 902 07/22/2011 - 19:18 Português
Poesia/Soneto "Amantes, Amentes" 0 1.066 06/21/2011 - 18:21 Português
Poesia/Soneto Leito de Morte 0 858 06/21/2011 - 18:12 Português
Poesia/Soneto Filosofia de Morte 3 1.249 06/09/2011 - 18:03 Português
Poesia/Soneto Depressão 0 858 06/06/2011 - 00:12 Português
Poesia/Soneto Nordeste 0 844 06/06/2011 - 00:05 Português
Poesia/Soneto A Beatinha do Meu Bairro 0 818 06/05/2011 - 23:59 Português
Poesia/Soneto Miragem 0 837 06/05/2011 - 23:53 Português
Poesia/Soneto Epopéia 0 836 06/05/2011 - 23:48 Português
Poesia/Geral Nação Madrasta 2 838 05/02/2011 - 20:04 Português
Poesia/Haikai Lágrimas 0 832 04/24/2011 - 17:55 Português