CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

I can fly ...


I can fly …

Luar sem telha, casas sem telhado,
Coração vidraça, prova de mudança
Dentro o meu pensar, total o caos,
Rarefeito ar, meu pensamento hélio,

Luar sem telha, casa sem telhado,
Rara substância, mudo de ser eu,
Cada noite mais escuro, cada dia
Mais breu, a prova-minha covardia,

Coragem sumida, assumo o luar,
Assomo estrelas quase extintas
Por decreto, sol morto, labirinto,
Sala de jantar, vinho sem gosto,

Luar sem telha, casa sem telhado,
Partida a taça, hálito é vácuo o resto
É existir como se aqui o além fosse
Fragmento, e o que assomo, lugar

Que ainda preciso pra dispersar
Na morte os membros próximos
Do voar, can I fly, flor d’cimento,
Lugar sem peso, natural o medo,

Voar artificial e falso o que penso,
Luar sem telha, casa sem telhado,
Asfalto, folha ao vento, façam-me
Estátua vulgar, branco pra ser ave

“I can fly”, imperioso ser-se vento,
Pra que se possa voar í’preso.

Joel Matos (05/2018)
http://joel-matos.blogspot.com

Submited by

sexta-feira, junho 8, 2018 - 09:44

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

Joel

imagem de Joel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 dias 10 horas
Membro desde: 12/20/2009
Conteúdos:
Pontos: 11333

Comentários

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Joel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Geral Gostaria de ter um Cadillac novo, 20 240 12/07/2018 - 17:04 Português
Poesia/Geral Sonho d'Midas ... 21 297 12/07/2018 - 17:03 Português
Ministério da Poesia/Geral Que será da nossa viúva sombra, 20 178 12/07/2018 - 17:01 Português
Ministério da Poesia/Geral Sem casas não haveriam ruas ... 17 212 12/03/2018 - 16:54 Português
Ministério da Poesia/Geral Temo as sombras e o burburinho … 21 224 12/03/2018 - 16:53 Português
Poesia/Geral Último Poema 21 1.186 12/03/2018 - 16:51 Português
Poesia/Geral (1820) 23 357 12/03/2018 - 16:50 Português
Ministério da Poesia/Geral Convenço, convencei, convençai… 21 254 12/03/2018 - 16:48 Português
Ministério da Poesia/Geral Cansei. 25 302 12/03/2018 - 16:47 Português
Ministério da Poesia/Geral Eu sou tudo aquilo por onde me perco… 29 175 12/03/2018 - 16:45 Português
Ministério da Poesia/Geral Colossal o Oceano, 15 206 12/03/2018 - 16:44 Português
Ministério da Poesia/Geral Minha alma é um lego 14 250 12/03/2018 - 16:44 Português
Ministério da Poesia/Geral V de Vitória - Revolução - 14 241 12/03/2018 - 16:43 Português
Ministério da Poesia/Geral O Gebo e o Sonho. 11 185 12/03/2018 - 16:42 Português
Ministério da Poesia/Geral "Je ne dis rien, tu m'écoutes" 13 309 12/03/2018 - 16:42 Português
Ministério da Poesia/Geral À dimensão do horto … 12 180 12/03/2018 - 16:40 Português
Ministério da Poesia/Geral Ridículo q.b. 16 322 12/03/2018 - 16:40 Português
Ministério da Poesia/Geral Sofro por não ter falta , 14 222 12/03/2018 - 16:39 Português
Ministério da Poesia/Geral Calmo 30 190 12/03/2018 - 12:04 Português
Poesia/Geral (Vive la France) 39 364 12/03/2018 - 12:00 Português
Ministério da Poesia/Geral O Cavaleiro da Dinamarca. 23 211 12/03/2018 - 11:39 Português
Ministério da Poesia/Geral Frágil 30 302 12/03/2018 - 11:37 Português
Ministério da Poesia/Geral Qual viagem… 29 197 12/03/2018 - 11:26 Português
Ministério da Poesia/Geral Posso soltar as asas… 24 205 12/03/2018 - 11:17 Português
Ministério da Poesia/Geral Por amor ao meu país… 44 265 12/03/2018 - 10:55 Português