CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

MIGALHAS DE SAUDADE

Gingar nocturno
que me emborca as mãos
de soantes suores frios e solidões,

onde o tempo é uma torneira de mortes
que me ensaboam de ansiedade.

Migalhas de saudade
que me aportam os pensamentos
em cantantes escuridões onde cada estrela

é uma fogueira recheada de obsoletas esperanças.

Andanças calçadas
de descalças promessas,
passadas estiradas por distâncias de nada

onde o olhar é uma escada
de platónicas culpas

que me vedam os sentimentos
entre cinzas de amor.

Recordações que de fatia em fatia
são a pelagem da dor dos meus gritos interiores,

onde as explosões do silêncio são a roupa
das minhas secas lágrimas.

Beijos sepultados em cadavéricas palavras.

Sorrisos como poeira que se empoleira
pelas paredes de um castelo de esquecimento

onde cada pedra
é um poema de pálidas ruínas
empestadas de tempestades na alma.
.
.
Henrique Fernandes

Submited by

quinta-feira, janeiro 22, 2015 - 22:32

Poesia :

No votes yet

Henrique

imagem de Henrique
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 2 anos 35 semanas
Membro desde: 03/07/2008
Conteúdos:
Pontos: 34827

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Henrique

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Pensamentos ONDE O INFINITO SEJA O PRINCÍPIO 3 1.156 11/15/2016 - 02:50 Português
Poesia/Tristeza TEUS OLHOS SÃO NADA 0 742 02/18/2015 - 21:43 Português
Poesia/Pensamentos APALPOS INTERMITENTES 0 969 02/10/2015 - 22:50 Português
Poesia/Aforismo AQUILO QUE O JUÍZO É 0 1.060 02/03/2015 - 20:08 Português
Poesia/Pensamentos ISENTO DE AMAR 0 806 02/02/2015 - 21:08 Português
Poesia/Amor LUME MAIS DO QUE ACESO 0 758 02/01/2015 - 22:51 Português
Poesia/Pensamentos PELO TEMPO 0 794 01/31/2015 - 21:34 Português
Poesia/Pensamentos DA POESIA 0 1.081 01/30/2015 - 23:06 Português
Poesia/Pensamentos DO AMOR 0 986 01/30/2015 - 21:48 Português
Poesia/Pensamentos DO SENTIMENTO 0 963 01/29/2015 - 22:55 Português
Poesia/Pensamentos DO PENSAMENTO 0 646 01/29/2015 - 19:53 Português
Poesia/Pensamentos DO SONHO 0 708 01/29/2015 - 01:04 Português
Poesia/Pensamentos DO SILÊNCIO 0 816 01/29/2015 - 00:36 Português
Poesia/Pensamentos DA CALMA 0 774 01/28/2015 - 21:27 Português
Poesia/Pensamentos REPASTO DE ESQUECIMENTO 0 899 01/27/2015 - 22:48 Português
Poesia/Pensamentos MORRER QUE POR DENTRO DA PELE VIVE 0 803 01/27/2015 - 16:59 Português
Poesia/Aforismo NENHUMA MULTIDÃO O SERÁ 0 701 01/26/2015 - 20:44 Português
Poesia/Pensamentos SILENCIOSA SOMBRA DE SOLIDÃO 0 979 01/25/2015 - 22:36 Português
Poesia/Pensamentos MIGALHAS DE SAUDADE 0 610 01/22/2015 - 22:32 Português
Poesia/Pensamentos ONDE O AMOR SEMEIA E COLHE A SOLIDÃO 0 739 01/21/2015 - 18:00 Português
Poesia/Pensamentos PALAVRAS À LUPA 0 1.329 01/20/2015 - 19:38 Português
Poesia/Pensamentos MADRESSILVA 0 722 01/19/2015 - 21:07 Português
Poesia/Pensamentos NA SOLIDÃO 0 831 01/17/2015 - 23:32 Português
Poesia/Pensamentos LÁPIS DE SER 0 864 01/16/2015 - 20:47 Português
Poesia/Aforismo BEM VISTO 0 888 01/15/2015 - 15:36 Português