CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

SONHO MAU

Sonho mau

 

Na hora de ninguém,

Não sei quem lá vem,

Se é a sombra se é o vento,

Que vem no rasto morto,

Na direcção do meu corpo,

Caminha num passo lento.

 

A minha mente não me atraiçoa,

Não sei se é coisa boa,

Parece figura sem rosto,

Que se arrasta pelo chão,

Trazendo na sua mão,

A sombra do Sol – posto.

 

Sinto uma inquietude sem nome,

Uma ansiedade que me consome,

Um arrepio na minha pele,

Não sei se é figura de gente,

Que vejo na minha frente,

Não sei se é ela se é ele.

 

Dou um sopro na ventania,

Desapareceu a sombra que via,

Mas de repente ela aparece,

Traz fogo na sua boca,

Que me põe a mente louca,

Nesta hora que me enlouquece.

 

Sinto a minha alma a arder,

Parece que vou morrer,

Queimado pela sombra ardente,

Que me arrasta para o além,

Nesta hora de ninguém,

Feita em forma de gente.

 

Dou um alto grito de dor,

Neste escuro e eterno corredor,

Que não sei para onde me leva,

Assustado em pé me ponho,

Acordo deste pesado sonho,

E vejo – me livre da treva.

 

 

 

Tavira, 16 de Abril de 2009 - Estêvão

Submited by

quarta-feira, dezembro 12, 2012 - 12:12

Poesia :

No votes yet

José Custódio Estêvão

imagem de José Custódio Estêvão
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 17 semanas 3 dias
Membro desde: 03/14/2012
Conteúdos:
Pontos: 7749

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of José Custódio Estêvão

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Erótico LINDAS PERNAS 0 1.180 04/20/2016 - 09:40 Português
Prosas/Pensamentos REFLEXÃO 0 188 04/13/2016 - 11:42 Português
Poesia/Meditação O VENTO BATE À JANELA 0 947 04/13/2016 - 11:27 Português
Prosas/Pensamentos A VIDA 0 187 04/06/2016 - 10:12 Português
Poesia/Dedicado AR É VIDA 0 309 04/06/2016 - 09:56 Português
Poesia/Meditação NADA ME PERTENCE 2 633 03/31/2016 - 10:22 Português
Prosas/Pensamentos AURÉOLA 0 466 03/30/2016 - 10:59 Português
Prosas/Pensamentos UM TROVÃO 0 293 03/23/2016 - 11:09 Português
Poesia/Meditação SE NÃO SE PLANTAR 0 320 03/23/2016 - 10:55 Português
Poesia/Dedicado O GOSTO DE APRENDER E ENSINAR 2 1.051 03/18/2016 - 11:32 Português
Prosas/Pensamentos A TERRA 0 263 03/16/2016 - 11:51 Português
Prosas/Outros ATÉ O MAR 0 306 03/09/2016 - 12:33 Português
Poesia/Intervenção A DESGRAÇA DE UMA NAÇÃO 0 562 03/09/2016 - 12:28 Português
Poesia/Dedicado A MÚSICA 2 452 03/06/2016 - 13:06 Português
Poesia/Meditação ERRAR É HUMANO 2 336 03/06/2016 - 13:03 Português
Prosas/Pensamentos HUMANOS 0 277 03/02/2016 - 11:27 Português
Poesia/Dedicado QUEM RIU DE MIM 0 479 02/24/2016 - 11:23 Português
Poesia/Meditação NUVENS PRETAS 0 272 02/17/2016 - 11:23 Português
Poesia/Amizade DORA 0 411 02/10/2016 - 15:51 Português
Poesia/Meditação POR FORA E POR DENTRO 0 435 01/27/2016 - 12:48 Português
Poesia/Intervenção QUEM TEM UNHAS 0 324 01/20/2016 - 11:09 Português
Poesia/Amor É UM SOFRER SEM QUERER 0 404 01/13/2016 - 11:13 Português
Poesia/Meditação VENCEDORES E VENCIDOS 0 494 01/06/2016 - 15:59 Português
Poesia/Meditação A CAÇA E O CAÇADOR 0 1.319 12/30/2015 - 10:58 Português
Poesia/Meditação SORTE 0 810 12/23/2015 - 15:55 Português