AS FLORES FIÉIS

Quando a gente vai embora
Desta pra outra ou pro nada
Vida certa ou vida errada
Que tanto faz nessa hora
Sempre existe alguém que chora
Mesmo até pelo pior
E no velório ao redor
Os pensamentos são tantos
Entre conversas e prantos
Preces criadas, de cór

Depois o definitivo
O nunca mais ou quem sabe
A esperança sempre cabe
Para a dor é o lenitivo
É o principal motivo
Fortificante da gente
Para que se vá em frente
Pois o tempo não dá bola
Nem tampouco dá esmola
E a quem pede é indiferente

Hora de voltar ao lar
Nada mais há pra ser feito
Dorme em seu último leito
Quem não mais vai acordar
Porém a lhe acompanhar
Tal os guardas nos quartéis
Sem oficiais, coronéis
Permanecem não pessoas
Mas as flores em coroas
Que ali vão morrer fiéis.

Sérgio da Silva Teixeira
BAGÉ/RS/BRASIL.

Submited by

Friday, April 12, 2019 - 19:07

Poesia :

No votes yet

Sérgio Teixeira

Sérgio Teixeira's picture
Offline
Title: Membro
Last seen: 1 day 18 hours ago
Joined: 01/24/2011
Posts:
Points: 511

Add comment

Login to post comments

other contents of Sérgio Teixeira

Topic Title Replies Views Last Postsort icon Language
Poesia/General QUEBRA CABEÇA 0 14 06/20/2021 - 19:23 Portuguese
Poesia/General ALMA 0 91 05/17/2021 - 22:21 English
Poesia/General O PÃO E A LETRA 2 328 04/21/2021 - 23:20 Portuguese
Poesia/General PERIGO REAL E IMEDIATO 2 276 04/08/2021 - 15:09 Portuguese
Poesia/General A DERROTA DA MORTE 2 308 04/07/2021 - 15:46 Portuguese
Poesia/Fantasy ETERNA INFÂNCIA 0 181 03/08/2021 - 01:19 English
Poesia/General PLANOS PARA O FUTURO 1 504 02/28/2021 - 11:18 Portuguese
Poesia/Sonnet SONETO DO MORTO VIVO 2 698 01/27/2021 - 17:26 Portuguese
Poesia/General DÉCIMAS DO ATORMENTADO 2 279 01/27/2021 - 16:16 Portuguese
Poesia/Sonnet SONETO ANTAGÔNICO 3 455 01/27/2021 - 16:13 Portuguese
Poesia/General DESEJO DE MORTE 4 215 01/24/2021 - 23:24 Portuguese
Poesia/General DÉCIMAS DA PANDEMIA 1 391 12/04/2020 - 13:03 Portuguese
Poesia/Sonnet SONETO DA ESCURIDÃO 2 388 10/30/2020 - 12:15 Portuguese
Poesia/General POEMA DO HOMEM INVISÍVEL 0 343 10/10/2020 - 20:45 Portuguese
Poesia/Sonnet SONETO À ESPERANÇA 1 303 09/21/2020 - 13:05 Portuguese
Poesia/General DESPEDIDA 0 442 07/04/2020 - 21:40 Portuguese
Poesia/General POR UNS E OUTROS MOTIVOS (RACISMO) 3 689 06/16/2020 - 21:07 Portuguese
Poesia/General SOMOS TODOS IGUAIS (?) 2 733 05/25/2020 - 21:23 Portuguese
Poesia/General O CANTAR DO MEU SILÊNCIO 2 580 05/06/2020 - 16:26 Portuguese
Poesia/Sonnet SONETO ÀS FLORES DA SEXTA-FEIRA SANTA 0 564 04/10/2020 - 16:10 Portuguese
Poesia/General DÉCIMAS DO MAL QUE FEZ A PAZ MUNDIAL 2 686 03/27/2020 - 01:51 Portuguese
Poesia/General ANALISTA DE MIM MESMO 0 525 03/17/2020 - 14:38 Portuguese
Poesia/Sonnet SONETO DA EXPERIÊNCIA 0 627 02/17/2020 - 17:52 Portuguese
Poesia/Sonnet SONETO DO ACASO 0 629 02/07/2020 - 11:45 Portuguese
Poesia/General INÚTIL SABER (DÉCIMAS) 0 688 01/22/2020 - 22:41 Portuguese