CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Bolo russo gelado

Ingredientes:

Pão de ló:

10 ovos separados;
10 colheres (sopa) de açúcar refinado;
10 colheres (sopa) de farinha de trigo;
01 colher (chá) de fermento em pó.

Recheio:

01 litro de leite;
02 xícaras de chocolate em pó;
02 xícaras de açúcar;
01 xícara de café coado bem forte;
03 colheres (sopa) de amido de milho;
01 lata de creme de leite gelado e sem soro.


Preparo:

Faça o pão de ló batendo as gemas com o açúcar até adquirir uma mistura esbranquiçada, adicione a farinha de trigo com o fermento e as claras em neve misturando delicadamente.
Leve para assar em dois tabuleiros grandes, untados e polvilhados com farinha de trigo.
Se a tigela de sua batedeira for pequena faça a massa de duas vezes.
Desenforme ainda morno.

Enquanto isso faça o creme: junte todos os ingredientes e leve ao fogo até engrossar com exceção do creme de leite.
Depois que retirar o creme do fogo adicione o creme de leite sem soro, misture muito bem até não tenha mais pelotinhas do creme de leite.
Lembre-se que este creme fica mais ralo que um creme normal.

Montagem:

Pegue uma vasilha de plástico que tenha aproximadamente 15 cm de altura por 20cm de largura, forre com papel alumínio o fundo e as laterais.
Corte as beiradas do bolo para que tenha um acabamento mais requintado, corte os bolos em pedaços do tamanho da vasilha em camadas finas, coloque um pouco de recheio no fundo da
vasilha e comece a montagem, uma camada de bolo, outra de creme, coloque também pedaços nas laterais para que se consiga um bolo todo coberto.
Termine com uma camada de bolo.
Aperte com uma colher para o recheio penetre
bastante e que as camadas fiquem bem agrupadas.
Reserve cerca de duas xícaras desse creme para que você possa depois de desenformá-lo cobri-lo e decorar com raspas de chocolate ou chantily.
O ideal é que ele fique na geladeira por no mínimo 12 horas.

Bom proveito, esse bolo é uma sobremesa finíssima e barata.

Esta receita foi extraída de um dos livros da União publicado em 1985.


Sem dúvida nenhuma é uma sobremesa deliciosa e muito leve, serve para qualquer ocasião.

Submited by

quarta-feira, janeiro 5, 2011 - 23:28

Culinária :

No votes yet

Henrique

imagem de Henrique
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 anos 14 semanas
Membro desde: 03/07/2008
Conteúdos:
Pontos: 34817

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Henrique

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Pensamentos DA POESIA 1 5.737 05/26/2020 - 23:50 Português
Videos/Outros Já viram o Pedro abrunhosa sem óculos? Pois ora aqui o têm. 1 37.582 06/11/2019 - 09:39 Português
Poesia/Tristeza TEUS OLHOS SÃO NADA 1 1.784 03/06/2018 - 21:51 Português
Poesia/Pensamentos ONDE O INFINITO SEJA O PRINCÍPIO 4 2.462 02/28/2018 - 17:42 Português
Poesia/Pensamentos APALPOS INTERMITENTES 0 2.292 02/10/2015 - 22:50 Português
Poesia/Aforismo AQUILO QUE O JUÍZO É 0 2.145 02/03/2015 - 20:08 Português
Poesia/Pensamentos ISENTO DE AMAR 0 4.123 02/02/2015 - 21:08 Português
Poesia/Amor LUME MAIS DO QUE ACESO 0 2.943 02/01/2015 - 22:51 Português
Poesia/Pensamentos PELO TEMPO 0 1.803 01/31/2015 - 21:34 Português
Poesia/Pensamentos DO AMOR 0 1.957 01/30/2015 - 21:48 Português
Poesia/Pensamentos DO SENTIMENTO 0 2.518 01/29/2015 - 22:55 Português
Poesia/Pensamentos DO PENSAMENTO 0 2.501 01/29/2015 - 19:53 Português
Poesia/Pensamentos DO SONHO 0 1.787 01/29/2015 - 01:04 Português
Poesia/Pensamentos DO SILÊNCIO 0 3.149 01/29/2015 - 00:36 Português
Poesia/Pensamentos DA CALMA 0 2.439 01/28/2015 - 21:27 Português
Poesia/Pensamentos REPASTO DE ESQUECIMENTO 0 1.983 01/27/2015 - 22:48 Português
Poesia/Pensamentos MORRER QUE POR DENTRO DA PELE VIVE 0 1.993 01/27/2015 - 16:59 Português
Poesia/Aforismo NENHUMA MULTIDÃO O SERÁ 0 2.004 01/26/2015 - 20:44 Português
Poesia/Pensamentos SILENCIOSA SOMBRA DE SOLIDÃO 0 3.142 01/25/2015 - 22:36 Português
Poesia/Pensamentos MIGALHAS DE SAUDADE 0 1.651 01/22/2015 - 22:32 Português
Poesia/Pensamentos ONDE O AMOR SEMEIA E COLHE A SOLIDÃO 0 1.621 01/21/2015 - 18:00 Português
Poesia/Pensamentos PALAVRAS À LUPA 0 2.549 01/20/2015 - 19:38 Português
Poesia/Pensamentos MADRESSILVA 0 1.564 01/19/2015 - 21:07 Português
Poesia/Pensamentos NA SOLIDÃO 0 1.845 01/17/2015 - 23:32 Português
Poesia/Pensamentos LÁPIS DE SER 0 1.836 01/16/2015 - 20:47 Português