CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Implacável

No silêncio da noite mais escura
Quando nada poderia ser dito
Uma saudade tão profunda toma conta
Do coração agora se sentindo maldito.

Tudo se foi com o tempo
Toma conta apenas uma angústia inexplicável
Um desassossego na alma
Que torna a dor assim tão implacável.

Ninguém pode ouvir os gritos de socorro
Os pedidos por uma salvação
Tudo é tão obscuro quanto a noite sombria
Com garras demoníacas rasgando o coração.

Selado o destino de sofrimento
Rompe o silêncio da terrível dor
Apenas o desejo de livramento
De quem ainda acreditou no amor.

Se nada pode ser resolvido então
Por que viver abatido assim?
Erga a cabeça quando o sol aparecer
E voe os espaços sem fim.

Além do horizonte há uma luz
Uma nova esperança para o viver
Que esta seja a sua jornada
Olhar o que vem pela frente e esquecer.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

quinta-feira, março 17, 2022 - 18:38

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 4 horas 46 minutos
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 8344

Comentários

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor Onde está meu coração 3 27 08/08/2022 - 13:22 Português
Poesia/Meditação A Solidão e o Cativeiro 3 54 08/05/2022 - 19:59 Português
Poesia/Intervenção Realidade inquietante 3 55 08/04/2022 - 20:55 Português
Poesia/Desilusão Que essa ilusão morra enquanto ainda é esperança 3 79 08/03/2022 - 20:40 Português
Poesia/Amor Deixei a tarde para você 3 45 08/02/2022 - 19:04 Português
Poesia/Meditação Calmaria para o coração 3 118 08/01/2022 - 12:56 Português
Poesia/Desilusão A morte é só pedra do esquecimento 3 137 07/30/2022 - 12:48 Português
Poesia/Amor Te amei sem que eu o soubesse 3 172 07/29/2022 - 13:56 Português
Poesia/Desilusão Tento voar 3 58 07/28/2022 - 15:15 Português
Poesia/Intervenção Escravos Institucionalizados 3 101 07/27/2022 - 13:34 Português
Poesia/Amor E se eu não conseguir ler 3 128 07/25/2022 - 19:17 Português
Fotos/Artes Dia Nacional do Escritor 0 41 07/25/2022 - 12:48 Português
Poesia/Amor Quando aprendi a te amar 3 112 07/23/2022 - 13:58 Português
Poesia/Intervenção Em uma rua qualquer de algum lugar 3 92 07/22/2022 - 13:19 Português
Poesia/Intervenção Para onde caminha a humanidade? 3 265 07/21/2022 - 12:49 Português
Poesia/Meditação O melhor presente 3 84 07/20/2022 - 14:31 Português
Poesia/Intervenção A miséria que vira rotina 3 141 07/19/2022 - 22:09 Português
Poesia/Intervenção A metamorfose do futuro 3 309 07/19/2022 - 13:57 Português
Poesia/Amor No peito um coração que sorria 3 104 07/18/2022 - 22:33 Português
Poesia/Pensamentos Não tenho tempo a esperar 3 140 07/18/2022 - 12:46 Português
Videos/Poesia Tirado do fundo do poço - Vídeo 0 31 07/17/2022 - 15:41 Português
Videos/Poesia Onde estão todas as crianças perdidas? 0 45 07/16/2022 - 15:40 Português
Poesia/Intervenção Onde estão todas as crianças perdidas? 3 143 07/15/2022 - 18:56 Português
Poesia/Meditação Tirado do fundo do poço 3 104 07/15/2022 - 13:39 Português
Poesia/Alegria A sublime alma do poeta 3 148 07/14/2022 - 13:44 Português