CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

MENTIRA

Fantasmas
sem ciúme da insónia
vagueiam lume no breu da noite.

Voam monstros
na foz do ouvir contrafeito,
rarefeito carrossel de ar inverso
num formigueiro de silêncio em verso.

Açoite véu
de almas sem paz,
filhos de um Deus sem pai
que jaz enterrado em terra de lágrimas
onde bebem sentimentos abutres, labregos.

Destruído paraíso
entre ladainhas de oito a oitenta,
anjos parasitas paralisam o tempo.

Mortos
sem prova dos nove
choram moradas afiadas a medo,
purgatórios de foices embalsamadas
no sonho réu do crime dos olhos mudos.

Cartuchos celestiais,
tribunais carnais, animais gente.

Invisíveis poemas
roncam em poças de martírio,
paredes camião atropelam os pés dos anos.

Fés são murmúrios,
selados numa dor sem fim
nem rumo como fumo de heroína.

Nasce felina
a verdade que não serve de nada,
pobre sino rebate mensageiro solitário,
bajulador de igrejas eclipse em vida impossível.

Lascivos gritos
velam a cumplicidade do mal
em bosques de promiscuidade nula.

Rostos encerrados
em florestas de sangue,
festas de inferno no inverno
da mente fóssil e da ira proibida.

Mentira…

Submited by

domingo, abril 18, 2010 - 01:07

Poesia :

No votes yet

Henrique

imagem de Henrique
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 anos 5 semanas
Membro desde: 03/07/2008
Conteúdos:
Pontos: 34817

Comentários

imagem de mariamateus

Re: MENTIRA

Henrique :-)

Tens uma aptidão inata na forma como te expressas

mais um excelente poema................

Muito bom mesmo!!!

Continuas o meu poeta numero um :hammer: :hammer:

Beijinho.............

mm

imagem de Nanda

Re: MENTIRA…

Henrique,
A mentira...o que alimenta as mentes sórdidas e ambiciosas, o jogo da vida em que a verdade não serve mesmo para nada.
Beijo
Nanda

imagem de SuzeteBrainer

Re: MENTIRA…

oi Henrique!
Um poema de impacto com a dor...
Contéudo profundo, questionador e como sempre com belas construções poéticas: "Fantasmas sem ciúme da insónia/vagueiam lume no breu da noite."
Muitoo bom!!!
Um grande abraço
:-) Suzete Brainer.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Henrique

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Videos/Outros Já viram o Pedro abrunhosa sem óculos? Pois ora aqui o têm. 1 36.995 06/11/2019 - 09:39 Português
Poesia/Tristeza TEUS OLHOS SÃO NADA 1 1.607 03/06/2018 - 21:51 Português
Poesia/Pensamentos ONDE O INFINITO SEJA O PRINCÍPIO 4 2.218 02/28/2018 - 17:42 Português
Poesia/Pensamentos APALPOS INTERMITENTES 0 2.139 02/10/2015 - 22:50 Português
Poesia/Aforismo AQUILO QUE O JUÍZO É 0 1.985 02/03/2015 - 20:08 Português
Poesia/Pensamentos ISENTO DE AMAR 0 4.008 02/02/2015 - 21:08 Português
Poesia/Amor LUME MAIS DO QUE ACESO 0 2.684 02/01/2015 - 22:51 Português
Poesia/Pensamentos PELO TEMPO 0 1.682 01/31/2015 - 21:34 Português
Poesia/Pensamentos DA POESIA 0 5.422 01/30/2015 - 23:06 Português
Poesia/Pensamentos DO AMOR 0 1.828 01/30/2015 - 21:48 Português
Poesia/Pensamentos DO SENTIMENTO 0 2.249 01/29/2015 - 22:55 Português
Poesia/Pensamentos DO PENSAMENTO 0 2.362 01/29/2015 - 19:53 Português
Poesia/Pensamentos DO SONHO 0 1.628 01/29/2015 - 01:04 Português
Poesia/Pensamentos DO SILÊNCIO 0 2.820 01/29/2015 - 00:36 Português
Poesia/Pensamentos DA CALMA 0 2.160 01/28/2015 - 21:27 Português
Poesia/Pensamentos REPASTO DE ESQUECIMENTO 0 1.870 01/27/2015 - 22:48 Português
Poesia/Pensamentos MORRER QUE POR DENTRO DA PELE VIVE 0 1.743 01/27/2015 - 16:59 Português
Poesia/Aforismo NENHUMA MULTIDÃO O SERÁ 0 1.749 01/26/2015 - 20:44 Português
Poesia/Pensamentos SILENCIOSA SOMBRA DE SOLIDÃO 0 2.917 01/25/2015 - 22:36 Português
Poesia/Pensamentos MIGALHAS DE SAUDADE 0 1.558 01/22/2015 - 22:32 Português
Poesia/Pensamentos ONDE O AMOR SEMEIA E COLHE A SOLIDÃO 0 1.463 01/21/2015 - 18:00 Português
Poesia/Pensamentos PALAVRAS À LUPA 0 2.388 01/20/2015 - 19:38 Português
Poesia/Pensamentos MADRESSILVA 0 1.425 01/19/2015 - 21:07 Português
Poesia/Pensamentos NA SOLIDÃO 0 1.753 01/17/2015 - 23:32 Português
Poesia/Pensamentos LÁPIS DE SER 0 1.659 01/16/2015 - 20:47 Português