CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

AS PEDRAS QUE EM MIM ESPALHASTE …

Nada mais tenho para dar-te
senão devolver-te o vazio da noite
que no meu olhar-te teu olhar pintou.

Apagar-te das fogueiras do meu corpo
e das tochas do meu tempo.

Riscar-te dos precipícios que teus gritos
escavaram nos mapas do meu destino.

Nada mais tenho para dizer-te
senão falar-te a morte e o silêncio
com que teus lábios me abafam o sentir.

Abrigar-me das chuvas ácidas
com que tuas lágrimas me param o coração.

Afastar-me das teias do frio
com que tuas mãos que me atam à solidão.

Nada mais tenho com que beijar-te
senão arremessar-te as pedras
que em mim espalhaste.

Esconder-me das luas
que te entulham os ânimos
com desnudas incertezas insanas.

Esquecer-te no deserto em que me deixaste
nas entrelinhas amarguradas das tuas palavras,

agora verbos de ódio nas sombras
dos meus nenhures de amor ensanguentado de dor,
algures soterrado sobre os barulhos das tuas traições.

O que de ti brilhava no meu olhar,
eram cintilantes estrelas na minha alma,
agora são buracos negros no meu pensar em ti.

Azedaram os doces
que através dos nossos beijos
nos faziam pairar sobre os céus de sonhos a dois.

Agora são cardos de adeus cravados
nas carnes pérfidas dos poemas
com que te despi.

.
.
.
.

Submited by

domingo, março 3, 2013 - 21:23

Poesia :

Your rating: None (4 votes)

Henrique

imagem de Henrique
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 anos 7 semanas
Membro desde: 03/07/2008
Conteúdos:
Pontos: 34817

Comentários

imagem de mariamateus

...........

Idem aspas""
Sem comentários!
Gostei de ler ....

Deixo-te um beijito*

imagem de joanadarc

Com este me fizeste

Com este me fizeste chorar...

beijo

Joana

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Henrique

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Videos/Outros Já viram o Pedro abrunhosa sem óculos? Pois ora aqui o têm. 1 37.058 06/11/2019 - 09:39 Português
Poesia/Tristeza TEUS OLHOS SÃO NADA 1 1.634 03/06/2018 - 21:51 Português
Poesia/Pensamentos ONDE O INFINITO SEJA O PRINCÍPIO 4 2.248 02/28/2018 - 17:42 Português
Poesia/Pensamentos APALPOS INTERMITENTES 0 2.154 02/10/2015 - 22:50 Português
Poesia/Aforismo AQUILO QUE O JUÍZO É 0 2.007 02/03/2015 - 20:08 Português
Poesia/Pensamentos ISENTO DE AMAR 0 4.020 02/02/2015 - 21:08 Português
Poesia/Amor LUME MAIS DO QUE ACESO 0 2.712 02/01/2015 - 22:51 Português
Poesia/Pensamentos PELO TEMPO 0 1.701 01/31/2015 - 21:34 Português
Poesia/Pensamentos DA POESIA 0 5.467 01/30/2015 - 23:06 Português
Poesia/Pensamentos DO AMOR 0 1.847 01/30/2015 - 21:48 Português
Poesia/Pensamentos DO SENTIMENTO 0 2.297 01/29/2015 - 22:55 Português
Poesia/Pensamentos DO PENSAMENTO 0 2.378 01/29/2015 - 19:53 Português
Poesia/Pensamentos DO SONHO 0 1.648 01/29/2015 - 01:04 Português
Poesia/Pensamentos DO SILÊNCIO 0 2.864 01/29/2015 - 00:36 Português
Poesia/Pensamentos DA CALMA 0 2.205 01/28/2015 - 21:27 Português
Poesia/Pensamentos REPASTO DE ESQUECIMENTO 0 1.880 01/27/2015 - 22:48 Português
Poesia/Pensamentos MORRER QUE POR DENTRO DA PELE VIVE 0 1.775 01/27/2015 - 16:59 Português
Poesia/Aforismo NENHUMA MULTIDÃO O SERÁ 0 1.781 01/26/2015 - 20:44 Português
Poesia/Pensamentos SILENCIOSA SOMBRA DE SOLIDÃO 0 2.944 01/25/2015 - 22:36 Português
Poesia/Pensamentos MIGALHAS DE SAUDADE 0 1.566 01/22/2015 - 22:32 Português
Poesia/Pensamentos ONDE O AMOR SEMEIA E COLHE A SOLIDÃO 0 1.479 01/21/2015 - 18:00 Português
Poesia/Pensamentos PALAVRAS À LUPA 0 2.399 01/20/2015 - 19:38 Português
Poesia/Pensamentos MADRESSILVA 0 1.437 01/19/2015 - 21:07 Português
Poesia/Pensamentos NA SOLIDÃO 0 1.770 01/17/2015 - 23:32 Português
Poesia/Pensamentos LÁPIS DE SER 0 1.681 01/16/2015 - 20:47 Português