CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

RIO DE RIR …

Cortes e recortes,

invólucros fortes… vazios.

Intranquilo tranco,

trança que o branco tranca intermitente.

Luz que se arrasta fria,

que se alastra quase sombra.

Vadias claridades por entre as pedras do pensar.

Rio de repetições… rio de rir.

ecos desmaiados por becos de acaso,

pés afunilados ao horizonte dos olhares,

tocados por sentires que olham para lá de algures.

Espinhas soltas de um grito,

faúlhas delirantes,

resina fosca.

Avessas empinadas,

mar de ondas revoltadas onde o nada nada,

onde o tempo entope as vaidades da pessoa.

Dizer cuspido por palavras em silêncio.

Sobe e desce de contagens à toa.

Barreiras derrubadas,

bocas tombadas no tombo de outras bocas.

Renascenças,

mortes e esperanças,

balanças desequilibradas… emoções doidas.
.
.
.
.

Submited by

sexta-feira, dezembro 28, 2012 - 21:07

Poesia :

Your rating: None (6 votes)

Henrique

imagem de Henrique
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 anos 19 semanas
Membro desde: 03/07/2008
Conteúdos:
Pontos: 34817

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Henrique

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Pensamentos DA POESIA 1 5.823 05/26/2020 - 23:50 Português
Videos/Outros Já viram o Pedro abrunhosa sem óculos? Pois ora aqui o têm. 1 37.683 06/11/2019 - 09:39 Português
Poesia/Tristeza TEUS OLHOS SÃO NADA 1 1.823 03/06/2018 - 21:51 Português
Poesia/Pensamentos ONDE O INFINITO SEJA O PRINCÍPIO 4 2.580 02/28/2018 - 17:42 Português
Poesia/Pensamentos APALPOS INTERMITENTES 0 2.358 02/10/2015 - 22:50 Português
Poesia/Aforismo AQUILO QUE O JUÍZO É 0 2.197 02/03/2015 - 20:08 Português
Poesia/Pensamentos ISENTO DE AMAR 0 4.202 02/02/2015 - 21:08 Português
Poesia/Amor LUME MAIS DO QUE ACESO 0 2.991 02/01/2015 - 22:51 Português
Poesia/Pensamentos PELO TEMPO 0 1.841 01/31/2015 - 21:34 Português
Poesia/Pensamentos DO AMOR 0 2.017 01/30/2015 - 21:48 Português
Poesia/Pensamentos DO SENTIMENTO 0 2.558 01/29/2015 - 22:55 Português
Poesia/Pensamentos DO PENSAMENTO 0 2.535 01/29/2015 - 19:53 Português
Poesia/Pensamentos DO SONHO 0 1.818 01/29/2015 - 01:04 Português
Poesia/Pensamentos DO SILÊNCIO 0 3.204 01/29/2015 - 00:36 Português
Poesia/Pensamentos DA CALMA 0 2.493 01/28/2015 - 21:27 Português
Poesia/Pensamentos REPASTO DE ESQUECIMENTO 0 2.052 01/27/2015 - 22:48 Português
Poesia/Pensamentos MORRER QUE POR DENTRO DA PELE VIVE 0 2.049 01/27/2015 - 16:59 Português
Poesia/Aforismo NENHUMA MULTIDÃO O SERÁ 0 2.041 01/26/2015 - 20:44 Português
Poesia/Pensamentos SILENCIOSA SOMBRA DE SOLIDÃO 0 3.183 01/25/2015 - 22:36 Português
Poesia/Pensamentos MIGALHAS DE SAUDADE 0 1.704 01/22/2015 - 22:32 Português
Poesia/Pensamentos ONDE O AMOR SEMEIA E COLHE A SOLIDÃO 0 1.643 01/21/2015 - 18:00 Português
Poesia/Pensamentos PALAVRAS À LUPA 0 2.628 01/20/2015 - 19:38 Português
Poesia/Pensamentos MADRESSILVA 0 1.628 01/19/2015 - 21:07 Português
Poesia/Pensamentos NA SOLIDÃO 0 1.881 01/17/2015 - 23:32 Português
Poesia/Pensamentos LÁPIS DE SER 0 1.892 01/16/2015 - 20:47 Português