CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

SONO PROFUNDO (sem fundo) …

A morte,

soneto de multidões,

dueto de solidão e escuro,

quietudes onde as lágrimas
são silêncio e lodos,

intervalos que engolem tudo e todos,

ecos rastejantes,

relógios entorpecentes,

céus onde as musas são pássaros
engaiolados num poema,

marés onde os ventos pisam
os pés do imaginário,

fantasmas andantes,
almas galantes,
cicatrizes,

beijo em branco,
pranto onde os gritos
são pedras brilhantes na pele da noite,

palcos onde a saudade enforca as mãos no vazio,

adeus açoite por impulsos gestos de dor e frio,

palavras de chuva e pó
como dedos desorientados,

vozes que agitam dizeres
calados no tempo,

aconteceres ocultos
num infecundo momento eterno,

olhos do tamanho do mundo,

corpos num sono profundo

sem fundo...
.
.
.
.

Submited by

quarta-feira, dezembro 5, 2012 - 19:42

Poesia :

Your rating: None (2 votes)

Henrique

imagem de Henrique
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 anos 2 semanas
Membro desde: 03/07/2008
Conteúdos:
Pontos: 34815

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Henrique

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Pensamentos DA POESIA 1 6.213 05/26/2020 - 22:50 Português
Videos/Outros Já viram o Pedro abrunhosa sem óculos? Pois ora aqui o têm. 1 38.597 06/11/2019 - 08:39 Português
Poesia/Tristeza TEUS OLHOS SÃO NADA 1 2.176 03/06/2018 - 20:51 Português
Poesia/Pensamentos ONDE O INFINITO SEJA O PRINCÍPIO 4 2.865 02/28/2018 - 16:42 Português
Poesia/Pensamentos APALPOS INTERMITENTES 0 2.749 02/10/2015 - 21:50 Português
Poesia/Aforismo AQUILO QUE O JUÍZO É 0 2.561 02/03/2015 - 19:08 Português
Poesia/Pensamentos ISENTO DE AMAR 0 4.714 02/02/2015 - 20:08 Português
Poesia/Amor LUME MAIS DO QUE ACESO 0 3.380 02/01/2015 - 21:51 Português
Poesia/Pensamentos PELO TEMPO 0 2.143 01/31/2015 - 20:34 Português
Poesia/Pensamentos DO AMOR 0 2.455 01/30/2015 - 20:48 Português
Poesia/Pensamentos DO SENTIMENTO 0 2.881 01/29/2015 - 21:55 Português
Poesia/Pensamentos DO PENSAMENTO 0 2.812 01/29/2015 - 18:53 Português
Poesia/Pensamentos DO SONHO 0 2.213 01/29/2015 - 00:04 Português
Poesia/Pensamentos DO SILÊNCIO 0 3.535 01/28/2015 - 23:36 Português
Poesia/Pensamentos DA CALMA 0 2.896 01/28/2015 - 20:27 Português
Poesia/Pensamentos REPASTO DE ESQUECIMENTO 0 2.417 01/27/2015 - 21:48 Português
Poesia/Pensamentos MORRER QUE POR DENTRO DA PELE VIVE 0 2.381 01/27/2015 - 15:59 Português
Poesia/Aforismo NENHUMA MULTIDÃO O SERÁ 0 2.307 01/26/2015 - 19:44 Português
Poesia/Pensamentos SILENCIOSA SOMBRA DE SOLIDÃO 0 3.463 01/25/2015 - 21:36 Português
Poesia/Pensamentos MIGALHAS DE SAUDADE 0 2.047 01/22/2015 - 21:32 Português
Poesia/Pensamentos ONDE O AMOR SEMEIA E COLHE A SOLIDÃO 0 1.851 01/21/2015 - 17:00 Português
Poesia/Pensamentos PALAVRAS À LUPA 0 2.935 01/20/2015 - 18:38 Português
Poesia/Pensamentos MADRESSILVA 0 1.945 01/19/2015 - 20:07 Português
Poesia/Pensamentos NA SOLIDÃO 0 2.186 01/17/2015 - 22:32 Português
Poesia/Pensamentos LÁPIS DE SER 0 2.236 01/16/2015 - 19:47 Português