CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Um Punhado de Versos Fúnebres Para Josef K.

O eco dos dias tem o mesmo nome
E a mesma insígnia como maldição
Quando o que resta é a degradação
De tudo aquilo que, em mim, não dorme

Eu transformo o transtorno em noite
Dialogando com a apatia magentamarelada
A cada [g]rito uma nova e indigesta morada
Assim prossigo. Inerte após mais este açoite

Cada traço meu é hediondo por natureza
Apregoa as mazelas que corroem com destreza
Tudo aquilo que sepultei junto ao vento

São tantas mágoas costuradas sem enredo
São tantos vermes nesta carne sem segredo
Que, uma vez mais, eu apago meu intento.
 

Submited by

sexta-feira, dezembro 17, 2010 - 04:21

Poesia :

No votes yet

malentacchi

imagem de malentacchi
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 9 anos 45 semanas
Membro desde: 06/22/2009
Conteúdos:
Pontos: 704

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of malentacchi

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Tristeza Lamúrias 0 1.176 03/21/2011 - 03:53 Português
Poesia/Tristeza O Torniquete Atenuado 0 1.314 02/28/2011 - 01:25 Português
Poesia/Tristeza Solve et Coagula 0 822 02/28/2011 - 01:22 Português
Poesia/Tristeza Incompreensível (Como Tantos Outros) 2 1.061 01/26/2011 - 00:13 Português
Poesia/Soneto O Aviltamento do Verso 0 975 01/26/2011 - 00:03 Português
Poesia/Tristeza Quando os Espectros Machucam A Carne 0 1.098 01/26/2011 - 00:00 Português
Poesia/Tristeza Primaveras Mortas 0 1.013 01/19/2011 - 01:22 Português
Poesia/Tristeza Escrita Inferior 0 1.174 01/02/2011 - 19:59 Português
Poesia/Tristeza Mais Uma Injúria Afásica Para Os Pronomes Em Primeira Pessoa 0 895 01/02/2011 - 19:56 Português
Poesia/Tristeza Dificuldades Com o Verso Amaldiçoado 0 973 12/26/2010 - 19:57 Português
Poesia/Tristeza Exi[s]t-ência 0 804 12/26/2010 - 19:55 Português
Poesia/Tristeza Entre A Sociopatia E A Filosofia Dos Não Valores 0 1.608 12/22/2010 - 03:13 Português
Poesia/Tristeza Uma Alegoria Para As Almas Desgraçadas 0 1.551 12/22/2010 - 03:05 Português
Poesia/Tristeza Conclave Para Um Diálogo Entres Sombras 0 1.559 12/22/2010 - 03:00 Português
Poesia/Tristeza Sobre a Perversidade e seus Hematoversos 0 1.454 12/21/2010 - 04:52 Português
Poesia/Tristeza A Filosofia dos Túmulos 0 1.467 12/21/2010 - 04:50 Português
Poesia/Tristeza Da Ínfima Procura 0 1.579 12/21/2010 - 04:49 Português
Poesia/Tristeza A Exumação de Todas As Minhas Mortes 0 789 12/21/2010 - 04:48 Português
Poesia/Tristeza Exurgent mortius at ad me venient (o morto se levante e venha a mim) 0 1.177 12/17/2010 - 04:23 Português
Poesia/Tristeza Um Punhado de Versos Fúnebres Para Josef K. 0 1.332 12/17/2010 - 04:21 Português
Poesia/Tristeza A Proeminência da Falha 0 934 12/17/2010 - 04:19 Português
Poesia/Tristeza Ode à Tânatos 0 994 12/17/2010 - 04:16 Português
Videos/Perfil 855 0 1.175 11/24/2010 - 22:04 Português
Videos/Perfil 482 0 1.264 11/24/2010 - 21:58 Português
Videos/Perfil 481 0 1.580 11/24/2010 - 21:58 Português