CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

PÁTIO DOS DESEJOS

Consigo tirar sabor do que escrevo
Um paladar que desconheço
Mas tempero pelo que tenho esperado
Para o saborear á mesa das verdades
Os minutos que já não guardo
São consumidos por um tempo
Cada vez mais e mais faminto
Nesta caminhada sem distância
Catalogada por inércia sem datas
Como água dura em pedra mole
Depositada num oásis por inventar
Arquitectado no pátio dos desejos
Sou um sol que arde de paixão
Sem lua feita por uma mulher
E persigo-me até um novo eclipse
De uma solidão sem sombra
Á boleia de uma luz que assinala
A direcção ao meu propósito
Que o destino me entrega á alma
E devolve o tempo perdido
Mas que nunca terá sido em vão

Submited by

sábado, abril 12, 2008 - 10:45

Prosas :

No votes yet

Henrique

imagem de Henrique
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 anos 36 semanas
Membro desde: 03/07/2008
Conteúdos:
Pontos: 34817

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Henrique

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Pensamentos DA POESIA 1 6.024 05/26/2020 - 22:50 Português
Videos/Outros Já viram o Pedro abrunhosa sem óculos? Pois ora aqui o têm. 1 38.247 06/11/2019 - 08:39 Português
Poesia/Tristeza TEUS OLHOS SÃO NADA 1 2.024 03/06/2018 - 20:51 Português
Poesia/Pensamentos ONDE O INFINITO SEJA O PRINCÍPIO 4 2.716 02/28/2018 - 16:42 Português
Poesia/Pensamentos APALPOS INTERMITENTES 0 2.607 02/10/2015 - 21:50 Português
Poesia/Aforismo AQUILO QUE O JUÍZO É 0 2.378 02/03/2015 - 19:08 Português
Poesia/Pensamentos ISENTO DE AMAR 0 4.395 02/02/2015 - 20:08 Português
Poesia/Amor LUME MAIS DO QUE ACESO 0 3.200 02/01/2015 - 21:51 Português
Poesia/Pensamentos PELO TEMPO 0 2.011 01/31/2015 - 20:34 Português
Poesia/Pensamentos DO AMOR 0 2.261 01/30/2015 - 20:48 Português
Poesia/Pensamentos DO SENTIMENTO 0 2.726 01/29/2015 - 21:55 Português
Poesia/Pensamentos DO PENSAMENTO 0 2.704 01/29/2015 - 18:53 Português
Poesia/Pensamentos DO SONHO 0 2.008 01/29/2015 - 00:04 Português
Poesia/Pensamentos DO SILÊNCIO 0 3.366 01/28/2015 - 23:36 Português
Poesia/Pensamentos DA CALMA 0 2.759 01/28/2015 - 20:27 Português
Poesia/Pensamentos REPASTO DE ESQUECIMENTO 0 2.265 01/27/2015 - 21:48 Português
Poesia/Pensamentos MORRER QUE POR DENTRO DA PELE VIVE 0 2.229 01/27/2015 - 15:59 Português
Poesia/Aforismo NENHUMA MULTIDÃO O SERÁ 0 2.186 01/26/2015 - 19:44 Português
Poesia/Pensamentos SILENCIOSA SOMBRA DE SOLIDÃO 0 3.312 01/25/2015 - 21:36 Português
Poesia/Pensamentos MIGALHAS DE SAUDADE 0 1.908 01/22/2015 - 21:32 Português
Poesia/Pensamentos ONDE O AMOR SEMEIA E COLHE A SOLIDÃO 0 1.767 01/21/2015 - 17:00 Português
Poesia/Pensamentos PALAVRAS À LUPA 0 2.779 01/20/2015 - 18:38 Português
Poesia/Pensamentos MADRESSILVA 0 1.756 01/19/2015 - 20:07 Português
Poesia/Pensamentos NA SOLIDÃO 0 2.034 01/17/2015 - 22:32 Português
Poesia/Pensamentos LÁPIS DE SER 0 2.081 01/16/2015 - 19:47 Português