CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

POESIA DE SAUDADE

Se fecho os meus olhos vejo-te com o coração
Ele sente a tua presença semeando notícias de ti
Nesta distância que nossos peitos enfrentam
Não queria escrever esta poesia de saudade
Em frases que voam para o céu que costumo olhar
Para não mentir á verdade que chamo teu nome
Em voz alta de silêncio para o luar que fala comigo
Sobre o meu querer estar a teu lado apaixonado
Entre nós vislumbra-se uma paisagem longínqua
Mas só nós dois percebemos esta ausência
E com toda a nossa paixão esperamos renascer
Das cinzas de amor tão difícil de sustentar
No espaço físico que separa as nossas bocas
Este poema será sempre um borrão de qualquer pena
Provavelmente esquecido num amanhã
Que ambos sonhamos com esperança viva
Acreditando que o destino baptize a nossa união
Num para sempre sem igual entre nós amantes
E o hoje triste será passado recordado com alegria
Sinto falta de te ouvir murmurar ao meu ouvido
Agora surdo sem tua voz

Submited by

quarta-feira, abril 23, 2008 - 19:27

Prosas :

No votes yet

Henrique

imagem de Henrique
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 anos 6 semanas
Membro desde: 03/07/2008
Conteúdos:
Pontos: 34817

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Henrique

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Videos/Outros Já viram o Pedro abrunhosa sem óculos? Pois ora aqui o têm. 1 37.018 06/11/2019 - 09:39 Português
Poesia/Tristeza TEUS OLHOS SÃO NADA 1 1.623 03/06/2018 - 21:51 Português
Poesia/Pensamentos ONDE O INFINITO SEJA O PRINCÍPIO 4 2.232 02/28/2018 - 17:42 Português
Poesia/Pensamentos APALPOS INTERMITENTES 0 2.148 02/10/2015 - 22:50 Português
Poesia/Aforismo AQUILO QUE O JUÍZO É 0 1.993 02/03/2015 - 20:08 Português
Poesia/Pensamentos ISENTO DE AMAR 0 4.012 02/02/2015 - 21:08 Português
Poesia/Amor LUME MAIS DO QUE ACESO 0 2.695 02/01/2015 - 22:51 Português
Poesia/Pensamentos PELO TEMPO 0 1.689 01/31/2015 - 21:34 Português
Poesia/Pensamentos DA POESIA 0 5.433 01/30/2015 - 23:06 Português
Poesia/Pensamentos DO AMOR 0 1.834 01/30/2015 - 21:48 Português
Poesia/Pensamentos DO SENTIMENTO 0 2.270 01/29/2015 - 22:55 Português
Poesia/Pensamentos DO PENSAMENTO 0 2.369 01/29/2015 - 19:53 Português
Poesia/Pensamentos DO SONHO 0 1.636 01/29/2015 - 01:04 Português
Poesia/Pensamentos DO SILÊNCIO 0 2.843 01/29/2015 - 00:36 Português
Poesia/Pensamentos DA CALMA 0 2.186 01/28/2015 - 21:27 Português
Poesia/Pensamentos REPASTO DE ESQUECIMENTO 0 1.874 01/27/2015 - 22:48 Português
Poesia/Pensamentos MORRER QUE POR DENTRO DA PELE VIVE 0 1.757 01/27/2015 - 16:59 Português
Poesia/Aforismo NENHUMA MULTIDÃO O SERÁ 0 1.765 01/26/2015 - 20:44 Português
Poesia/Pensamentos SILENCIOSA SOMBRA DE SOLIDÃO 0 2.927 01/25/2015 - 22:36 Português
Poesia/Pensamentos MIGALHAS DE SAUDADE 0 1.561 01/22/2015 - 22:32 Português
Poesia/Pensamentos ONDE O AMOR SEMEIA E COLHE A SOLIDÃO 0 1.468 01/21/2015 - 18:00 Português
Poesia/Pensamentos PALAVRAS À LUPA 0 2.391 01/20/2015 - 19:38 Português
Poesia/Pensamentos MADRESSILVA 0 1.430 01/19/2015 - 21:07 Português
Poesia/Pensamentos NA SOLIDÃO 0 1.760 01/17/2015 - 23:32 Português
Poesia/Pensamentos LÁPIS DE SER 0 1.665 01/16/2015 - 20:47 Português