QUERER QUE SEM TI NÃO QUERO


O tempo
não esbate este amor.

A chuva
não abalroa esta dor.

De te não ter.

O vento.

Esse grita o lamento
desta alma dormente.

Que sem teu abraço nada sente.

Nada é.

O fogo ruboriza
minhas pálidas faces
na lembrança do beijo nosso.

Perdida.

Agonia que invade
minha vontade de viver.

Querer que sem ti não quero.
 

Submited by

Friday, September 9, 2011 - 18:11

Poesia :

Your rating: None (5 votes)

mariamateus

mariamateus's picture
Offline
Title: Membro
Last seen: 3 weeks 5 days ago
Joined: 02/24/2009
Posts:
Points: 2987

Comments

mariamateus's picture

Henrique

Obrigada meu poeta favorito!!

Beijinho

angelofdeath's picture

Adoro este teu poema, muito

Adoro este teu poema, muito simples e emotivo, onde o amor shakespariano  é muito bem apresentado.

Abraço, Angelofdeath.

mariamateus's picture

Angelofdeath

Abraço, e grata pela tua presença!

mariamateus's picture

Angelofdeath

Abraço, e grata pela tua presença!

 

Henrique's picture

Palavras que reduzem o

Palavras

que reduzem o infinito a um milímetro na alma!

 

Um sentir

em querer a eternidade

de um momento de amor a dois!!!

 

BELO POEMA (como tu)!!!

Add comment

Login to post comments

other contents of mariamateus

Topic Title Replies Views Last Postsort icon Language
Poesia/Sadness NADA, É O QUE ME CONFORTA ESTA SOLIDÃO 0 863 08/01/2011 - 17:05 Portuguese
Poesia/Love MIL MARÉS NUM MAR A DOIS 1 820 07/30/2011 - 14:19 Portuguese
Poesia/Thoughts TALVEZ 3 813 07/30/2011 - 13:53 Portuguese
Poesia/Love VERDE ESPERANÇA 0 975 07/28/2011 - 15:01 Portuguese
Poesia/Dedicated MÃE 0 615 07/14/2011 - 14:07 Portuguese
Poesia/Thoughts LABAREDAS GÉLIDAS 0 577 07/14/2011 - 13:51 Portuguese
Poesia/Meditation O AMOR É DOR E PARTILHA 0 1.335 07/14/2011 - 13:42 Portuguese
Poesia/Thoughts ORA ANGÉLICO ORA PERVERSO 0 702 07/14/2011 - 13:41 Portuguese
Poesia/Sadness SEM FIM À VISTA 0 591 07/14/2011 - 13:39 Portuguese
Poesia/Sadness A LÁGRIMAS E FOGO 0 887 07/14/2011 - 13:38 Portuguese
Poesia/Thoughts ONDE ESTOU? 0 1.533 07/14/2011 - 13:36 Portuguese
Poesia/Thoughts SOZINHA NO MEIO DA MULTIDÃO 1 1.003 07/09/2011 - 02:35 Portuguese
Poesia/Sadness VAZIO QUE OCUPA AS HORAS LENTAS 2 1.624 07/06/2011 - 20:15 Portuguese
Poesia/Joy A VIDA FAZ-ME BEM! 3 536 07/06/2011 - 20:10 Portuguese
Poesia/Birthdays PARABÉNS NUNO RICARDO!!! 1 1.155 07/06/2011 - 01:12 Portuguese
Poesia/Thoughts QUANDO MEU ROSTO FOR OUTONO 0 789 06/29/2011 - 15:38 Portuguese
Poesia/Sadness NOITE 0 518 06/29/2011 - 15:23 Portuguese
Poesia/Intervention VAI-TE! 0 709 06/29/2011 - 15:12 Portuguese
Poesia/Meditation FUI O ISCO PERFEITO 2 1.047 06/28/2011 - 19:55 Portuguese
Poesia/Sadness DILACERADA PELA PERDA 1 695 06/28/2011 - 19:50 Portuguese
Poesia/Sadness FLORIDA NO CARVÃO QUE PINCELA A VIDA 0 509 06/26/2011 - 20:08 Portuguese
Poesia/Sadness DEPOIS DE AMANHÃ TANTOS AMANHÃS 0 576 06/26/2011 - 19:49 Portuguese
Poesia/Sadness PRISIONEIRA DE MIM 0 809 06/26/2011 - 19:39 Portuguese
Poesia/Thoughts INSÓNIA 1 671 06/25/2011 - 17:35 Portuguese
Poesia/Love ENTREGAR-ME AO MELHOR QUE TIVE AO TER-TE 1 776 06/25/2011 - 17:31 Portuguese