Lendas e Professias

Cavaleiros cavalgam aos céus
Espadas de fogo empunharão
Batalhas travadas em campos
Sem domínio ou destino serão

Espadas de fogo cortam os céus
Grui a lança dos cavaleiros
Tormentos mil virão dores se farão
Cavaleiros distantes o nada trarão

Lugares em sombras se tornarão
Pragas dos céus cairão
Soldados tombados gritarão
Lugares tomados morrerão

Cavaleiros bradarão a vitória
O nunca chegará à porta do destino
Chagas arderão no fogo das espadas
Feridas sagrarão as entranhas dos feridos

Cavaleiros a se divertir estarão
Alados nos céus trovarão seu uivo
Humanos da imensidão morrerão
Profecias se farão presentes do destino

Cavaleiros alados retirar-se irão
Trevas nascerão lendas serão do futuro
Loucuras bordejarão o vivo desespero
Os céus então secarão e a tormenta virá

O nada existirá cavaleiros saciados partiram
Batalha do nunca acabou terra varrida esta
O não se viu desapareceu no tempo esvaiu-se
Acordará no além do pensar e nova batalha virá.

Submited by

Saturday, July 25, 2009 - 04:22

Poesia :

No votes yet

marialds

marialds's picture
Offline
Title: Membro
Last seen: 1 year 31 weeks ago
Joined: 03/31/2009
Posts:
Points: 2887

Comments

Poetaminas's picture

Re: Lendas e Professias

Cavaleiros alados retirar-se irão
Trevas nascerão lendas serão do futuro
Loucuras bordejarão o vivo desespero
Os céus então secarão e a tormenta virá

Para quem já leu o Apocalipse, dá para perceber de onde partirá o vivo desespero. Já estamos beirando estes momentos de trevas, quando os astros sairão de suas rotas e a tormenta do fim acontecerá. Doloroso, mas é o caminho que o homem vem fazendo e que as profecias já anunciaram.
Muito bom o desenvolver do seu tema, amig! Acho muito difícil falar sobre ele. É doloroso e assustador, mas esperado, infelizmente. beijos

marialds's picture

Re: Lendas e Professias

Cara Neuza Maria, escrevi este poema, quando conversava no MSN com uma outra amiga nossa, sobre a epidemia, já deves saber que é esta amiga.
Tenho quatro janelas neste computador abri o word e começei a escrever enquanto espera das respostas dela.
Ela sitou todo o Apocalipice e não esqueceu nada.

Henrique's picture

Re: Lendas e Professias

O nada existirá no além do pensar e nova batalha virá...

Magnifico!!!

:-)

jopeman's picture

Re: Lendas e Professias

Excelente fantasia. Levou-me a transcender a uma outra Era medieval.
Gosto de te ler
Bjos

Odairjsilva's picture

Re: Lendas e Professias

"Cavaleiros a se divertir estarão
Alados nos céus trovarão seu uivo
Humanos da imensidão morrerão
Profecias se farão presentes do destino"

Admiro a forma com que consegue desenvolver as palavras e mostrar um outro patamar de sua mensagem...

Parabéns... adorei o poema!

analyra's picture

Re: Lendas e Professias

"Cavaleiros bradarão a vitória
O nunca chegará à porta do destino
Chagas arderão no fogo das espadas
Feridas sagrarão as entranhas dos feridos"

Muito bom poema apocalíptico.
Gosto muito desta tua linha, dá para ouvir em voz rouca explodindo em eco, as trombetas de teu apocalípse.
Lindo!!!!!

MarneDulinski's picture

Re: Lendas e Professias

marialds!
Bom dia para você, nesta hora do dia que a ti dedico, por estar comentando teu poema!

O nada existirá cavaleiros saciados partiram
Batalha do nunca acabou terra varrida esta
O não se viu desapareceu no tempo esvaiu-se
Acordará no além do pensar e nova batalha virá

Marne Dulinski

Add comment

Login to post comments

other contents of marialds

Topic Title Replies Views Last Postsort icon Language
Poesia/Sadness Separação 0 732 07/22/2015 - 20:11 Portuguese
Poesia/General Veja 0 1.069 07/19/2014 - 03:55 Portuguese
Prosas/Thoughts Pensamentos 0 842 03/02/2014 - 02:55 Portuguese
Prosas/Thoughts Pensamentos 0 1.107 03/02/2014 - 02:47 Portuguese
Prosas/Thoughts Pensamentos 0 712 03/02/2014 - 02:41 Portuguese
Prosas/Thoughts Pensamentos 1 1.406 12/20/2013 - 21:17 Portuguese
Prosas/Others Frase 0 937 11/28/2013 - 00:50 Portuguese
Fotos/Nature Flores popularmente chamadas de "Damas da Noite" 0 1.503 11/28/2013 - 00:44 Portuguese
Poesia/General Noite de Solidão 0 1.255 11/27/2013 - 23:23 Portuguese
Poesia/General Fria Madrugada 2 1.420 11/27/2013 - 22:34 Portuguese
Poesia/General Cotidiano 2 986 11/18/2013 - 00:57 Portuguese
Poesia/Fantasy Ser em Sombras 0 840 05/12/2013 - 00:30 Portuguese
Poesia/General A Flor da Pele 2 1.122 06/24/2012 - 21:48 Portuguese
Poesia/General Solidão de nos Dois. 2 1.070 06/17/2012 - 20:39 Portuguese
Poesia/General Passagem 0 795 06/17/2012 - 02:57 Portuguese
Poesia/General Momentos 1 1.364 03/30/2012 - 10:04 Portuguese
Poesia/General Teu Perfume 0 1.311 03/30/2012 - 05:04 Portuguese
Poesia/General Espectro 0 1.104 03/30/2012 - 04:56 Portuguese
Poesia/General Na Face do Menino 2 1.155 01/22/2012 - 03:59 Portuguese
Poesia/General Tombados 0 876 01/21/2012 - 03:32 Portuguese
Fotos/Landscape Estrada de nuvens. 0 2.646 01/15/2012 - 22:38 Portuguese
Poesia/Haiku Sem Titulo 0 1.140 01/15/2012 - 22:00 Portuguese
Poesia/Haiku Sem Título 0 1.009 01/15/2012 - 21:59 Portuguese
Poesia/Sadness Apenas Lembranças 0 1.015 01/15/2012 - 21:56 Portuguese
Poesia/Sonnet Livro de bolso 0 2.176 09/17/2011 - 05:15 Portuguese