Desilusão

O teu olhar - a tua alma
Como eu a sinto tão doce…, tão tranquila; tão calma…
Tão triste…
… e sufocada…

O amor que nela existe,
Sempre, tão presente, em teus dizeres, sábios,
Adormenta os teus lábios…
Adormenta os teus olhares, e pensamentos,
Por entre as tuas esperanças, e os teus tormentos.

Por entre os teus surdos lamentos…

apsferreira

Mulher Bonita - É difícil viver, sem ti...

www.albanosoaresferreira.blogspot.com

Submited by

Saturday, March 27, 2010 - 00:17

Poesia :

No votes yet

apsferreira

apsferreira's picture
Offline
Title: Membro
Last seen: 6 years 2 weeks ago
Joined: 09/21/2009
Posts:
Points: 3457

Comments

RICARDORODEIA's picture

... adormenta... - alma

... adormenta...

- alma bela e intrigante, essa musa mulher bonita!

Parabéns!

Um abraço,

Ricardo 

ritaleao's picture

Re: Desilusão

Um amor desfeito é duro... uma constante guerra entre sonho e realidade, tão bem descrita numa "alma sufocada"... mas é de agraciar aquele que sente os seus "surdos lamentos".

Lindo, lindo poema!

mariamateus's picture

Re: Desilusão

Albano :-)

Tão lindo!!!

O amor,esse desconhecido para muitos
e para muitos outros sentido!

Abraço-luz

mm

angelalugo's picture

Re: Desilusão

Olácaro poeta

Creio que a desilusão é um dos
piores sentimentos em relação
ao amor...Teu poema está lindo

Beijinhos no coração

Nanda's picture

Re: Desilusão

APS,
Lindo poema.
Uma ternurenta declaração de amor.
Beijo
Nanda

Fatima-Rodrigues's picture

Re: Desilusão

Só entendes seus surdos lamentos porque tens coração bondoso e alma caridosa

gostei meu amigo, muito

bjs

cecilia's picture

Re: Desilusão

Albano querido amigo,
O amor, doce amor com suas mil formas.
Quem poderá compreende-lo em todas elas?

Belo poema

Bjs
Cecilia Iacona

Henrique's picture

Re: Desilusão

Um lindo poema de amor, mesmo que desiludido, está belo!!!

:-)

nunomarques's picture

Re: Desilusão

Muito belo

O teu olhar - a tua alma
Como eu a sinto tão doce…, tão tranquila; tão calma…
Tão triste…
… e sufocada…

Todo o poema é um lamento de desilusão.

Abraço
Nuno

Dianinha's picture

Re: Desilusão

Muito bonito...

O amor, a nossa fonte de inspiração!

Beijinho Albano...

Add comment

Login to post comments

other contents of apsferreira

Topic Title Replies Views Last Postsort icon Language
Poesia/General E eu escrevo... 6 3.522 02/25/2018 - 21:03 Portuguese
Poesia/Love Incúria 7 2.245 11/20/2013 - 17:49 Portuguese
Poesia/Dedicated Saudade 2 2.133 01/30/2013 - 23:43 Portuguese
Poesia/Aphorism As Pessoas, Que São Boas 0 1.580 01/28/2013 - 03:20 Portuguese
Poesia/Aphorism Brumas, no Olhar 2 1.972 01/21/2013 - 02:54 Portuguese
Poesia/Aphorism Ah, Catraia Tonta... 0 2.549 01/20/2013 - 20:54 Portuguese
Poesia/Love A Irracionalidade do Amor 2 1.996 01/20/2013 - 20:34 Portuguese
Poesia/Friendship O Teu Sorriso 2 1.494 01/18/2013 - 23:29 Portuguese
Poesia/Love Pedido, à Minha Estrelinha 2 1.834 10/19/2012 - 13:41 Portuguese
Poesia/Love Será, Que Tu Já Te Apercebeste, Meu Amor? 0 1.637 10/18/2012 - 05:55 Portuguese
Poesia/Dedicated A Cor da Vida 0 2.108 10/11/2012 - 22:19 Portuguese
Poesia/Fantasy Eu Sonho O Teu Despertar 0 2.359 10/09/2012 - 12:14 Portuguese
Poesia/Dedicated Quer Quer Viver Para Sempre? 0 1.792 10/05/2012 - 07:53 Portuguese
Poesia/Love Ouve, Meu Amor... 0 1.917 10/04/2012 - 08:01 Portuguese
Poesia/Passion Apenas, Imaginação... 0 1.547 09/30/2012 - 11:13 Portuguese
Poesia/Love Eu quero-te, porque te quero 0 2.210 09/26/2012 - 03:53 Portuguese
Poesia/Dedicated Desejos de Amor 0 2.072 09/24/2012 - 05:38 Portuguese
Poesia/Meditation Porquê? 0 1.412 09/22/2012 - 04:03 Portuguese
Poesia/Meditation Senhor... 0 2.353 09/19/2012 - 04:28 Portuguese
Poesia/Dedicated Eu Viajo com o Teu Sorriso 0 1.460 09/17/2012 - 11:49 Portuguese
Poesia/Sonnet Alma de Mulher 0 2.661 09/09/2012 - 20:48 Portuguese
Poesia/Aphorism Quando Muda O Mês 0 1.731 09/01/2012 - 19:41 Portuguese
Poesia/Meditation Por "Trinta Dinheiros" 2 2.672 08/28/2012 - 17:51 Portuguese
Poesia/Love Incursão 0 1.995 08/21/2012 - 19:55 Portuguese
Poesia/Aphorism Este Meu Fado 1 2.673 08/08/2012 - 02:48 Portuguese