CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Corredor do tribunal

Perambulo pela casa
Sentinela na madrugada
Sinto muito...
Percebo minha alma suja,
Meu corpo,
Um copo vazio...
Sinto tanto.
Sentimentos de ressaca moral.
Imoral.
Qual?
Não quero sentir,
Nada mais.
Nunca mais.
Preciso mentir.
Perfumar o podre,
Enfeitar o estragado.
Como vou encarar-me
Amanhã
Verei meus olhos no espelho
Se não fura-los antes.

Quando a unica coisa que me resta
É conviver com meus atos
Sou juiza
Jurada
Acusadora
Acusada
Sou todos os dias
Inocente
Ou culpada.

Submited by

sexta-feira, outubro 30, 2009 - 02:47

Poesia :

No votes yet

ZiZi

imagem de ZiZi
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 48 semanas
Membro desde: 08/23/2009
Conteúdos:
Pontos: 274

Comentários

imagem de FlaviaAssaife

Re: Corredor do tribunal

Zizi,

Estava sentindo falta de ler-te! Inocente ou culpada? quem não o é? A todo instante somos assim sentidos e tachados...

Gostei muito! :-)

imagem de MarneDulinski

Re: Corredor do tribunal

Zizi!

Corredor do tribunal
Quando a unica coisa que me resta
É conviver com meus atos
Sou juiza
Jurada
Acusadora
Acusada
Sou todos os dias
Inocente
Ou culpada.

Gostei,
MarneDulinski

imagem de Gisa

Re: Corredor do tribunal

Acusadora
Acusada
Sou todos os dias
Inocente
Ou culpada.

E quem não o é? Nem que seja por alguns minutos. Forte poema, verdadeiro. Abraços

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of ZiZi

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral Cascas de ferida 1 649 04/16/2011 - 02:58 Português
Fotos/ - 2163 0 838 11/23/2010 - 23:45 Português
Fotos/ - 1680 0 872 11/23/2010 - 23:40 Português
Fotos/ - 1681 0 788 11/23/2010 - 23:40 Português
Fotos/ - 1682 0 829 11/23/2010 - 23:40 Português
Poesia/Geral 0 410 11/18/2010 - 14:58 Português
Poesia/Geral 52 e meio 0 474 11/17/2010 - 23:00 Português
Poesia/Geral Reflexo 1 361 04/10/2010 - 03:47 Português
Poesia/Geral Afagos na Desilusão 3 442 03/06/2010 - 12:32 Português
Poesia/Geral Na minha voz 2 453 03/06/2010 - 03:16 Português
Poesia/Geral Castelos da Infância 2 375 03/06/2010 - 03:14 Português
Poesia/Geral Jantar 2 363 11/21/2009 - 18:03 Português
Poesia/Geral Hi! Hello! 1 423 11/21/2009 - 05:41 Português
Poesia/Geral Brazilian wax 1 503 11/21/2009 - 04:39 Português
Poesia/Geral Esmola p´ra play 4 441 11/01/2009 - 22:21 Português
Poesia/Geral Reforma Agraria 2 406 10/31/2009 - 23:49 Português
Poesia/Geral Aquecedor de baixo custo para chuveiro 3 390 10/30/2009 - 20:08 Português
Poesia/Geral Corredor do tribunal 3 433 10/30/2009 - 17:30 Português
Prosas/Mistério PERNA AMPUTADA 2 568 10/07/2009 - 15:11 Português
Poesia/Geral Vitimas inocentes 2 383 10/07/2009 - 14:06 Português
Poesia/Geral Vicio 1 433 09/28/2009 - 11:41 Português
Poesia/Geral Atemporal 1 543 09/28/2009 - 11:37 Português
Poesia/Geral Classificados 2 389 09/27/2009 - 14:38 Português
Poesia/Geral Atualizado o passado, renovada a dor 1 374 09/27/2009 - 02:56 Português
Poesia/Geral Calo me calo 2 415 09/27/2009 - 00:17 Português