CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Na minha voz

Que faras se eu não me calar,
Se fizer o que penso
Seguir com minhas pernas meus desejos,
Ambições?
Que te importa o que faço e como ajo.
Meus gestos rudes,
Minhas piadas de folhetim.
Que farás se eu não me calar
No hálito azedo, o ser que tento esconder do mundo.
Nos atos irônicos, na fraqueza de minhas lágrimas.
Não posso corromper o mundo.
Mas posso falar a verdade.
E agora, o que irá fazer já que não me calo?
Abrirei as portas do teu inferno,
Mostrarei seus demônios e medos
O silêncio que tanto te apraz
Trará o ruído das lamentações de tua alma.
E agora, deixe-me seguir meu caminho de palavras secas como folhas de outono.
Que só se percebem quando caem no chão
E rasgam o silêncio, feito fio de navalha.

Achei essas paginas escritas no meio de papéis velhos, guardados no fundo de um armário, datadas de 1998, nem me recordava de sua existência...

Submited by

sábado, março 6, 2010 - 02:08

Poesia :

No votes yet

ZiZi

imagem de ZiZi
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 2 anos 42 semanas
Membro desde: 08/23/2009
Conteúdos:
Pontos: 274

Comentários

imagem de Henrique

Re: Na minha voz

Um poema transformado numa pergunta cuja a resposta será o amor, falta saber se haverá resposta!!!

:-)

imagem de MarneDulinski

Re: Na minha voz

FEZ BEM EM ACHÁ-LAS, ESTÃO LINDOS TEUS ESCRITOS!
Meus parabéns,
Marne

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of ZiZi

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral Cascas de ferida 1 740 04/16/2011 - 02:58 Português
Fotos/ - 2163 0 976 11/23/2010 - 23:45 Português
Fotos/ - 1680 0 1.007 11/23/2010 - 23:40 Português
Fotos/ - 1681 0 916 11/23/2010 - 23:40 Português
Fotos/ - 1682 0 967 11/23/2010 - 23:40 Português
Poesia/Geral 0 504 11/18/2010 - 14:58 Português
Poesia/Geral 52 e meio 0 573 11/17/2010 - 23:00 Português
Poesia/Geral Reflexo 1 470 04/10/2010 - 03:47 Português
Poesia/Geral Afagos na Desilusão 3 518 03/06/2010 - 12:32 Português
Poesia/Geral Na minha voz 2 552 03/06/2010 - 03:16 Português
Poesia/Geral Castelos da Infância 2 453 03/06/2010 - 03:14 Português
Poesia/Geral Jantar 2 462 11/21/2009 - 18:03 Português
Poesia/Geral Hi! Hello! 1 535 11/21/2009 - 05:41 Português
Poesia/Geral Brazilian wax 1 610 11/21/2009 - 04:39 Português
Poesia/Geral Esmola p´ra play 4 550 11/01/2009 - 22:21 Português
Poesia/Geral Reforma Agraria 2 500 10/31/2009 - 23:49 Português
Poesia/Geral Aquecedor de baixo custo para chuveiro 3 514 10/30/2009 - 20:08 Português
Poesia/Geral Corredor do tribunal 3 551 10/30/2009 - 17:30 Português
Prosas/Mistério PERNA AMPUTADA 2 716 10/07/2009 - 15:11 Português
Poesia/Geral Vitimas inocentes 2 474 10/07/2009 - 14:06 Português
Poesia/Geral Vicio 1 527 09/28/2009 - 11:41 Português
Poesia/Geral Atemporal 1 651 09/28/2009 - 11:37 Português
Poesia/Geral Classificados 2 474 09/27/2009 - 14:38 Português
Poesia/Geral Atualizado o passado, renovada a dor 1 477 09/27/2009 - 02:56 Português
Poesia/Geral Calo me calo 2 506 09/27/2009 - 00:17 Português