CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Défice geométrico

 

 

Tubérculo surge.
A planta do lábio evasivo
na pofundidade da terra
debaixo da pele -
preciso,
fixa-se.

 

No perímetro de um grito
o despiste das palavras,
a folhagm que berra,
o vidro que corta a medula
onde ainda me travas.

 

Um pomar de ilusões,
rios de flores
assombradas pela sede,
o perfume das searas
ofuscadas
e o pólen carbonizado
na dormência interna
da fecundação.

 

Cai centeio sobre os ombros
varridos pela soberba
dos "importantes".

 

Não chegam cartas felizes
que me falem sobre o crescente,
a água morna e não fervente,
em sal misturado de esperança.

 

O pão é travesso,
a fome afunila o sorriso
a noite teima em ser demónio
na manteiga que derrete.

 

Lacrado é o sistema,
o quarto indiviso de uma maçã
presa ao ramo
que não descola o barco
da semente envenenada.

 

De amor também não falo,
porque me devora uma paixão
incontrolável
surda
inquieta,
oculta.
e sobejamente solitária
que não posso revelar.

 

Na curva do mundo
traço linhas rectas moribundas
com o desejo (sofrível)
de que um dia
ambas as raízes frágeis
se cruzem
e se tornem profundas.

 

Quero o diâmetro.

 

 

 


 

Submited by

sexta-feira, abril 29, 2011 - 00:55

Poesia :

No votes yet

rainbowsky

imagem de rainbowsky
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 5 semanas
Membro desde: 02/20/2010
Conteúdos:
Pontos: 1944

Comentários

imagem de MariaButterfly

gostei e muito!

Uma poesia,

Onde abordas tudo aquilo, um pouco te assombra.

Falas da vida , de ti, de amor, de Dor.

Gosto muito deste poema,
Há muito que não lia um poema teu tão bonito.

 

beijos
 

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of rainbowsky

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Desilusão Na dobra dos beijos 4 2.119 03/13/2018 - 16:46 Português
Poesia/Tristeza Aquela outra lágrima 11 971 03/10/2018 - 10:42 Português
Poesia/Dedicado Posso falar-te... 4 859 03/08/2018 - 18:10 Português
Fotos/Outros Grito de melancolia 1 2.432 03/08/2018 - 18:10 Português
Poesia/Tristeza Escreves ou não? 5 1.130 03/08/2018 - 18:08 Português
Poesia/Tristeza Frieza 3 1.323 02/27/2018 - 09:52 Português
Poesia/Intervenção Gestos relevantes 1 1.131 01/31/2012 - 00:02 Português
Poesia/Tristeza Mais que uma viagem 1 1.819 12/27/2011 - 00:44 Português
Poesia/Desilusão Volátil - Parte III de III 2 1.288 12/22/2011 - 14:59 Português
Poesia/Desilusão Volátil - Parte II de III 2 1.412 12/22/2011 - 14:41 Português
Culinária/Bolos TARTE DE MAÇÃ DO RAIN 1 1.527 11/28/2011 - 01:34 Português
Poesia/Desilusão Volátil - Parte I de III 8 1.659 11/23/2011 - 14:42 Português
Poesia/Tristeza Delírios 1 1.445 11/08/2011 - 19:42 Português
Poesia/Tristeza A verdade chega 3 1.520 11/01/2011 - 14:29 Português
Poesia/Tristeza A dimensão 1 1.624 10/27/2011 - 21:31 Português
Poesia/Tristeza Formas difíceis 3 1.531 10/25/2011 - 15:07 Português
Poesia/Tristeza Sanguessugas transversais 0 1.576 09/01/2011 - 21:12 Português
Poesia/Tristeza No avesso da alma 2 2.177 08/20/2011 - 23:27 Português
Poesia/Tristeza Luz fugitiva 2 2.290 08/15/2011 - 21:35 Português
Poesia/Tristeza VIOLA ODORATA 1 2.653 08/06/2011 - 00:23 Português
Poesia/Pensamentos Murmúrio e subtileza 6 1.173 07/18/2011 - 19:44 Português
Poesia/Tristeza Sentimento 2 1.653 07/10/2011 - 12:52 Português
Poesia/Desilusão Correndo para o abismo 2 1.638 06/28/2011 - 00:52 Português
Poesia/Meditação O campo da alma 4 1.871 06/14/2011 - 12:32 Português
Poesia/Intervenção Défice geométrico 1 1.502 05/03/2011 - 22:49 Português