CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Gestos relevantes

 

Com gestos relevantes, contrafeitos,
Desenvolvo barcos de papel anormais,
Sem título, sem mar, sem luz nem estilo.

 

Corto parágrafos em águas profundas,
Lanço a âncora pintada de fresco
Rumo ao abismo desnivelado
Dessa envergadura de braços negros
Sobrepostos em meu redor.

 

Tinjo os ecos, contemplo os corais
Trazidos pelas marés vivas
Para a varanda da minha casa
Virada para os ritmos de Este.

 

Um pincel dissolve-se na espuma das horas grenás.
Aquele que já não uso para as telas de nevoeiro
Que outrora eu imaginava de forma constante.

 

As velas – feitas de telas – choram por mim
Aquela dor que nos meus olhos
Secando a flor deslumbrante de cores vivas
Que outrora perfumava o tempo.

 

 

Com gestos relevantes os canhões incendiaram-se
E o meu casco sofreu rombos irreparáveis na estrutura.

 

“ Capitão, capitão!”
“Que se passa meu camarada?!”

 

(Olhar pesado, tempestade na calmaria suave estendida até ao horizonte).

 

“ Capitão… a sua alma…”
“Que tem, rapaz?!”
“À deriva, meu capitão. À Deriva!”

 

(Ao leme do meu corpo esbate-se a fúria secreta de sorrir em silêncio
Relembrando os beijos de proa a proa, em noites e noites
Temperadas de sal).

 

“Deixem-na ir”
“Mas… capitão…!”
“Ela há-de regressar a casa um dia, quando as nuvens se dissiparem e o céu azul tombar no meu coração”.

 

 

rainbowsky

Submited by

domingo, janeiro 29, 2012 - 22:08

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

rainbowsky

imagem de rainbowsky
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 5 semanas
Membro desde: 02/20/2010
Conteúdos:
Pontos: 1944

Comentários

imagem de MariaButterfly

Navios feitos de

Navios feitos de “nada"

Afundados…

Já não á falas

Mudo é o tempo que é seguido...
Nas tempestades
Que esquecem os perfumes.
As chamas naufragaram a Alma
Num corpo há deriva.

“ Sim, sempre volta a fazer Sol, Ela volta”

Gostei muito, mesmo.

Beijo
 

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of rainbowsky

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Desilusão Na dobra dos beijos 4 2.122 03/13/2018 - 16:46 Português
Poesia/Tristeza Aquela outra lágrima 11 974 03/10/2018 - 10:42 Português
Poesia/Dedicado Posso falar-te... 4 861 03/08/2018 - 18:10 Português
Fotos/Outros Grito de melancolia 1 2.435 03/08/2018 - 18:10 Português
Poesia/Tristeza Escreves ou não? 5 1.131 03/08/2018 - 18:08 Português
Poesia/Tristeza Frieza 3 1.326 02/27/2018 - 09:52 Português
Poesia/Intervenção Gestos relevantes 1 1.132 01/31/2012 - 00:02 Português
Poesia/Tristeza Mais que uma viagem 1 1.821 12/27/2011 - 00:44 Português
Poesia/Desilusão Volátil - Parte III de III 2 1.289 12/22/2011 - 14:59 Português
Poesia/Desilusão Volátil - Parte II de III 2 1.414 12/22/2011 - 14:41 Português
Culinária/Bolos TARTE DE MAÇÃ DO RAIN 1 1.528 11/28/2011 - 01:34 Português
Poesia/Desilusão Volátil - Parte I de III 8 1.661 11/23/2011 - 14:42 Português
Poesia/Tristeza Delírios 1 1.447 11/08/2011 - 19:42 Português
Poesia/Tristeza A verdade chega 3 1.523 11/01/2011 - 14:29 Português
Poesia/Tristeza A dimensão 1 1.628 10/27/2011 - 21:31 Português
Poesia/Tristeza Formas difíceis 3 1.533 10/25/2011 - 15:07 Português
Poesia/Tristeza Sanguessugas transversais 0 1.581 09/01/2011 - 21:12 Português
Poesia/Tristeza No avesso da alma 2 2.179 08/20/2011 - 23:27 Português
Poesia/Tristeza Luz fugitiva 2 2.294 08/15/2011 - 21:35 Português
Poesia/Tristeza VIOLA ODORATA 1 2.657 08/06/2011 - 00:23 Português
Poesia/Pensamentos Murmúrio e subtileza 6 1.175 07/18/2011 - 19:44 Português
Poesia/Tristeza Sentimento 2 1.655 07/10/2011 - 12:52 Português
Poesia/Desilusão Correndo para o abismo 2 1.641 06/28/2011 - 00:52 Português
Poesia/Meditação O campo da alma 4 1.873 06/14/2011 - 12:32 Português
Poesia/Intervenção Défice geométrico 1 1.504 05/03/2011 - 22:49 Português