CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

FIO QUE SE DESVANECE, DOENDO...

 

 

 

 

FIO QUE SE DESVANECE, DOENDO...

 

Condor, que por tão alto voas
Se por perto, voando vires
O meu amor
Que sobre mim deseje novas
Diz-lhe que tens provas
Que a cada momento, me encontras
Dos sentidos, perdido…
:
Que até da saudade
O poder de sentir
Vou perdendo
E que apenas sei
Que resisto
Porque AMO
:
...Ainda...
:
Num fio que, se desvanecendo
 perdendo se vai…
:
L ...  e ...  n ...  t ...  o
:
Até que comigo
Se apagando

… Doendo…
:
Esva
in
d
o
:
s
e

:
v
á

!
:
:

:
:
:
R

     z

o

             r  

 p

      a
 

Submited by

quinta-feira, setembro 22, 2011 - 20:58

Poesia :

Your rating: None (3 votes)

RZorpa

imagem de RZorpa
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 anos 50 semanas
Membro desde: 06/24/2011
Conteúdos:
Pontos: 685

Comentários

imagem de Agnes

De tanto sentir, meus

De tanto sentir, meus sentidos perderam-se de mim e nada mais podia sentir se tudo quanto investi meu sentimento, nada mais era que lamento... Há um sentir intenso, deveras grande, mas que de tão imenso, perde-se na sua infinitude... Devaneios, devaneios meus... Mas, sei que o amor é um paradoxo paralizante, nos mata e dá vida ao mesmo tempo... Tou elogiando. Tá lindo e sentido.

 

beijinhos da Agnes

 

mais: colocaste vídeo e eu ainda não sei colocar imagem...

imagem de RZorpa

Sinto que sentindo, perdeste

Sinto que sentindo, perdeste o sentido imenso do amor intenso, que por pouco sentires, se perdeu. Nada melhor do que sentir voltar, sorrir sentindo o sentido sentir... Sim porque o amor é sentimento que, de tão grande, se encontra na sua própria infinitude. Mas sempre sentindo o sentido, sentir. Como este, que sinto teres sentido, neste sentimento agudo... GOSTASTE agora, dos devaneios meus?... :)))) 

Bricadeira, muito bom teu comentário. Obrigado por me leres!

Beijinhos

Rui

imagem de RICARDORODEIA

Maravilhoso... Um fio que

Maravilhoso...

Um fio que desvanece como uma onda que não se repete.

Um Abraço, amigo.

 

 

imagem de RZorpa

Bem vindo, sempre!

Sabes da importancia e do prazer que tenho, em saber-me alvo da tua atenção. Espero-a sempre!

Grande Abraço, meu bom amigo!

imagem de Teresa Almeida

E eu fui  voando nas asas

E eu fui  voando

nas asas do sonho

acendendo

um fio que se vai desvanecendo

 

 

Fiquei

pendurada...

na melodia

e na poesia deste amanhecer

e ficaria

até o sol se esconder

imagem de RZorpa

Sim, rendo-me à poesia que

Sim, rendo-me à poesia que recebo neste comentário... Sinto-me muito lisongeado. Pelas palavras, mas sobretudo por me saber lido e "sentido". Um previlégio!

imagem de joanadarc

" Só se desvanece, quem se

" Só se desvanece, quem se esquece,

O que escreves, meu pensamento eloquente enaltece,

O que sussuras entre as palavras, minha boca aquece,

Nunca vais desvanecer, pois dificil vai ser, te esquecer".

imagem de RZorpa

Percebo-te um talento, à

Percebo-te um talento, à medida que passa o tempo, mais evidente e exacerbado, intenso e intuitivo. Percebo, no meio desse talento, o elogio que agradeço, sobretudo pelo tempo que me dedicaste!

Beijo

Rz

imagem de MariaButterfly

O sonho já voa tão

O sonho já voa tão alto...
Que já nem eu, mesmo o vejo.

Gostei da tua poesia,da forma como está escrita,
Do amor nela impressa,da saudade e da dor.

Mas como linha no horizonte que desvanece....
Tudo vai...

Beijo
 

imagem de RZorpa

Os teus comentários Maria,

Os teus comentários Maria, fazem sempre muito bem. Eu prometo que vou tentar descobrir a razão :)))

Muito obrigado por estares atenta!

Beijo!

PS: Eu percebi a repetição e, por favor... Não existe nenhuma razão para desculpas! :))

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of RZorpa

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Dedicado PORQUE HOJE, TE BEIJARIA SEM FIM... 4 1.134 05/10/2012 - 19:23 Português
Poesia/Dedicado "MEU AMOR?"... MAIS QUE UM LIVRO! 19 2.622 02/23/2012 - 12:22 Português
Poesia/Dedicado A TI, DESTINADO PERFUME... 7 1.273 02/05/2012 - 17:41 Português
Poesia/Dedicado CUMPLICE QUE ME ROUBAS A DOR… 6 1.691 01/02/2012 - 02:02 Português
Poesia/Dedicado EM LOUCOS DEVANEIOS FRENTE AO POETA, SENTADO... 22 2.227 11/29/2011 - 06:12 Português
Videos/Poesia ETERNAMENTE... 6 1.904 11/28/2011 - 14:19 Português
Fotos/Eventos "Meu Amor?" - TODOS SERÃO POUCOS... 6 1.833 11/16/2011 - 05:57 Português
Poesia/Dedicado QUE NUM MOVIMENTO, ME ARRANQUE DE TI… 11 1.891 11/16/2011 - 05:38 Português
Poesia/Dedicado TODOS SERÃO POUCOS... MAS CADA ABRAÇO, TERÁ O TAMANHO DO MUNDO! 17 1.702 11/01/2011 - 15:36 Português
Poesia/Dedicado SINTO MUITO, MEU AMOR... 3 1.627 10/31/2011 - 01:20 Português
Poesia/Dedicado O TODO - Corpo e Alma...! 39 3.552 10/25/2011 - 00:49 Português
Fotos/Outros MEU AMOR? 8 1.674 10/22/2011 - 18:00 Português
Poesia/Dedicado ALBUFEIRA, A LAGOA ONDE O SONHO SE PÔS, COM O SOL… 2 1.431 10/18/2011 - 07:40 Português
Poesia/Dedicado O PASSO A PASSO DE UM TODO - O mais importante dos passos 7 1.952 10/17/2011 - 21:43 Português
Poesia/Amor O PASSO A PASSO DE UM TODO - Fragmentos 8 1.885 10/15/2011 - 17:41 Português
Poesia/Amor O PASSO A PASSO DE UM TODO - Post Scriptum 6 1.145 10/10/2011 - 03:07 Português
Poesia/Dedicado O DESEJO QUE O MEU DESEJO TEM, DE TANTO DESEJAR… 15 2.682 10/10/2011 - 02:10 Português
Poesia/Amor O PASSO A PASSO DE UM TODO - O titulo 2 1.040 10/08/2011 - 07:16 Português
Poesia/Dedicado MARIA 6 1.486 10/06/2011 - 23:12 Português
Poesia/Dedicado E OS CORPOS... PORQUE SE ESCONDEM? 8 1.589 09/30/2011 - 07:41 Português
Poesia/Dedicado FIO QUE SE DESVANECE, DOENDO... 13 1.908 09/26/2011 - 07:29 Português
Poesia/Fantasia O PODER QUE O SONHO DÁ, DE SER… 6 1.169 09/22/2011 - 22:22 Português
Poesia/Dedicado NA VULNERABILIDADE DO SUPLÍCIO... 4 2.277 09/07/2011 - 02:49 Português
Poesia/Dedicado O QUE ME DIZ O VENTO, DAQUILO QUE O TEMPO TE DIRÁ … 0 1.626 09/05/2011 - 19:00 Português
Poesia/Dedicado UM DIA CHEGARÁ, EM QUE ATÉ O SONHO DESISTIRÁ… 1 1.372 08/25/2011 - 20:02 Português