CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

O PASSO A PASSO DE UM TODO - Fragmentos

 

 

 

FRAGMENTOS DE CORPO E ALMA...

 

“Bocas…Que juntas se toquem, se misturem e sorriam… Riam tanto, que a vida e o tempo não cheguem para afastar o olhar que me incendeie e que através do meu, espero, se encante…”

 

“...Emoção, grito e sangue
Sangue que voa gritando
Grito que corre saindo
Emoção que espero te encante...”

“...Tal como neste, precioso momento
Desejava parar o meu olhar no teu
Segurar com as duas mãos o tempo
Encostando justo, o teu corpo ao meu…”

“...Olhos meus que te amam
Abertos ou fechados te buscam sempre
De busca em busca mais eles de ti se encantam
Se assim tanto meus olhos em ti se atentam
Quem sabe um dia, o amor de mim se lembre…”

“...Vivo tanto e corro mais
Que se me visses o espanto
Saberias do quanto
Poderia correr, ainda, mais e mais…”

 

 

“…Como a água,

adaptáveis e flexíveis,

Tu, mais em estado liquido,

eu, mais em estado sólido,

somos quase sempre um estado gasoso, se juntos…”

 

 

“…Poder, eu posso
Por isso vou
Não ia como se pudesse
Vou, porque posso
E disso desejoso estou…”

 

“…De alma levitante, que sustenta um corpo insaciável, de sentidos à flor do grito que tenta mas não sai, que aguenta mas não desiste, num grita não grita exasperante…”

 

 

“…Um amor de exaustão, combustível
Sem mentira ou verdade,
Sem perdão nem saudade
Apenas e pelos vistos, impossível…”

 

 

“... E se, por um qualquer acaso do estúpido destino, não nos voltarmos a falar, peço-te “Maria”, que se por sorte encontrares o meu amor - afinal conheces tanta gente… - e tiveres a certeza que é ela, aquela que me amou como ninguém mais o fez, lhe digas que morri todos os dias em que ela não esteve. Que amei como nunca, que amarei para sempre, mesmo que, para sempre,  dela me venha a perder…”

:

:

:

:

Rzorpa

 

 

 

 

Submited by

segunda-feira, outubro 10, 2011 - 00:29

Poesia :

Your rating: None (2 votes)

RZorpa

imagem de RZorpa
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 anos 41 semanas
Membro desde: 06/24/2011
Conteúdos:
Pontos: 685

Comentários

imagem de MariaButterfly

Esperando poder te

Esperando poder te encantar
Parar o tempo pra te ter
Seja em sonho ou em vida
E sabendo o “amor” o quanto faria para o ter...

porque,

juntos somos um...
Em gasoso, estado de nós

Impossível mas que não deixa de existir
E se um dia o amor ao amor se encontrar
Que lhe conte...

Gostei muito da tua poesia.

Beijo .

 

imagem de RZorpa

Maria, de quem já não vivo sem :)

 

O teu poder de análise surpreende, pela capacidade que tem de descarnar, deixando a nu a alma de um pobre aspirante...:)) Fazes com isso, com que me sinta atentamente observado. E especial, por isso... E, neste caso mais especial ainda, pela enorme poesia do comentário, reveladora do teu enormissimo talento. "Gostei muito da tua poesia!"

Obrigado por sempre vires... Honras-me!

Beijo

imagem de SuzeteBrainer

Um momento único, a leitura

Um momento único, a leitura desse teu poema que nos presenteia com arte, emoção, poesia sublime e a certeza que és um grande poeta de corpo e alma...

Cada vez mais, encantada em ler-te!!

Bjsmiley

imagem de RZorpa

Suzete apenas aceito esse

Suzete apenas aceito esse acalorado exagero porque reconheço a enorme dimenção poética que tens. Aliás reconheço e admiro. E quando se chega à dimensão que tu tens não há como contrapor seja o que for. É por isso que fico muito calado, acreditando em tudo o que me dizes, com um sorriso imenso como que sonhando que tudo é verdade :)).

É tambem por esta forma de falares dos outros que granjeias toda a dimensão que tens. Muito obrigado por me teres em tão boa conta, mas sobretudo pelo tempo que me dispensas.

Um enorme abraço amigo

Rui

imagem de Sara-G

Não é possivel construir um

Não é possivel construir um corpo com estes fragmentos sem sentir. Nem emocionar como emocionam, sem os viver. E vivendo e sentido, emanar em versos que cantam, através de palavras que encantam, num talento raro, de fazer com que os outros vivam as mesmas emoções ou, ainda melhor, vivam a partir daqui as suas próprias emoções, como se tudo lhes pertencesse já... É raro encontrar tanta consistencia e força nas palavras, ao longo de tantos poemas. Meus sinceros parabéns, tambem pelo critério nas escolhas dos videos, musicas e imagens, que acompanham os seus poemas. 

Sara 

imagem de RZorpa

Sentir sim, viver umas vezes

Sentir sim, viver umas vezes realmente, outras em ficção ou por experiencias conhecidas. Lisongeadores no entanto, os comentários que muito agradeço, reconhecendo no entanto, não estar a altura deles. Mas fico feliz com a possibilidade de passar emoção com que se identifique quem me lê, aumentando as probabilidades de que sobrevivam ao esquecimento, este conjunto simples de palavras juntas...

Muito obrigado pelo comentário e tempo, dedicados.

Rui

imagem de Librisscriptaest

:)

"Como a água,

adaptáveis e flexíveis,

Tu, mais em estado liquido,

eu, mais em estado sólido,

somos quase sempre um estado gasoso, se juntos"

Belo e intenso, sempre paro uns momentos para o ler e depois para o reler comigo!

Beijinho em si, Rui Zorpa,

Inês Dunas

imagem de RZorpa

Inês, Encanta-me a

Inês,

Encanta-me a possibilidade de ser relido, sobretudo, "consigo". Tão sómente porque em algum momento o devemos ter feito simultaneamente, pois, não são raras as vezes, em que procuro os recantos da sua poesia e a releio... Gostosamente imaginando-me, por dentro dela, logo, "consigo" tambem! 

É assim que entendo dever ser sentida a poesia. Obrigado pelas palavras e pelo tempo... 

Beijo

Rui

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of RZorpa

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Dedicado PORQUE HOJE, TE BEIJARIA SEM FIM... 4 1.066 05/10/2012 - 18:23 Português
Poesia/Dedicado "MEU AMOR?"... MAIS QUE UM LIVRO! 19 2.574 02/23/2012 - 11:22 Português
Poesia/Dedicado A TI, DESTINADO PERFUME... 7 1.236 02/05/2012 - 16:41 Português
Poesia/Dedicado CUMPLICE QUE ME ROUBAS A DOR… 6 1.660 01/02/2012 - 01:02 Português
Poesia/Dedicado EM LOUCOS DEVANEIOS FRENTE AO POETA, SENTADO... 22 2.194 11/29/2011 - 05:12 Português
Videos/Poesia ETERNAMENTE... 6 1.858 11/28/2011 - 13:19 Português
Fotos/Eventos "Meu Amor?" - TODOS SERÃO POUCOS... 6 1.772 11/16/2011 - 04:57 Português
Poesia/Dedicado QUE NUM MOVIMENTO, ME ARRANQUE DE TI… 11 1.867 11/16/2011 - 04:38 Português
Poesia/Dedicado TODOS SERÃO POUCOS... MAS CADA ABRAÇO, TERÁ O TAMANHO DO MUNDO! 17 1.665 11/01/2011 - 14:36 Português
Poesia/Dedicado SINTO MUITO, MEU AMOR... 3 1.591 10/31/2011 - 00:20 Português
Poesia/Dedicado O TODO - Corpo e Alma...! 39 3.519 10/24/2011 - 23:49 Português
Fotos/Outros MEU AMOR? 8 1.626 10/22/2011 - 17:00 Português
Poesia/Dedicado ALBUFEIRA, A LAGOA ONDE O SONHO SE PÔS, COM O SOL… 2 1.416 10/18/2011 - 06:40 Português
Poesia/Dedicado O PASSO A PASSO DE UM TODO - O mais importante dos passos 7 1.919 10/17/2011 - 20:43 Português
Poesia/Amor O PASSO A PASSO DE UM TODO - Fragmentos 8 1.852 10/15/2011 - 16:41 Português
Poesia/Amor O PASSO A PASSO DE UM TODO - Post Scriptum 6 1.111 10/10/2011 - 02:07 Português
Poesia/Dedicado O DESEJO QUE O MEU DESEJO TEM, DE TANTO DESEJAR… 15 2.667 10/10/2011 - 01:10 Português
Poesia/Amor O PASSO A PASSO DE UM TODO - O titulo 2 996 10/08/2011 - 06:16 Português
Poesia/Dedicado MARIA 6 1.446 10/06/2011 - 22:12 Português
Poesia/Dedicado E OS CORPOS... PORQUE SE ESCONDEM? 8 1.556 09/30/2011 - 06:41 Português
Poesia/Dedicado FIO QUE SE DESVANECE, DOENDO... 13 1.876 09/26/2011 - 06:29 Português
Poesia/Fantasia O PODER QUE O SONHO DÁ, DE SER… 6 1.152 09/22/2011 - 21:22 Português
Poesia/Dedicado NA VULNERABILIDADE DO SUPLÍCIO... 4 2.257 09/07/2011 - 01:49 Português
Poesia/Dedicado O QUE ME DIZ O VENTO, DAQUILO QUE O TEMPO TE DIRÁ … 0 1.610 09/05/2011 - 18:00 Português
Poesia/Dedicado UM DIA CHEGARÁ, EM QUE ATÉ O SONHO DESISTIRÁ… 1 1.346 08/25/2011 - 19:02 Português