CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Perdão

Tenho de te pedir perdão!
Dizes-me tu suspirando
Como se quisesses aliviar a tua consciência
De incompreensões arcaicas que foram ficando
Como se volvida uma eternidade
Finalmente te desses conta do vilão que foste
Da sevícia que exerceste
Já perdi a conta
Das vezes que me pediste desculpa
Absolvição para os teus traumas
Para os teus fantasmas que oscilam em teu redor
Que te hão-de inundar até ao fim dos teus dias
Não tenho nada a perdoar!
Tu és dualidade indócil
Mas não sou Deus para ajuizar
És destempero inadmissível
Ser indolente escravo em dipsomania
Como podes pedir absolvição
Quando teimas nos mesmos erros
Se aferras nos mesmos vícios!
Surdo aos gritos alheios
Ser de vistas limitadas
Serviçal de fobias indecifráveis
De perspectivas em ti próprio enclausuradas!
Como podes deitar lágrimas de arrependimento
Se nada queres aprender na vida
Se és prepotência estagnada no tempo!

Submited by

quinta-feira, julho 10, 2008 - 06:39

Poesia :

No votes yet

AnaMaria

imagem de AnaMaria
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 7 anos 28 semanas
Membro desde: 05/14/2008
Conteúdos:
Pontos: 431

Comentários

imagem de Henrique

Re: Perdão

Um poema com arte, razão e sentimento!!!

:-)

imagem de SRaven

Re: Perdão

Quantas vezes não se procura no perdão a autorização para futuros pecados? A mensagem deste poema é clara e magistral.
Parabéns. Adorei.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of AnaMaria

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor Amor e paixão 5 715 02/19/2012 - 12:00 Português
Videos/Perfil 135 0 977 11/24/2010 - 21:48 Português
Fotos/ - 367 0 928 11/23/2010 - 23:35 Português
Fotos/ - 360 0 1.007 11/23/2010 - 23:35 Português
Fotos/ - 359 0 1.033 11/23/2010 - 23:35 Português
Fotos/ - 366 0 1.099 11/23/2010 - 23:35 Português
Poesia/Meditação Castelos de ilusões 3 562 02/27/2010 - 20:32 Português
Poesia/Tristeza Ausência 6 681 02/27/2010 - 19:16 Português
Poesia/Tristeza Lua de afectos 4 634 02/27/2010 - 19:10 Português
Poesia/Desilusão Bússula esquecida 6 607 02/27/2010 - 18:37 Português
Poesia/Meditação Desventura 3 645 02/27/2010 - 18:33 Português
Poesia/Meditação Veias de sangue e tinta 2 589 02/27/2010 - 15:21 Português
Poesia/Tristeza Caminhar 4 638 02/27/2010 - 14:37 Português
Poesia/Aforismo Ablução 5 697 02/26/2010 - 18:18 Português
Poesia/Dedicado Perdoa! 4 727 02/26/2010 - 17:54 Português
Poesia/Amor O esvoaçar da tua voz 3 469 02/26/2010 - 17:20 Português
Poesia/Paixão Quebra-cabeças 4 458 02/26/2010 - 17:08 Português
Poesia/Tristeza Vida inacabada 2 553 02/26/2010 - 17:02 Português
Poesia/Dedicado Beijo de liberdade 3 595 02/26/2010 - 13:49 Português
Poesia/Amor Saudades do teu abraço 3 497 02/26/2010 - 13:46 Português
Poesia/Amizade Só a mim pertenço!... (Vony Ferreira e Ana Maria Oliveira) 4 555 02/26/2010 - 13:44 Português
Poesia/Meditação Silêncio e paz 4 561 02/26/2010 - 13:38 Português
Poesia/Dedicado Se um dia... Mulher! 3 647 02/26/2010 - 13:31 Português
Poesia/Dedicado Perdão 2 546 02/26/2010 - 13:27 Português
Poesia/Amizade Repousa no meu ombro 2 771 02/26/2010 - 13:23 Português