CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Tranquilidade

O desejo de ser livre
De caminhar pelas manhãs
Com o coração tão leve como as plumas
Apenas um sorriso no rosto
E a tranquilidade na alma.

As borboletas voam inquietas
Se misturam as flores do jardim
Enquanto os pensamentos voam o infinito
Na busca eterna da realização plena
Uma vida tranquila é o sonho real.

Não precisamos tanto assim
De tentar alcançar uma vida feliz
Nem mesmo os melhores de nossos esforços
Poderiam ser capazes de conseguir
Mas, uma vida tranquila é o que nos basta.

Deitar a cabeça no travesseiro
E saber que a consciência está limpa
Que o sono será calmo e em profunda paz
É o que torna real a felicidade
E é mais preciso do que o ouro!

Quero viver a plena tranquilidade
Poder erguer os meus olhos para o horizonte
Viver a vida em sua plenitude
Sentir a brisa da manhã acariciar o meu rosto
E ter paz para continuar a caminhada.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

quarta-feira, maio 25, 2022 - 18:37

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 dia 14 horas
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 8045

Comentários

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Fantasia Perdido entre tantos lugares ou uma noite no Café Nice 3 26 07/02/2022 - 02:00 Português
Poesia/Pensamentos Não deixe de falar o que sente 3 56 06/30/2022 - 21:57 Português
Poesia/Amor Sentir nos lábios 3 22 06/30/2022 - 21:54 Português
Poesia/Pensamentos Faz de conta 3 33 06/29/2022 - 19:59 Português
Poesia/Intervenção O regresso a inevitável casa 3 63 06/28/2022 - 20:10 Português
Poesia/Meditação Sem esperança não há vida 3 38 06/27/2022 - 20:18 Português
Poesia/Meditação Escravos do medo 3 104 06/27/2022 - 13:05 Português
Poesia/Meditação Mude a perspectiva da sua vida 3 138 06/24/2022 - 23:00 Português
Poesia/Paixão A mais pura paixão 3 78 06/24/2022 - 01:53 Português
Prosas/Pensamentos A solidão que me faz bem 3 43 06/23/2022 - 22:58 Português
Poesia/Desilusão Aquele sonho 3 82 06/23/2022 - 19:35 Português
Poesia/Alegria Vai no cais pra ver 3 100 06/22/2022 - 21:01 Português
Poesia/Amor Silenciosa saudade 3 60 06/21/2022 - 21:32 Português
Poesia/Desilusão Rasgar a alma 3 60 06/20/2022 - 23:42 Português
Poesia/Paixão Em suas mãos 3 82 06/20/2022 - 12:02 Português
Poesia/Intervenção O caminhar da humanidade 3 146 06/18/2022 - 13:40 Português
Videos/Outros Uma Noite Memorável - Lançamento de livros do Poeta Cacerense 0 45 06/15/2022 - 20:05 Português
Poesia/Alegria Uma Noite Memorável - Lançamento de livros do Poeta Cacerense 0 98 06/15/2022 - 19:58 Português
Poesia/Desilusão Vivo cada dia 3 128 06/13/2022 - 11:59 Português
Poesia/Meditação Nunca se desvanece 3 121 06/10/2022 - 21:42 Português
Poesia/Fantasia Helena de Tróia 3 227 06/09/2022 - 20:18 Português
Videos/Poesia Cáceres em Versos e Reversos - Análise do poema 0 46 06/08/2022 - 22:31 Português
Poesia/Dedicado Cáceres em Versos e Reversos - Análise do poema 0 87 06/08/2022 - 22:27 Português
Poesia/Tristeza Outra noite 3 70 06/08/2022 - 19:27 Português
Poesia/Amor A silhueta dos amantes 3 82 06/08/2022 - 02:44 Português