CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Meu cachorro Pingo

Com que apego tenho olhado o meu cachorro, já esquivo e velho, olhos transbordantes em remelas mucosas e amareladas, triste como uma nota soante dada por um trompete em jazz, já não pulando para me pedir o ocinho, cansado como um ancião, medroso como uma criança, hábitos ociosos e inermes, suscitando um latir sufocado na hora do banho, tremulo quando deixado sozinho em casa, sensível como uma criança, babão e rabugento. Velho. Ah, esse Pingo de humanidade que falta nas pessoas...

Submited by

segunda-feira, fevereiro 8, 2010 - 06:59

Ministério da Poesia :

No votes yet

joaopaulo19

imagem de joaopaulo19
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 9 anos 28 semanas
Membro desde: 02/08/2010
Conteúdos:
Pontos: 111

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of joaopaulo19

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Intervenção O poema subjetivo 0 328 11/19/2010 - 19:23 Português
Ministério da Poesia/Desilusão Canção para Bia 0 275 11/19/2010 - 19:23 Português
Ministério da Poesia/Intervenção Da criação 0 336 11/19/2010 - 19:23 Português
Ministério da Poesia/Intervenção À la tombée de la nuit 0 300 11/19/2010 - 19:23 Português
Ministério da Poesia/Intervenção O poema subjetivo 0 628 11/19/2010 - 19:23 Português
Ministério da Poesia/Intervenção Meu cachorro Pingo 0 401 11/19/2010 - 19:21 Português
Ministério da Poesia/Aforismo Carta ao exímio monsieur Hélio 0 319 11/19/2010 - 19:21 Português
Ministério da Poesia/Aforismo Hino à infância 0 324 11/19/2010 - 19:21 Português
Ministério da Poesia/Intervenção Depressão 0 345 11/19/2010 - 19:21 Português
Ministério da Poesia/Intervenção Morte no ônibus 0 254 11/19/2010 - 19:21 Português
Ministério da Poesia/Intervenção O comunista 0 290 11/19/2010 - 19:21 Português
Ministério da Poesia/Intervenção Sem forças para ir adiante 0 263 11/19/2010 - 19:21 Português
Ministério da Poesia/Intervenção Evocação 0 253 11/19/2010 - 19:21 Português
Ministério da Poesia/Intervenção A verdade 0 342 11/19/2010 - 19:21 Português
Ministério da Poesia/Intervenção Do mistério corpóreo 0 311 11/19/2010 - 19:21 Português
Ministério da Poesia/Intervenção Eu quero triste 0 341 11/19/2010 - 19:21 Português
Ministério da Poesia/Intervenção Adeus 0 322 11/19/2010 - 19:21 Português
Ministério da Poesia/Intervenção De Leningrado 0 329 11/19/2010 - 19:21 Português
Ministério da Poesia/Intervenção Ninfetinha 0 503 11/19/2010 - 19:21 Português
Ministério da Poesia/Intervenção Iconoclastia 0 324 11/19/2010 - 19:21 Português
Ministério da Poesia/Intervenção Do poeta 0 314 11/19/2010 - 19:21 Português
Ministério da Poesia/Intervenção À igreja 0 329 11/19/2010 - 19:21 Português
Ministério da Poesia/Intervenção Soneto sem nome 0 371 11/19/2010 - 19:21 Português
Ministério da Poesia/Intervenção Morte diária 0 323 11/19/2010 - 19:21 Português
Ministério da Poesia/Intervenção Olá, Monotonia 0 346 11/19/2010 - 19:21 Português