"Ainda luto"

Luto sempre pela minha sanidade.
Procuro por entre vários caminhos um onde minha fuga seja mais lúcida.
Tento não ser torto para que não os atrapalhem.
Vou torturando-me para que todos tenham salvação.
Procuro mostrar que mesmo na incerteza podemos ser melhores que antes.
E minhas dúvidas continuam esperando respostas.
Minh'alma calejada e quase destruída se afoga nas mágoas que a ela fora concedida.
Ainda tento em todos os absurdos pôr-me de pé para ajudar.
Sinto o peso e o cansaço me abater, derrubar e maltratar.
Sinto-me a um passo da loucura, donde nela volto ao ponto de fuga.
Queria eu firmar raízes e ali permanecer.
Mas tudo retorna jogando-me pensamento de desespero mostrando-me meu passado.
Não posso mais guerrear para outros e a minha nem tentar.
Estou cansado e abatido.
Perdido e incompreendido.
Aos poucos em uma loucura particular sem percepção alheia.
Procurando aproveitar um pouco da sanidade que me resta.
Ainda sei que é cedo.
E enquanto não chegar a hora derramarei minhas lágrimas em letras.
Pois é o que me resta.

Autor: Verton Brandino Da Silva
(13/07/2012)
Colatina ES

Submited by

Friday, July 13, 2012 - 17:03

Poesia :

No votes yet

Verton Brandino da Silva

Verton Brandino da Silva's picture
Offline
Title: Membro
Last seen: 1 year 41 weeks ago
Joined: 04/13/2011
Posts:
Points: 986

Add comment

Login to post comments

other contents of Verton Brandino da Silva

Topic Title Replies Views Last Postsort icon Language
Poesia/Thoughts "Psicose!" 0 666 03/07/2022 - 22:44 Portuguese
Poesia/Thoughts "Corruptos de nós mesmos!" 0 789 02/28/2022 - 23:38 Portuguese
Poesia/General "Poema da Madrugada!" 0 839 09/08/2021 - 15:13 Portuguese
Poesia/General "Reflexão de uma certa quinta!" 0 867 06/10/2021 - 00:11 Portuguese
Poesia/General "Amanhã pode ser tarde!" 0 999 05/19/2021 - 23:25 Portuguese
Poesia/Fantasy "Incógnita na tempestade!" 0 1.104 05/17/2021 - 12:53 Portuguese
Poesia/Dedicated "Quem sabe,formiga?" 0 948 05/17/2021 - 12:48 Portuguese
Poesia/Dedicated "Regando a felicidade!" 0 917 05/01/2021 - 10:35 Portuguese
Poesia/Fantasy "Ex-calada! 0 829 04/08/2021 - 11:18 Portuguese
Poesia/General "Passa tempo!" 2 1.170 04/08/2021 - 11:17 Portuguese
Poesia/Disillusion "Com você!" 0 803 04/04/2021 - 13:00 Portuguese
Poesia/General "Versos em Papel!" 2 1.056 04/04/2021 - 12:27 Portuguese
Poesia/Disillusion "Partida!" 0 857 03/13/2021 - 12:03 Portuguese
Poesia/General "Foi sorte!" 0 927 03/02/2021 - 19:20 Portuguese
Poesia/General "Ter!" 0 1.418 02/21/2021 - 11:23 Portuguese
Poesia/Fantasy "O dia em que morri!" 0 1.410 02/19/2021 - 17:16 Portuguese
Poesia/Fantasy "Além!" 2 1.612 02/13/2021 - 01:34 Portuguese
Poesia/Thoughts "Quem sabe!" 0 844 01/31/2021 - 01:52 Portuguese
Poesia/Fantasy "Onde estão?" 2 1.059 01/31/2021 - 01:46 Portuguese
Poesia/General "Indecisão!" 2 878 01/31/2021 - 01:43 Portuguese
Poesia/General "Anjo bom!" 0 935 01/25/2021 - 10:57 Portuguese
Poesia/General "Anjo sem asas!" 0 1.010 01/13/2021 - 19:37 Portuguese
Poesia/Thoughts "Vai entender!" 0 965 01/08/2021 - 18:54 Portuguese
Poesia/General "MENSAGEM DE RÉVEILLON!" 0 943 12/31/2020 - 10:35 Portuguese
Poesia/Dedicated "Doce rio!" 0 1.103 11/20/2020 - 01:40 Portuguese