Tudo

Tudo tão nefasto, tão profundo
Tão silencioso
Como o oceano a perder de vista
Tão trágico
Na alegria do cego perdido
Tudo escuro, tão surreal
Como o pássaro que voa na alvorada
De uma solidão qualquer
Tudo tão estranho, tão assustador
Como a estrela vermelha de uma bandeira
Que não tremula no vento leste
Daquela tristeza intrínseca
Tudo tão caótico, tão sério
Como o marinheiro olhando o imenso vazio
Do qual está prestes a desbravar
Sem saber se um dia retornará
Tudo tão alegre, tão feliz
Como o passear de um ancião
Ante a correria de uma criança
Em uma praça qualquer
Tudo tão encantador, tão fugaz
Como o sorriso da donzela
Que não descobriu o amor
E nem por ele foi amaldiçoado
Tudo tão perfeito, tão certo
Como a brisa da manhã
Depois de uma longa noite de agonia
Do jovem solitário
Tudo tão apaixonado, tão louco
Como o lobo na estepe
Espreitando a presa ao longe
Sem saber que está sendo vigiado
Tudo é tão sem noção na vida
Sem sentido algum
Que apago de minha memória
Tudo aquilo que me fez sofrer
Tudo faz sentido
Quando olhamos no espelho
E não conseguimos enxergar o horizonte
Que nunca, em tempo algum, existiu.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

Wednesday, August 7, 2019 - 20:08

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

Odairjsilva's picture
Offline
Title: Membro
Last seen: 2 hours 31 min ago
Joined: 04/07/2009
Posts:
Points: 5766

Add comment

Login to post comments

other contents of Odairjsilva

Topic Title Replies Views Last Postsort icon Language
Poesia/Meditation As sete cabeças de um mesmo monstro 0 19 06/22/2021 - 13:33 Portuguese
Poesia/Disillusion O pequeno lenço 0 145 06/21/2021 - 12:49 Portuguese
Poesia/Love Delira, grita e amanhece 0 41 06/19/2021 - 23:25 Portuguese
Poesia/Thoughts Quando o silêncio romper a aurora da vida 1 51 06/18/2021 - 20:23 Portuguese
Poesia/Love É o que posso dizer 2 68 06/18/2021 - 20:22 Portuguese
Poesia/Love Fragmentos de uma mensagem de amor II 4 79 06/18/2021 - 20:21 Portuguese
Poesia/Disillusion Rosa venenosa 0 36 06/17/2021 - 13:46 Portuguese
Poesia/Thoughts O relógio do juízo final 0 93 06/16/2021 - 20:22 Portuguese
Poesia/Sadness O vento e as lembranças 0 67 06/15/2021 - 01:04 Portuguese
Poesia/Meditation Dias estranhos 0 58 06/13/2021 - 18:31 Portuguese
Poesia/Intervention Sob pressão 0 84 06/11/2021 - 16:41 Portuguese
Poesia/Passion Quem sabe ela ouvirá 0 260 06/10/2021 - 14:17 Portuguese
Poesia/Passion Pra sentir seu cheiro 0 84 06/09/2021 - 19:31 Portuguese
Poesia/Love Fale sem medo 0 92 06/08/2021 - 21:05 Portuguese
Poesia/Disillusion Não me faça promessas 0 85 06/07/2021 - 20:48 Portuguese
Poesia/Meditation Jesus Cristo é a cura para o coração 0 51 06/06/2021 - 15:24 Portuguese
Poesia/Passion Não há barreiras que possam impedir 0 64 06/05/2021 - 12:56 Portuguese
Poesia/Disillusion Uma certa canção de liberdade 0 56 06/04/2021 - 12:38 Portuguese
Poesia/Passion Ela parecia uma flor 0 103 06/03/2021 - 22:47 Portuguese
Poesia/Sadness Fragmentos de uma mensagem de amor I 0 75 06/02/2021 - 22:44 Portuguese
Poesia/Love Beleza rara 0 176 06/01/2021 - 19:39 Portuguese
Poesia/Thoughts De que loucuras falamos? 0 94 05/31/2021 - 19:32 Portuguese
Poesia/Love Tudo agora 0 86 05/30/2021 - 11:55 Portuguese
Poesia/Love Uma fagulha 0 128 05/27/2021 - 14:23 Portuguese
Poesia/Love Você é mais do que os olhos podem ver 0 131 05/26/2021 - 20:32 Portuguese