Cáceres dos meus amores


Quando eu for saudade
Saudade de um tempo
Há de existir na memória de alguém
Uma lembrança
Do por do sol no cais
Ou de vislumbrar o Rio Paraguai
Nos dias de cheia
Sobre a Ponte Marechal Rondon.

Quando eu for lembrança
Alguém irá perceber
O meu grande amor pela cidade
Que me viu nascer
Crescer e sonhar.

Verás que tenho todos os motivos
Para descrever tua beleza singular
Que tive razão
E do fundo do meu coração
Nos meus versos te eternizar.

Cáceres dos meus amores
Se não foras em ti
Em qual lugar do mundo
Poderias ter nascido?

Tu és a minha razão de existir
E tens em ti a beleza ímpar
Da natureza exuberante
Que perpetuamente estará
Nos corações dos que amam a ti.

Nasci na melhor cidade do mundo
Na Princesinha do Rio Paraguai
Onde mora a felicidade
Nas tardes de verão
Onde reina a tranquilidade
De um por do sol
Pintado pelas mãos do Criador.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

Friday, October 1, 2021 - 18:27

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

Odairjsilva's picture
Offline
Title: Membro
Last seen: 5 hours 42 min ago
Joined: 04/07/2009
Posts:
Points: 6738

Add comment

Login to post comments

other contents of Odairjsilva

Topic Title Replies Views Last Postsort icon Language
Poesia/Disillusion Não seja cega 0 28 01/17/2022 - 16:18 Portuguese
Poesia/Meditation Aprendi que Deus gosta dos aflitos 0 59 01/16/2022 - 19:37 Portuguese
Poesia/Fantasy Sob o olhar da coruja 0 35 01/15/2022 - 18:20 Portuguese
Poesia/Love Se eu não puder te esquecer 0 54 01/15/2022 - 11:51 Portuguese
Poesia/Thoughts A longa viagem de Stone Halls 0 118 01/14/2022 - 11:37 Portuguese
Poesia/Thoughts Dias de um futuro esquecido 0 138 01/13/2022 - 11:23 Portuguese
Poesia/Love Quando tudo parecia real 0 62 01/12/2022 - 16:46 Portuguese
Poesia/Thoughts O pensamento humano 0 153 01/11/2022 - 16:42 Portuguese
Poesia/Thoughts Tormentas 0 59 01/10/2022 - 16:36 Portuguese
Poesia/Disillusion Um dia termina 0 46 01/09/2022 - 17:05 Portuguese
Poesia/Disillusion Pavor 0 39 01/09/2022 - 17:01 Portuguese
Poesia/Intervention A humanidade não causa mais afeição 0 55 01/07/2022 - 11:28 Portuguese
Poesia/Love Um dia de chuva na lembrança de quem tanto amou 0 63 01/06/2022 - 11:04 Portuguese
Poesia/Love O sonho mais bonito 0 88 01/05/2022 - 11:15 Portuguese
Prosas/Thoughts O Deus da História 0 83 01/04/2022 - 11:17 Portuguese
Poesia/Meditation A loucura nem sempre é caos 0 207 01/03/2022 - 14:53 Portuguese
Poesia/Love Amar, como eu amei 0 63 01/03/2022 - 11:33 Portuguese
Poesia/Love Peregrinações 0 182 01/02/2022 - 11:45 Portuguese
Prosas/Thoughts Resoluções 0 48 01/02/2022 - 11:40 Portuguese
Poesia/Meditation Raízes profundas 0 50 12/30/2021 - 11:11 Portuguese
Poesia/Intervention O caos é uma escada 0 101 12/29/2021 - 11:45 Portuguese
Poesia/Song Não se pode mensurar 0 48 12/28/2021 - 10:48 Portuguese
Poesia/Disillusion O que o sol fez com aquela alegria 0 59 12/27/2021 - 11:00 Portuguese
Poesia/Meditation Os conselhos de meu pai 0 62 12/26/2021 - 14:36 Portuguese
Poesia/Sadness O fim não pode ser agora 0 59 12/24/2021 - 11:03 Portuguese