A TI, DESTINADO PERFUME...

 

 

 

 

 

DESTINADO PERFUME

 

Se real fosse, o acaso que não sinto
As flores não seriam flores…
Poderiam, até, inspirar-se nas cores
Mas o perfume… Ah…
… O perfume é fatal destino
:
:
:
:
:
:
:

Rzorpa
 

Submited by

Viernes, Enero 13, 2012 - 02:37

Poesia :

Su voto: Nada (4 votos)

RZorpa

Imagen de RZorpa
Desconectado
Título: Membro
Last seen: Hace 6 años 45 semanas
Integró: 06/24/2011
Posts:
Points: 685

Comentarios

Imagen de Odete Ferreira

Entre o acaso

Entre o acaso que não sentes

(porque o relegas para para outro plano)

é no apurado olfato

que pressentes

ser fatal porque aditivo

a um ser sensitivo...

Assim se usa o perfume

como adereço sedutor

para que fique cativo

no outro, como amor...

 

Será que apreendi o poema? Não raro é ouvir-se dizer "ainda sinto o teu cheiro", deduzindo eu que é dos elementos mais inebriantes e marcantes, sensualmente

falando. Não, não estou a ser ousada, apenas analiso um poema..smiley

Bjo, amigo Rzorpa

Imagen de MariaButterfly

Real é o perfume Do

Real é o perfume
Do destino,

Com destino.

Do que serviriam as cores?

Linda poesia, profunda…

 

 

gostei muito de ler-te aqui, outra vez.

Beijo

Imagen de loftspell

A TI, DESTINADO PERFUME...

Belo, delicado e perfumado como uma flor, assim é o teu poema.

É um prazer ler-te

Abraço

Imagen de SuzeteBrainer

Que belo poema,onde a tua

Que belo poema,onde a tua musa é o perfume pertencente à todas as flores...

Desejo que o destino do casal seja perfumado pela felicidade!!

Adoro ler-te,amigowink

Um abraço perfumado com a alegria do teu retornosmiley  

Imagen de Teresa Almeida

Um poema bem pequenino que

Um poema bem pequenino que nos envolve em intenso perfume.

Como se esse destino nos pertencesse.

Que fragrância!

 

Beijo.

Imagen de joanadarc

Dos campos mais verdejantes e

Dos campos mais verdejantes e perfumados,

Tu regressas...

Como se apenas, tivessem sido 5 segundos passados,

Sem pressas...

Deixas o teu odor,

Por onde passas,

Perfumado...meu amor?

E marcas...

 

 

Imagen de RZorpa

Pressinto-te o perfume do

Pressinto-te o perfume do espírito pela forma como te expressas, pela elegancia com que me chegas... Deslocas-te quase sem tocar o chão. Há espiritos assim... 

Add comment

Inicie sesión para enviar comentarios

other contents of RZorpa

Tema Título Respuestas Lecturas Último envíoordenar por icono Idioma
Poesia/Dedicada PORQUE HOJE, TE BEIJARIA SEM FIM... 4 1.113 05/10/2012 - 18:23 Portuguese
Poesia/Dedicada "MEU AMOR?"... MAIS QUE UM LIVRO! 19 2.602 02/23/2012 - 11:22 Portuguese
Poesia/Dedicada A TI, DESTINADO PERFUME... 7 1.257 02/05/2012 - 16:41 Portuguese
Poesia/Dedicada CUMPLICE QUE ME ROUBAS A DOR… 6 1.674 01/02/2012 - 01:02 Portuguese
Poesia/Dedicada EM LOUCOS DEVANEIOS FRENTE AO POETA, SENTADO... 22 2.212 11/29/2011 - 05:12 Portuguese
Videos/Poesía ETERNAMENTE... 6 1.886 11/28/2011 - 13:19 Portuguese
Fotos/Eventos "Meu Amor?" - TODOS SERÃO POUCOS... 6 1.809 11/16/2011 - 04:57 Portuguese
Poesia/Dedicada QUE NUM MOVIMENTO, ME ARRANQUE DE TI… 11 1.881 11/16/2011 - 04:38 Portuguese
Poesia/Dedicada TODOS SERÃO POUCOS... MAS CADA ABRAÇO, TERÁ O TAMANHO DO MUNDO! 17 1.683 11/01/2011 - 14:36 Portuguese
Poesia/Dedicada SINTO MUITO, MEU AMOR... 3 1.616 10/31/2011 - 00:20 Portuguese
Poesia/Dedicada O TODO - Corpo e Alma...! 39 3.543 10/24/2011 - 23:49 Portuguese
Fotos/Otros MEU AMOR? 8 1.662 10/22/2011 - 17:00 Portuguese
Poesia/Dedicada ALBUFEIRA, A LAGOA ONDE O SONHO SE PÔS, COM O SOL… 2 1.425 10/18/2011 - 06:40 Portuguese
Poesia/Dedicada O PASSO A PASSO DE UM TODO - O mais importante dos passos 7 1.938 10/17/2011 - 20:43 Portuguese
Poesia/Amor O PASSO A PASSO DE UM TODO - Fragmentos 8 1.872 10/15/2011 - 16:41 Portuguese
Poesia/Amor O PASSO A PASSO DE UM TODO - Post Scriptum 6 1.135 10/10/2011 - 02:07 Portuguese
Poesia/Dedicada O DESEJO QUE O MEU DESEJO TEM, DE TANTO DESEJAR… 15 2.675 10/10/2011 - 01:10 Portuguese
Poesia/Amor O PASSO A PASSO DE UM TODO - O titulo 2 1.021 10/08/2011 - 06:16 Portuguese
Poesia/Dedicada MARIA 6 1.474 10/06/2011 - 22:12 Portuguese
Poesia/Dedicada E OS CORPOS... PORQUE SE ESCONDEM? 8 1.576 09/30/2011 - 06:41 Portuguese
Poesia/Dedicada FIO QUE SE DESVANECE, DOENDO... 13 1.894 09/26/2011 - 06:29 Portuguese
Poesia/Fantasía O PODER QUE O SONHO DÁ, DE SER… 6 1.158 09/22/2011 - 21:22 Portuguese
Poesia/Dedicada NA VULNERABILIDADE DO SUPLÍCIO... 4 2.268 09/07/2011 - 01:49 Portuguese
Poesia/Dedicada O QUE ME DIZ O VENTO, DAQUILO QUE O TEMPO TE DIRÁ … 0 1.616 09/05/2011 - 18:00 Portuguese
Poesia/Dedicada UM DIA CHEGARÁ, EM QUE ATÉ O SONHO DESISTIRÁ… 1 1.358 08/25/2011 - 19:02 Portuguese