CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Angorá

Agora,
Angorá,
Agonia,
Espero apenas um toque
Que rasgue a noite silenciosa
Como um raio na escuridão que assusta.
Suspiro, vivo suspirando.
Os riscos nas paredes dessa cela sem grades
Aparecem tão devagar...
Quanto mais perto o dia fica,
O medo de ter decidido esta vida se torna maior.
São três mil possibilidades
E não me importa que fossem três milhões...
Ter escolhido ficar com você foi o que eu quis.
Não posso prever o futuro...
Não posso dizer qual o melhor caminho...
Por que o futuro e os caminhos são muitos.
Mas posso te amar,
Posso aprender a te amar mesmo quando tenho certeza que te odeio.
Porque não te odeio.
Eu me detesto por ser tão egoista.
Por isso te machuco...
Mas poderia sempre escolher junto de você as melhores memórias.
As mais belas vitórias.
As noites mais quentes.
Quando passarmos por tudo que ainda há de vir.
E apenas um toque nos despertar
Para a nova vida alem-mar.

E o que te faz pensar
Que são finas as paredes
De uma cela
Que não tem grades na janela?
Que posso fugir?
Sem o preço de meus crimes pagar?!
Agora Angorá
Me resta a agonia
De esperar...

;-)

Submited by

sábado, setembro 19, 2009 - 05:07

Poesia :

No votes yet

ZiZi

imagem de ZiZi
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 2 anos 1 semana
Membro desde: 08/23/2009
Conteúdos:
Pontos: 274

Comentários

imagem de FlaviaAssaife

Re: Angorá

Zizi,

A vida é assim.. Para todos os nosso atos, existe uma reação... As vezes mais fácil de aceitar, perdoar, contornar...outras, só nos resta esperar!

Gostei ;-)

imagem de MarneDulinski

Re: Angorá

ZiZi!

Angorá
E o que te faz pensar
Que são finas as paredes
De uma cela
Que não tem grades na janela?
Que posso fugir?
Sem o preço de meus crimes pagar?!
Agora Angorá
Me resta a agonia
De esperar...
Gostei, também vou esperar...
Marne

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of ZiZi

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral Cascas de ferida 1 659 04/16/2011 - 03:58 Português
Fotos/ - 2163 0 856 11/24/2010 - 00:45 Português
Fotos/ - 1680 0 888 11/24/2010 - 00:40 Português
Fotos/ - 1681 0 807 11/24/2010 - 00:40 Português
Fotos/ - 1682 0 848 11/24/2010 - 00:40 Português
Poesia/Geral 0 421 11/18/2010 - 15:58 Português
Poesia/Geral 52 e meio 0 485 11/18/2010 - 00:00 Português
Poesia/Geral Reflexo 1 370 04/10/2010 - 04:47 Português
Poesia/Geral Afagos na Desilusão 3 454 03/06/2010 - 13:32 Português
Poesia/Geral Na minha voz 2 461 03/06/2010 - 04:16 Português
Poesia/Geral Castelos da Infância 2 384 03/06/2010 - 04:14 Português
Poesia/Geral Jantar 2 372 11/21/2009 - 19:03 Português
Poesia/Geral Hi! Hello! 1 435 11/21/2009 - 06:41 Português
Poesia/Geral Brazilian wax 1 509 11/21/2009 - 05:39 Português
Poesia/Geral Esmola p´ra play 4 452 11/01/2009 - 23:21 Português
Poesia/Geral Reforma Agraria 2 421 11/01/2009 - 00:49 Português
Poesia/Geral Aquecedor de baixo custo para chuveiro 3 405 10/30/2009 - 21:08 Português
Poesia/Geral Corredor do tribunal 3 443 10/30/2009 - 18:30 Português
Prosas/Mistério PERNA AMPUTADA 2 576 10/07/2009 - 16:11 Português
Poesia/Geral Vitimas inocentes 2 400 10/07/2009 - 15:06 Português
Poesia/Geral Vicio 1 446 09/28/2009 - 12:41 Português
Poesia/Geral Atemporal 1 555 09/28/2009 - 12:37 Português
Poesia/Geral Classificados 2 399 09/27/2009 - 15:38 Português
Poesia/Geral Atualizado o passado, renovada a dor 1 381 09/27/2009 - 03:56 Português
Poesia/Geral Calo me calo 2 422 09/27/2009 - 01:17 Português