CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Cativa do abismo

Entranho-me pelo insondável e negro oceano
Seres das profundezas aprisionam-me no seu âmago
Combato por me desprender, numa contenda desigual
Criaturas marinhas vêm na minha direcção
Deslumbramento e temor em revelações sincrónicas
Os meus braços erguem-se na direcção da luz
Uma eternidade
Para a longínqua claridade!

O meu corpo nu gesticula, esbraceja em desespero!
Num esforço enorme, qual diligência inútil
Para subir à tona num anseio por respirar
Desfaleço a qualquer momento na subida inalcançável
E a superfície que permanece inatingível!

As minhas mãos removem as águas sombrias
Todos os membros se agitam na subida
Vou morrer na tentativa, mas entreabro os lábios
Respiro!
Respiro!
Conquisto a luz do sol!

O coração ainda bate desgovernado
Mais uma vez consegui sair do abismo!
Mais uma vez esqueci que sou apenas uma gota solitária
Que faz parte do oceano profundo da consciência cósmica
Que por muitos lagos que ocupe
Por muitos rios que transponha
Por muitas nuvens que beije
Por muita chuva que abrace
É ao oceano profundo que retorno
Como se exclusivamente e verdadeiramente
Só a ele pertencesse!

Submited by

quinta-feira, junho 12, 2008 - 18:59

Poesia :

No votes yet

AnaMaria

imagem de AnaMaria
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 anos 45 semanas
Membro desde: 05/14/2008
Conteúdos:
Pontos: 431

Comentários

imagem de Henrique

Re: Cativa do abismo

Um poema escrito com alma!

:-)

imagem de Anonymous

Re: Cativa do abismo

Por vezes quando a leio sinto como se ansiasse atravessar o universo transformada em ser cósmico.
Este poema 8que não conhecia)
é de uma profundidade enorme.
Revela o seu lado inquieto e introspectivo.
Vóny Ferreira

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of AnaMaria

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor Amor e paixão 5 640 02/19/2012 - 13:00 Português
Videos/Perfil 135 0 866 11/24/2010 - 22:48 Português
Fotos/ - 367 0 815 11/24/2010 - 00:35 Português
Fotos/ - 360 0 896 11/24/2010 - 00:35 Português
Fotos/ - 359 0 843 11/24/2010 - 00:35 Português
Fotos/ - 366 0 996 11/24/2010 - 00:35 Português
Poesia/Meditação Castelos de ilusões 3 446 02/27/2010 - 21:32 Português
Poesia/Tristeza Ausência 6 573 02/27/2010 - 20:16 Português
Poesia/Tristeza Lua de afectos 4 548 02/27/2010 - 20:10 Português
Poesia/Desilusão Bússula esquecida 6 530 02/27/2010 - 19:37 Português
Poesia/Meditação Desventura 3 544 02/27/2010 - 19:33 Português
Poesia/Meditação Veias de sangue e tinta 2 484 02/27/2010 - 16:21 Português
Poesia/Tristeza Caminhar 4 552 02/27/2010 - 15:37 Português
Poesia/Aforismo Ablução 5 624 02/26/2010 - 19:18 Português
Poesia/Dedicado Perdoa! 4 640 02/26/2010 - 18:54 Português
Poesia/Amor O esvoaçar da tua voz 3 389 02/26/2010 - 18:20 Português
Poesia/Paixão Quebra-cabeças 4 333 02/26/2010 - 18:08 Português
Poesia/Tristeza Vida inacabada 2 450 02/26/2010 - 18:02 Português
Poesia/Dedicado Beijo de liberdade 3 518 02/26/2010 - 14:49 Português
Poesia/Amor Saudades do teu abraço 3 393 02/26/2010 - 14:46 Português
Poesia/Amizade Só a mim pertenço!... (Vony Ferreira e Ana Maria Oliveira) 4 481 02/26/2010 - 14:44 Português
Poesia/Meditação Silêncio e paz 4 451 02/26/2010 - 14:38 Português
Poesia/Dedicado Se um dia... Mulher! 3 570 02/26/2010 - 14:31 Português
Poesia/Dedicado Perdão 2 465 02/26/2010 - 14:27 Português
Poesia/Amizade Repousa no meu ombro 2 670 02/26/2010 - 14:23 Português