Três coisas

Três coisas
Guarda-chuvas, mentes e livros,
Só servem se eu os abrir,
Ensinam-me, protegem e posso sorrir
Todos eles abrem-me os sentidos.

Livros fechados nada me ensinam,
Esperam sempre pela ressurreição,
Abertos e lidos abrem o meu coração,
E a mente também me adestram.

Quando chove para não me molhar,
Um guarda-chuva à mão posso abrir,
E assim da chuva me posso cobrir,
E no meu caminho eu posso continuar.

A minha mente se não for usada,
Eu nada penso, não me abro ao mundo,
Sem usar a minha mente estou no fundo,
Nem abro a boca para as minhas palavras.

Guarda-chuva e livros são para meu bem,
O primeiro aberto protege-me da chuva,
Os livros que abro e leio, muita coisa muda,
E o meu conhecimento cresce também.

As coisas que são para abrir e são fechadas,
Tudo fica oculto, não vale a pena ter,
Com elas nada eu posso aprender,
Devo usá-las abertas têm de ser usadas.

Da quentura do sol o guarda-chuva me protege,
Tanto serve para a chuva como para o calor,
Debaixo do guarda-chuva dou beijo de amor,
Se for o primeiro nunca mais esquece.

Um livro aberto e lido nunca vai morrer,
É uma vida que pode viver com a minha,
Lendo, tantas coisas ele me ensina,
E assim tantas coisas eu posso aprender.

A minha mente tem de estar sempre aberta,
Para que a luz da sabedoria nunca acabe,
Assim a mente para a minha vida se abre,
E com o uso dela estou sempre alerta.

Submited by

Wednesday, December 4, 2019 - 12:24

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

José Custódio Estêvão

José Custódio Estêvão's picture
Offline
Title: Membro
Last seen: 16 weeks 3 days ago
Joined: 03/14/2012
Posts:
Points: 7749

Comments

Joel's picture

minha mente tende estar

minha mente tende estar sempre aberta,

José Custódio Estêvão's picture

poema

Obrigado e bom Natal e Ano Novo

Add comment

Login to post comments

other contents of José Custódio Estêvão

Topic Title Replies Views Last Postsort icon Language
Poesia/Meditation Pensamento 0 336 12/20/2019 - 17:18 Portuguese
Poesia/Meditation Pensamento 0 208 12/20/2019 - 17:13 Portuguese
Poesia/Love Três coisas 2 255 12/12/2019 - 18:00 Portuguese
Poesia/General AS ONDS DO MAR 5 2.385 12/09/2019 - 13:23 Portuguese
Poesia/Fantasy O MEU NOME 0 886 12/14/2018 - 11:36 Portuguese
Poesia/Meditation O TEMPO LEVA TUDO 0 1.149 09/28/2018 - 15:56 Portuguese
Prosas/Thoughts 34- O HOMEM 6 1.675 03/21/2018 - 16:04 Portuguese
Poesia/Love VERMELHO 0 1.358 09/04/2017 - 10:13 Portuguese
Poesia/Love UMA ORQUÍDEA PARA TI 0 1.976 07/17/2017 - 10:50 Portuguese
Poesia/Meditation AS PEDRAS DOS RIOS 0 2.308 06/07/2017 - 09:54 Portuguese
Prosas/Thoughts PENSAMENTOS 34 0 1.711 05/24/2017 - 11:09 Portuguese
Poesia/Love AMO-TE COMO ÉS 0 1.718 05/24/2017 - 10:59 Portuguese
Poesia/Meditation SABER SER FRELIZ 0 961 05/09/2017 - 16:51 Portuguese
Poesia/Friendship TU 0 1.153 04/21/2017 - 11:52 Portuguese
Poesia/Meditation PARA DE TE QUEIXAR 2 1.134 03/26/2017 - 20:34 Portuguese
Poesia/Meditation PARA QUÊ MATAR? 5 2.357 03/24/2017 - 12:31 Portuguese
Poesia/Meditation CHEGAR, VER E VENCER 0 1.716 03/13/2017 - 15:57 Portuguese
Poesia/Love BEIJOS TEUS 0 1.383 02/22/2017 - 11:12 Portuguese
Poesia/Love OLHANDO O MAR 0 963 02/08/2017 - 11:26 Portuguese
Poesia/Love SAUDADE 0 1.537 02/01/2017 - 11:29 Portuguese
Poesia/General FRIO 0 1.071 01/26/2017 - 11:27 Portuguese
Poesia/General FRIO 0 1.185 01/26/2017 - 11:23 Portuguese
Poesia/Fantasy AS ONDAS DO MAR 0 1.043 01/11/2017 - 10:49 Portuguese
Poesia/Meditation AMANHECEU OUTRA VEZ 0 1.239 01/04/2017 - 12:22 Portuguese
Poesia/Joy RIR 0 2.137 12/21/2016 - 10:58 Portuguese