Noite Fria

A noite está tão fria, tão fria...
Eu aqui, vou amornando o meu coração com lembranças.
Me cubro com cuidado, pois qualquer vento pode passar
e levar meus pensamentos.
Isto não permito, não, e de forma contraditória,
percebo que embora eu me sinta leve, em meio a minha angústia,
me perco ainda em meio a uma multidão de pensamentos.

Mas não há caos, não há confusão,
estão todos ordenados, na palma da minha mão.
Penso, repenso, tento dormir, mas eles não me deixam.
Insistem em me fazer lembrar.
Então eu lembro, relembro, não me forço a esquecer.
Eles sentem que não resisto e, se vão.

Na calada da noite, em meio ao silêncio,
ouço a voz do meu coração, que sussurra.
Sussurra e entoa uma doce cantiga,
que me embala, que me acarinha,
que me adormece.
Finalmente, sonho.
E meus sonhos são suaves, como o toque da seda,
são mornos, como o toque da pura lã.

Passa a noite, chega o dia.
Vai-se a lua, chega o sol.
Dormem as estrelas, cantam os pássaros,
ouço até um rouxinol, que não se cansa.
Me encanta.
As coisas mais simples me fascinam,
por isso ainda vivo.
Descobrirei os segredos dos sonhos,
domarei meus pensamentos,
e serei livre, livre como poucos.

Serei como eles, já não terei medo,
não terei receios, somente esperança.
E com ela dentro de mim, me sinto forte,
forte para prosseguir e vencer.
E uma vez vencedora, terei a certeza
de que nunca mais vou perder.

O dia passa, vem de novo a noite fria.
Que bela noite!

Submited by

Friday, October 3, 2008 - 14:08

Poesia :

No votes yet

Cbanegas

Cbanegas's picture
Offline
Title: Membro
Last seen: 4 years 21 weeks ago
Joined: 04/18/2008
Posts:
Points: 278

Comments

Henrique's picture

Re: Noite Fria

Um poema com arte, razão e sentimento!!!

:-)

Add comment

Login to post comments

other contents of Cbanegas

Topic Title Replies Views Last Postsort icon Language
Ministério da Poesia/Sadness O Velho e o Mar 0 533 12/30/2014 - 22:16 Portuguese
Poesia/Passion Namorando o Sol 0 586 12/09/2014 - 21:06 Portuguese
Poesia/General FOGO E AR - FIRE AND AIR 0 536 11/12/2014 - 03:26 Portuguese
Poesia/General TERNURA 0 431 11/05/2014 - 00:35 Portuguese
Poesia/Thoughts Devaneios 0 524 10/29/2014 - 22:07 Portuguese
Poesia/General Eu, Poeta 4 418 10/28/2014 - 22:36 Portuguese
Poesia/Sadness Andorinhas 4 756 10/28/2014 - 22:31 Portuguese
Poesia/Thoughts Essência de Ana 0 501 10/28/2014 - 22:28 Portuguese
Poesia/Passion Destino 0 577 10/27/2014 - 16:58 English
Ministério da Poesia/Passion Destiny 0 1.292 10/27/2014 - 16:58 English
Fotos/Profile 277 0 928 11/24/2010 - 00:34 Portuguese
Poesia/Love O Amor 1 596 03/06/2010 - 23:19 Portuguese
Poesia/General Início de um Novo Ciclo 1 411 02/28/2010 - 15:54 Portuguese
Poesia/General Noite Fria 1 592 02/28/2010 - 01:58 Portuguese
Poesia/Aphorism Noche Fría 1 401 02/26/2010 - 14:38 Portuguese
Poesia/Love Acordes 1 641 02/26/2010 - 00:22 Portuguese
Poesia/Meditation Solidão (I) 1 443 02/25/2010 - 23:46 Portuguese
Poesia/General Folhas Secas - Indriso 1 574 02/25/2010 - 23:41 Portuguese
Poesia/General Pensamentos - Indriso 1 411 02/25/2010 - 23:40 Portuguese
Poesia/General Vinte e Quatro Horas 1 483 02/24/2010 - 20:23 Portuguese
Poesia/General Virtualidade, Doença Real 1 575 02/24/2010 - 20:22 Portuguese
Poesia/Comedy Peripécias do Tércio - II 1 515 02/24/2010 - 04:06 Portuguese
Poesia/General Não Aceite Imitações 1 435 02/24/2010 - 04:05 Portuguese
Poesia/Meditation Quem Realmente Sou 1 497 02/24/2010 - 04:04 Portuguese
Poesia/Meditation Labirinto de Poesia 1 700 02/24/2010 - 04:02 Portuguese