CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Procuro outro tempo

Foge-me o tempo por entre os dedos,
escorregadio e fluído, quase todo transparente.
Em seu profundo vazio de mentiras e segredos,
patético, meu triste corpo já nem sequer o sente.

A sede inesgotável de resistir, escapa-me célere destes lábios,
e até o próprio desejo perene de estar intacto, de ser homem,
deste corpo lazarento se evade, pois nem tem modos que sejam sábios,
ou prazeres de carne que numa besta explosiva o tomem.

Este corpo foi colosso mas agora, já se afunda,
e por mais fé que lhe ponha, de pouco isso m'adianta,
maldita sejas, covarde forma que me sustenta,
caindo rápida numa incerteza profunda.

Ainda há tempo, ainda há tempo...só mais um breve momento!
Escoa o grito, feito coisa viva, incapaz de aceitar este fim.
Haja vontade de vida, e sempre haverá um forte intento,
de fazer crescer o que é ser gente, aqui, bem dentro de mim.

Casimiro Teixeira

Submited by

quinta-feira, janeiro 26, 2012 - 14:26

Ministério da Poesia :

No votes yet

neomiro

imagem de neomiro
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 7 anos 23 semanas
Membro desde: 02/13/2011
Conteúdos:
Pontos: 550

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of neomiro

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Dedicado O Discurso do Corvo 0 744 04/26/2012 - 23:58 Português
Ministério da Poesia/Desilusão Medo! 0 769 02/21/2012 - 13:36 Português
Ministério da Poesia/Desilusão Tenho-te? 0 873 02/09/2012 - 12:36 Português
Ministério da Poesia/Meditação Monólogo 0 531 01/26/2012 - 14:29 Português
Ministério da Poesia/Desilusão Procuro outro tempo 0 561 01/26/2012 - 14:26 Português
Ministério da Poesia/Paixão É uma dor que nasce aí. 0 1.120 01/13/2012 - 11:17 Português
Ministério da Poesia/Aforismo As mãos. 0 698 01/13/2012 - 11:14 Português
Ministério da Poesia/Amor Longe 0 630 01/13/2012 - 11:12 Português
Ministério da Poesia/Canção Até amanhã. 0 604 01/13/2012 - 11:08 Português
Ministério da Poesia/Gótico A Porta 0 721 01/13/2012 - 11:07 Português
Ministério da Poesia/Intervenção Revolta cá dentro 0 670 01/13/2012 - 11:06 Português
Ministério da Poesia/Alegria Gratidão 0 613 01/13/2012 - 11:04 Português
Ministério da Poesia/Dedicado Esta terra, este Mar. 0 633 01/13/2012 - 11:02 Português
Ministério da Poesia/Dedicado Por ti. 0 876 01/13/2012 - 11:01 Português
Ministério da Poesia/Canção Um poema sem demora 0 711 01/13/2012 - 10:56 Português
Ministério da Poesia/Meditação O Profundo interior. 0 520 01/13/2012 - 10:49 Português
Ministério da Poesia/Aforismo Alma doente 0 618 01/13/2012 - 10:45 Português
Ministério da Poesia/Tristeza Não seremos mais amantes. 0 628 01/13/2012 - 10:42 Português
Ministério da Poesia/Tristeza Mar triste, meu amor. 0 978 01/06/2012 - 15:44 Português
Ministério da Poesia/Desilusão Vazio. 0 617 01/06/2012 - 15:40 Português
Ministério da Poesia/Amor Um quase nada. 0 582 01/06/2012 - 15:33 Português
Ministério da Poesia/Desilusão Farto! 0 575 01/06/2012 - 15:25 Português
Ministério da Poesia/Tristeza Desalento 0 644 01/06/2012 - 15:20 Português
Ministério da Poesia/Dedicado Loucura Memorável 0 516 01/06/2012 - 15:19 Português
Ministério da Poesia/Amor Preciso de ti. 0 932 01/06/2012 - 15:17 Português