AlvaroGiesta

AlvaroGiesta's picture
Offline
Title: Moderador Consagrados
Last seen: 7 years 50 weeks ago
Joined: 12/28/2009
Posts:
Points: 305

Profile visitors

No recent visitors.
Topic Title Replies Views Last Postsort icon Language
Poesia/General Tantas frases por dizer... 1 1.364 09/12/2011 - 21:41 Portuguese
Poesia/General As loucuras na senda da luz 0 746 09/12/2011 - 07:24 Portuguese
Poesia/Intervention É preciso mudar 0 739 07/24/2011 - 22:03 Portuguese
Poesia/Meditation FENDE A NOITE O VASTO LUAR 0 742 06/06/2011 - 13:24 Portuguese
Poesia/Meditation o céu é longe, aqui (1) 0 1.061 06/03/2011 - 12:37 Portuguese
Ministério da Poesia/Meditation 30. No fundo do tempo a minha alma vazia… 0 785 05/13/2011 - 13:31 Portuguese
Ministério da Poesia/Meditation 29. Depois que a névoa cai sobre a terra… 0 859 05/13/2011 - 13:30 Portuguese
Ministério da Poesia/Meditation 28. Sóis oblíquos 0 801 05/13/2011 - 13:28 Portuguese
Ministério da Poesia/Meditation 27. Paredes meias habito com o sonho que cresce… 0 756 05/13/2011 - 13:27 Portuguese
Ministério da Poesia/Meditation 26. Ficaram apenas as memórias 0 1.112 05/13/2011 - 13:26 Portuguese
Ministério da Poesia/Meditation 25. Últimos resíduos da memória 0 980 05/13/2011 - 13:23 Portuguese
Ministério da Poesia/Meditation 24. Nos umbrais da noite, o homem… 0 804 05/13/2011 - 13:22 Portuguese
Ministério da Poesia/Meditation 23. Nos umbrais da noite, o sonho 0 1.006 05/13/2011 - 13:20 Portuguese
Poesia/Meditation Há dias assim 0 653 05/12/2011 - 11:38 Portuguese
Ministério da Poesia/Meditation 22. Ah! “se um dia a juventude voltasse…” 0 586 05/12/2011 - 11:03 Portuguese
Ministério da Poesia/Meditation 21. Atropela-se o amanhecer… 0 665 05/12/2011 - 11:00 Portuguese
Ministério da Poesia/Meditation 20. Deito-me nesta cama de espinhos... 0 702 05/12/2011 - 10:58 Portuguese
Ministério da Poesia/Meditation 19. Multiplicam-se os suplícios… 0 650 05/12/2011 - 10:55 Portuguese
Ministério da Poesia/Meditation 18. Onde o mar ladra furiosamente, a vida 0 689 05/12/2011 - 10:25 Portuguese
Ministério da Poesia/Meditation 17. Onde as areias da praia se esquecem do mar… 0 1.034 05/10/2011 - 09:57 Portuguese
Ministério da Poesia/Meditation 16. O absurdo “nada” 0 629 05/10/2011 - 09:56 Portuguese
Ministério da Poesia/Meditation 15. As silhuetas diluem-se… 0 849 05/10/2011 - 09:56 Portuguese
Ministério da Poesia/Meditation 14. Irados os sentidos… 0 789 05/10/2011 - 09:54 Portuguese
Ministério da Poesia/Meditation 13. O dia em que a noite ficou mais escura ainda… 0 1.009 05/10/2011 - 09:53 Portuguese
Ministério da Poesia/Meditation 12. Um lugar de luz e espuma 0 781 05/08/2011 - 23:16 Portuguese