ATÉ JÁ NO INFINITO ...

Olha-me com olhos nus corpo a corpo.

Vê quem tu és na hipnose do meu olhar
a querer-te ver boca a boca.

Vê como chega longe o meu admirar-te.
Ouve lá bem longe como grita a inspiração.

Toca o quão fundo vai o meu sentir-te.

Agarra-ma até à minha sombra.

Não deixes nada meu para trás.

Traz tudo.

Sente o cetim do fogo
que és feita na hora de ponta do meu sangue.

Arde em mim com chamas
que se elevem indomadas tal quando tu me chamas louco.

Derrete-te a construir-te no beijo que nos firma amantes.

Mede-me até ao impossível.

Pesa-me até que eu já não tenha peso.

Leva-me até ao inesquecível.

Abre-te para que eu exista.

Até já no infinito…

 

 

 

Submited by

Tuesday, March 27, 2012 - 22:08

Poesia :

Your rating: None (5 votes)

Henrique

Henrique's picture
Offline
Title: Membro
Last seen: 5 years 20 weeks ago
Joined: 03/07/2008
Posts:
Points: 34817

Add comment

Login to post comments

other contents of Henrique

Topic Title Replies Views Last Postsort icon Language
Poesia/Thoughts DA POESIA 1 5.830 05/26/2020 - 23:50 Portuguese
Videos/Others Já viram o Pedro abrunhosa sem óculos? Pois ora aqui o têm. 1 37.705 06/11/2019 - 09:39 Portuguese
Poesia/Sadness TEUS OLHOS SÃO NADA 1 1.842 03/06/2018 - 21:51 Portuguese
Poesia/Thoughts ONDE O INFINITO SEJA O PRINCÍPIO 4 2.593 02/28/2018 - 17:42 Portuguese
Poesia/Thoughts APALPOS INTERMITENTES 0 2.366 02/10/2015 - 22:50 Portuguese
Poesia/Aphorism AQUILO QUE O JUÍZO É 0 2.208 02/03/2015 - 20:08 Portuguese
Poesia/Thoughts ISENTO DE AMAR 0 4.217 02/02/2015 - 21:08 Portuguese
Poesia/Love LUME MAIS DO QUE ACESO 0 3.003 02/01/2015 - 22:51 Portuguese
Poesia/Thoughts PELO TEMPO 0 1.862 01/31/2015 - 21:34 Portuguese
Poesia/Thoughts DO AMOR 0 2.024 01/30/2015 - 21:48 Portuguese
Poesia/Thoughts DO SENTIMENTO 0 2.571 01/29/2015 - 22:55 Portuguese
Poesia/Thoughts DO PENSAMENTO 0 2.544 01/29/2015 - 19:53 Portuguese
Poesia/Thoughts DO SONHO 0 1.825 01/29/2015 - 01:04 Portuguese
Poesia/Thoughts DO SILÊNCIO 0 3.210 01/29/2015 - 00:36 Portuguese
Poesia/Thoughts DA CALMA 0 2.511 01/28/2015 - 21:27 Portuguese
Poesia/Thoughts REPASTO DE ESQUECIMENTO 0 2.062 01/27/2015 - 22:48 Portuguese
Poesia/Thoughts MORRER QUE POR DENTRO DA PELE VIVE 0 2.057 01/27/2015 - 16:59 Portuguese
Poesia/Aphorism NENHUMA MULTIDÃO O SERÁ 0 2.050 01/26/2015 - 20:44 Portuguese
Poesia/Thoughts SILENCIOSA SOMBRA DE SOLIDÃO 0 3.192 01/25/2015 - 22:36 Portuguese
Poesia/Thoughts MIGALHAS DE SAUDADE 0 1.713 01/22/2015 - 22:32 Portuguese
Poesia/Thoughts ONDE O AMOR SEMEIA E COLHE A SOLIDÃO 0 1.650 01/21/2015 - 18:00 Portuguese
Poesia/Thoughts PALAVRAS À LUPA 0 2.635 01/20/2015 - 19:38 Portuguese
Poesia/Thoughts MADRESSILVA 0 1.637 01/19/2015 - 21:07 Portuguese
Poesia/Thoughts NA SOLIDÃO 0 1.888 01/17/2015 - 23:32 Portuguese
Poesia/Thoughts LÁPIS DE SER 0 1.902 01/16/2015 - 20:47 Portuguese