O SILÊNCIO DIZ-SE DOCE NO TEU OLHAR …

Todo o teu corpo
são dedos inquietos
sobre o piano do meu fogo.

Os meus olhos
são formigueiros incandescentes,

tactos quentes pelas curvas do teu corpo.

Ápice insano.

Doce é o teu cheiro,
o perfume que me torna inteiro.

Os teus olhos são o papel
onde escrevo escravo o meu desejo,

lençóis de seda onde me deito,
sóis que fazem tudo ser perfeito.

O teu olhar é um gesto em sim constante,
uma voz de marés intermináveis
a chamar por mim em chama.

O teu sorriso é o céu
onde os meus lábios abrem as asas
para voar em beijos de paixão e vento.

Suspiros de amor,

onde as nossas mãos se enlaçam,
onde os nossos braços se abraçam à noite.

Olhos nos olhos,

o silêncio diz-se doce,
o sonho acorda como se real fosse.

Boca a boca,

o tempo finge que pára,
nossos corpos vestem-se da nossa tara.

Letra a letra,

amar é a palavra que nos ata,
viver é o acto que nos mata lado a lado.

É a tua alma a tinta da minha alma.
.
.
.
.

Submited by

Thursday, November 29, 2012 - 01:57

Poesia :

Your rating: None (10 votes)

Henrique

Henrique's picture
Offline
Title: Membro
Last seen: 5 years 6 weeks ago
Joined: 03/07/2008
Posts:
Points: 34817

Add comment

Login to post comments

other contents of Henrique

Topic Title Replies Views Last Postsort icon Language
Videos/Others Já viram o Pedro abrunhosa sem óculos? Pois ora aqui o têm. 1 37.041 06/11/2019 - 09:39 Portuguese
Poesia/Sadness TEUS OLHOS SÃO NADA 1 1.629 03/06/2018 - 21:51 Portuguese
Poesia/Thoughts ONDE O INFINITO SEJA O PRINCÍPIO 4 2.242 02/28/2018 - 17:42 Portuguese
Poesia/Thoughts APALPOS INTERMITENTES 0 2.151 02/10/2015 - 22:50 Portuguese
Poesia/Aphorism AQUILO QUE O JUÍZO É 0 1.999 02/03/2015 - 20:08 Portuguese
Poesia/Thoughts ISENTO DE AMAR 0 4.019 02/02/2015 - 21:08 Portuguese
Poesia/Love LUME MAIS DO QUE ACESO 0 2.705 02/01/2015 - 22:51 Portuguese
Poesia/Thoughts PELO TEMPO 0 1.694 01/31/2015 - 21:34 Portuguese
Poesia/Thoughts DA POESIA 0 5.444 01/30/2015 - 23:06 Portuguese
Poesia/Thoughts DO AMOR 0 1.843 01/30/2015 - 21:48 Portuguese
Poesia/Thoughts DO SENTIMENTO 0 2.285 01/29/2015 - 22:55 Portuguese
Poesia/Thoughts DO PENSAMENTO 0 2.375 01/29/2015 - 19:53 Portuguese
Poesia/Thoughts DO SONHO 0 1.643 01/29/2015 - 01:04 Portuguese
Poesia/Thoughts DO SILÊNCIO 0 2.860 01/29/2015 - 00:36 Portuguese
Poesia/Thoughts DA CALMA 0 2.194 01/28/2015 - 21:27 Portuguese
Poesia/Thoughts REPASTO DE ESQUECIMENTO 0 1.877 01/27/2015 - 22:48 Portuguese
Poesia/Thoughts MORRER QUE POR DENTRO DA PELE VIVE 0 1.768 01/27/2015 - 16:59 Portuguese
Poesia/Aphorism NENHUMA MULTIDÃO O SERÁ 0 1.776 01/26/2015 - 20:44 Portuguese
Poesia/Thoughts SILENCIOSA SOMBRA DE SOLIDÃO 0 2.933 01/25/2015 - 22:36 Portuguese
Poesia/Thoughts MIGALHAS DE SAUDADE 0 1.566 01/22/2015 - 22:32 Portuguese
Poesia/Thoughts ONDE O AMOR SEMEIA E COLHE A SOLIDÃO 0 1.474 01/21/2015 - 18:00 Portuguese
Poesia/Thoughts PALAVRAS À LUPA 0 2.396 01/20/2015 - 19:38 Portuguese
Poesia/Thoughts MADRESSILVA 0 1.434 01/19/2015 - 21:07 Portuguese
Poesia/Thoughts NA SOLIDÃO 0 1.767 01/17/2015 - 23:32 Portuguese
Poesia/Thoughts LÁPIS DE SER 0 1.673 01/16/2015 - 20:47 Portuguese